PROPAGANDA

Ricardo, o destaque do confronto entre Vila Sandra e Bangú


No último sábado (16), Vila Sandra e Bangú duelaram no Estádio Ozório Claudino de Barros, em Curitiba. O confronto foi válido pela 11ª rodada da Copa de Futebol Amador da Capital de 2018. O alvinegro entrou com a missão de vencer o embate para assumir a liderança do certame, mas não contou com o paredão rubro-negro, Ricardo. O camisa 1 do Bangú não conseguiu impedir o golaço de Wesllen Pelézinho, mas fechou o gol em outras oportunidades de ataque do Vila. Confira a vigésima sexta figurinha do álbum DRAP de 2018.

#FIGURINHA DO JOGO
Por Adson Lima

As duas equipes chegaram com vitória da rodada anterior. Ou seja, a confiança estava em alta, além de ser um confronto direto pela liderança do certame. Ingredientes e premissas para um bom jogo de futebol. O Vila entrou com o desfalque de dois jogadores, Djonatan e Caíque. Mas jogou em casa perante sua torcida. Por outro lado, o Bangú contou com o retorno de três jogadores que não haviam atuado na última rodada, Luizinho, Valdir e Mérci.

Com bola rolando, o primeiro tempo começou movimentado e a equipe mandante rondou o ataque o tempo todo. Enquanto que o Bangú não conseguiu levar perigo a meta adversária. Aos 18' minutos Ricardo teve que trabalhar em uma falta cobrada por Maranhão, o arqueiro rubro-negro foi bem na bola mandando para escanteio. Minutos depois, no arremate de Robinho, o camisa 1 do Bangú teve que trabalhar novamente. O placar de igualdade se manteve até os minutos finais da primeira etapa, pois aos 42' Ricardo não pode fazer nada. Em um escanteio da direita, Wesllem Pelézinho acertou um voleio no meio da zaga do Bangú, inapelável para Ricardo.

A segunda metade do jogo reservou algumas emoções, pois o Vila Sandra que propôs o jogo passou a se defender mais e com isso acabou trazendo seu adversário para cima. Não deu outra, o escrete rubro-negro aproveitou e assumiu as ações ofensivas. Diante desse cenário, o alvinegro passou a encontrar espaços para o contra-ataque e levou muito perigo com Mineiro, em um chute de curta distância e obrigou Ricardo a operar um pequeno milagre. Mas, minutos depois, o time do Bangú empatou o jogo com Adriano, que havia entrado a poucos minutos.

O empate não interessava para o Vila Sandra, que passou a atacar mais seu adversário e aos 31', Guilherme, em bola parada, obrigou o arqueiro Ricardo a aparecer novamente para fazer ótima defesa. Depois deste lance, o cenário mudou e o Bangú passou a explorar mais o contra-ataque. Ou seja, não deu outra. O time visitante soube aproveitar a oportunidade e aos 45' em um lance de 2 contra 1, Joãozinho virou o placar depois de receber passe de Adriano. Com este gol, o camisa 10 do rubro-negro decretou a vitória do Bangú.

O Vila Sandra teve boas chances de ampliar o marcador, o que iria dar uma tranquilidade maior no jogo e consequentemente, os levar para a vitória. Mas com a boa atuação de Ricardo isso não foi possível, pois atributos como experiência, técnica e explosão o impediram que o time casa anotasse mais gols. Sendo assim, Ricardo foi o destaque do confronto entre Vila Sandra e Bangú, o que o credencia como a vigésima sexta figurinha do álbum DRAP 2018. 
drap
Tecnologia do Blogger.