PROPAGANDA

Atalanta e Iguaçu ficam no empate na ida da final da Taça Paraná


Neste domingo (01) começou a ser escrito o capítulo final da Taça Paraná 2018. Atalanta e Iguaçu se enfrentaram no Estádio do Pinhão para tentar sair com vantagem nos primeiros 90 minutos. O escrete curitibano abriu o marcador antes do primeiro minuto e o time de São José dos Pinhais empatou com um jogador a menos. Agora a taça, que não tem ninguém mais próximo, será entregue a quem vencer na colônia famosa. 

#TAÇA PARANÁ
Por Gabriel Sawaf

PRÉ-JOGO – A Taça Paraná chegou a final em um confronto cheio de expectativas. O Atalanta vinha de uma sequência de quatro jogos sem vitória, passando pelo Aprovale nos pênaltis na semifinal. O Iguaçu passou com mais facilidade pelo Jatobá e chegou ao Pinhão como líder geral, tentando acabar com o jejum de 45 anos sem conquistar a Taça Paraná.

PRIMEIRO TEMPO – O Iguaçu começou com tudo para encerrar o jejum. Logo com 45 segundos Alex Pinhais invadiu a área, chutou para defesa de Samuel, mas no rebote Roney não desperdiçou e abriu o placar. O Alvinegro continuou melhor e aos quatro minutos Léo Gago arriscou de longe para boa defesa do arqueiro. O time aurinegro tentou apertar, mas faltava criatividade. Aos 14 minutos Hideo fez grande jogada pela esquerda e Jair chegou rasgando para afastar.

A primeira chegada do time da casa foi aos 21 minutos, Jair aproveitou cobrança de escanteio e cabeceou na rede por cima do gol. O Atalanta tentava chegar mais e parava na forte marcação alvinegra, que passou a jogar mais atrás com a vantagem no marcador.

A partida também estava muito tensa. Aos 18 minutos já eram três cartões amarelos distribuídos. Aos 31’ uma confusão se formou envolvendo Passarinho e Léo Gago, após entradas duras. A confusão ficou só no papo e, no lance seguinte, o Iguaçu pediu toque de mão na área, que não foi assinalado. Aos 41’ o Galo voltou a assustar. Tonton lançou da direita na área e Alex Pinhais testou por cima da meta. A última chance do primeiro tempo foi em cobrança de falta de Hideo, que desviou no goleiro e passou ao lado da trave de Samuel.


Roney abriu o marcador com menos de um minuto de jogo.  (Foto: Dudu Nobre/Agência DRAP) 
SEGUNDO TEMPO – A equipe aurinegra voltou com três alterações na etapa final. O treinador Vardo colocou Cle, Fortuna e Jé no jogo, sacando Carlinhos, Aroldo e Jean Ari. Só que o Iguaçu foi quem começou a etapa final com tudo. Aos dois minutos Diego aproveitou cobrança de falta e testou para o gol, mas estava em posição de impedimento. Dois minutos depois o camisa 9 recebeu cruzamento na área e cabeceou por cima do gol. Aos 12 minutos o Atalanta sofreu uma grande baixa. Jair foi dominar a bola e na proteção acabou atingido Diego. O árbitro deu a falta e expulsou o zagueiro do time da casa.

Só que o Atalanta não deixou se abater em campo. Antes de pensar em arrumar o time, Marabá foi cruzar na área e acabou mandando para as redes, encobrindo Filipe e empatando o jogo aos 14 minutos. Logo depois Baloi entrou em campo no lugar de Joso, fechando a defesa local. O Iguaçu queria se aproveitar da vantagem numérica e Luisinho Netto colocou Igor no lugar de Roney para dar mais velocidade ao time. Aos 26 minutos Hideo cobrou falta da meia lua e parou em grande defesa de Samuel.

O Galo seguia tentando aproveitar a vantagem numérica. Aos 34 minutos Neto lançou Alex Pinhais, que chutou para boa defesa de Samuel. O Atalanta se fechou de vez nos minutos finais, o que dificultou de vez as investidas do Iguaçu. Sem espaço e com pouca criatividade de ambos os lados, o placar se encerrou no 1 a 1.


Marabá foi cruzar na área e acabou empatando o jogo. (Foto: Dudu Nobre/Agência DRAP)
PRÓXIMA PARTIDA - No domingo que vem (08) o campeão será o vencedor do duelo no Egydio Ricardo Pietrobelli. Em caso de novo empate a decisão ficará para os pênaltis.

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

ATALANTA: 1. Samuel; 2. Passarinho, 3. Carlinhos (13. Clé) e 4. Jair e 6. Marabá; 5. Grilo, 7. Aroldo (15. Fortuna), 8. Magu, 17. Joso (14. Baloi) e 10. Jean Ari (9. Jé) (18. Dalvan); 11. Romarinho Técnico: Valdemar Cremona.

IGUAÇU: 1. Filipe; 2. Tonton (13. Neto), 3. Emerson, 4. Aderaldo e 6. Victor Tilly; 5. Helton, 8. Léo Gago, 7. Roney (16. Igor) e 10. Hideo; 9. Diego e 11. Alex Pinhais. Técnico: Luisinho Netto.

FICHA TÉCNICA – ATALANTA 1 X 1 IGUAÇU XXXXXXXXXXXXXXXXXXX

GOLS: Marabá, aos 14’ do 2ºT (Atalanta); Roney, aos 44” do 1º T (Iguaçu).
CA: Passarinho, Carlinhos, Jair, Romarinho, Fortuna, Grilo e Clé (Atalanta); Tonton e Léo Gago (Iguaçu).
CARTÃO VERMELHO: Jair (Atalanta)
ARBITRAGEM: José Mendonça da Silva Júnior.
ASSISTENTES: André Luiz Severo (1) e Sandra Maria Dawies 
LOCAL: Estádio Municipal do Pinhão, em São José dos Pinhais.

REPORTAGEM DRAP XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

drap
Tecnologia do Blogger.