PROPAGANDA

São Paulo quebra tabu na Arena ao vencer o Atlético por 1 a 0

Foto: Miguel Locatelli/Site Oficial

Na tarde deste sábado (9), após mais uma má apresentação da equipe de Fernando Diniz e com pênalti no começo do segundo tempo, Atlético perde em casa para o tricolor paulista por 1 a 0 na Arena da Baixada, em Curitiba. O confronto foi válido pela décima primeira rodada da Série  A do Campeonato Brasileiro de 2018. 


#Série A
Por @LuizKozak

PRÉ-JOGO: Com desfalques dos dois lados, Atlético-PR e São Paulo vem a campo para uma rivalidade nascida em 2004, após a final da Libertadores vencida pelos paulistas. Do lado tricolor, Cueva e Rodrigo Caio não jogam pelo São Paulo. Já do lado rubro-negro, Zé Ivaldo suspenso e Paulo André se recuperando de lesão não jogam hoje. Em caso de nova derrota do Furação, o São Paulo vencerá pela primeira vez na Arena da Baixada, mas os comandados do técnico Fernando Diniz esperam se recuperar dentro da competição justamente diante da sua torcida.

PRIMEIRO TEMPO: A partida começou na Arena com um São Paulo cauteloso em campo. Esperando o contra-ataque, o time paulista chegou pela primeira vez na área do goleiro Santos aos nove minutos, após Diego Souza escorrar para trás, em bola segurada pelo goleiro atleticano. Aos quinze minutos, após boa jogada de Rosseto, improvisado na lateral, Pablo ajeita e bate no canto direito de Sidão, que manda para escanteio. Era o Atlético chegando pela primeira vez com perigo no gol tricolor.

As duas equipes pouco chegavam ao ataque, e nas poucas chances criadas pelos setores ofensivos, tanto a zaga atleticana quanto a sã-paulina mostravam eficiência. No final do primeiro tempo, aos quarenta e três, após contra-ataque rápido puxado pelo Atlético, Raphael Veiga chuta de fora da área e Sidão quase aceita. Mas essa foi a última chance da partida. Fim de primeiro tempo: 0x0 na Arena.

SEGUNDO TEMPO: A segunda etapa começou agitada na Arena. Logo aos cinco minutos, após recuperar a bola na defesa, Nenê lança para Diego Souza, que cabeceia no canto do gol, exigindo de Santos a sua melhor participação na partida até aqui. O Atlético respondeu logo depois, com chute de Raphael Veiga, que não levou grande preocupação para Sidão. No lance seguinte, Thiago Carleto cobra escanteio da direita, mas Hudson corta.

Aos treze minutos, após saída errada da zaga do Atlético, Everton fica com a bola e é derrubado por Camacho. Pênalti para o São Paulo. Nenê vai para a cobrança, bate rasteiro e o goleiro Santos quase pega. 1x0 para o São Paulo na Arena. Tentando reagir na partida, Diniz tira o zagueiro Wanderson e coloca em seu lugar o meia-atacante Guilherme. A substituição não surte efeito, e o São Paulo, mais tranquilo por estar à frente do placar, toca a bola com facilidade no meio de campo.

Aos quarenta e um, Carleto cobra falta da esquerda, mas sem perigo para o São Paulo. Durante toda a partida, o nome do técnico Fernando Diniz foi o mais criticado pela torcida e, após mais uma jogada ensaia sem sucesso, Diniz foi duramente criticado pela torcida rubro-negra. Fim de jogo: 1x0 São Paulo em Curitiba. Com a derrota, o Atlético continua na zona de rebaixamento, na 17ª colocação, com nove pontos. Já o São Paulo salta para a vice-liderança, chegando aos 20.

PRÓXIMA PARTIDA: Para a 12ª rodada, o São Paulo receberá o Vitória, no Morumbi, na terça-feira, às 21h30. Já o Atlético-PR vai ao Rio de Janeiro encarar o Botafogo, no dia 13 (quarta-feira), às 21h30.

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

ATLÉTICO-PR: Santos, Wanderson, Thiago Heleno, Bruno Guimarães; Matheus Rossetto, Lucho Gonzalez (Pavez), Camacho, Raphael Veiga, Thiago Carleto; Pablo (Bill) e Bergson. Técnico: Fernando Diniz

SÃO PAULO: Sidão, Eder Militão, Bruno Alves, Anderson Martins, Reinaldo; Jucilei, Hudson, Araruna (Petros); Everton, Nenê (Lucas Fernandes), Diego Souza (Trellez). Técnico: Diego Aguirre

FICHA TÉCNICA – ATLÉTICO-PR X SÃO PAULO XXXXXXXXXXX

GOLS: 2º tempo: 13' Nenê (São Paulo)
CA
1°tempo: 23' Jucilei (São Paulo), Bergson (Atlético-PR), 31' Nenê (São Paulo)
2º tempo: 31' Raphael Veiga (Atlético-PR), 45' Hudson (São Paulo)
ÁRBITRO:  Anderson Daronco
ASSISTENTES: Elio Nepomuceno Junior e Jorge Eduardo Bernardi
LOCAL: Estádio Arena da Baixada



Tecnologia do Blogger.