PROPAGANDA

Londrina não consegue furar o bloqueio do Juventude e é derrotado em casa

(Foto: Gustavo Oliveira / Londrina Esporte Clube)

Nesta sexta-feira (8), o Londrina perdeu para o Juventude por 1 a 0, no Estádio do Café, pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro Série B. O Tubarão fez um bom primeiro tempo mas não conseguiu passar pela defesa do adversário. Rafael Bonfim fez o gol do escrete gaúcho.

#SÉRIEB
Por @danielmunizs

PRÉ-JOGO: O Londrina voltou de Santa Catarina com um ponto na mala após uma boa apresentação diante o Figueirense. Na 11ª posição, o escrete alviceleste buscava a vitória para não se distanciar do G4. O treinador Marquinhos Santos não pôde contar com Germano e Silvio, que estavam suspensos. Na última rodada, o Juventude empatou com o Atlético Goianiense em casa e veio ao Paraná com quatro desfalques, Elias, Guilherme Queiróz, Fellipe Matheus e Pará. O técnico Julinho Camargo tentava manter a sequência de seis jogos sem derrotas do time gaúcho.
                                                                                          
PRIMEIRO TEMPO: Os 15 minutos iniciais da primeira etapa foram de muitos passes errados e faltas assinaladas pelo árbitro Alinor Silva da Paixão. Com isso, a partida não teve um bom ritmo no início. Entretanto, as duas equipes conseguiram criar chances que levaram perigo aos goleiros.

Aos três minutos, Neuton, lateral esquerdo do Juventude, aproveitou a falha de Safira e arriscou de fora da área. A bola desviou na defesa do Londrina e passou por cima da meta de Vágner. Aos oito minutos, Felipe Marques, ponta esquerda do Londrina, fez boa jogada pela esquerda e tocou para o meio, onde Moisés tentou uma finalização rasteira que passou à esquerdo do gol. Quatro minutos depois, em outra jogada de Felipe Marques, a bola sobrou para Safira que, dentro da área, finalizou para fora.

O Tubarão passou a ter controle da bola e tentava furar o bloqueio do time gaúcho, que se fechou em um 4-4-2 e apostava em um contra-ataque fatal. O escrete alviceleste buscava girar a bola entre sua defesa e os dois volantes, Jardel e Moisés, na procura de espaços entre as linhas adversárias.

Nos dez minutos finais, o Juventude conseguiu encaixar os contragolpes. Aos 38, Ricardo Jesus fez o pivô e tocou para Diones que chutou fraco nas mãos do goleiro Vagner. E, já nos acréscimos, aos 46 minutos, o time visitante abriu o placar. Em cobrança de falta, Neuton cruzou para o meio da área, o zagueiro Rafael Bonfim cabeceou e Vagner defendeu. No rebote, o próprio Rafael Bonfim finalizou para os fundos das redes. Um balde de água fria para o Londrina que fazia um bom primeiro tempo.

SEGUNDO TEMPO: A segunda etapa começou e a impressão era que o primeiro tempo, de pressão alviceleste, iria se repetir. Apesar da manutenção da postura cautelosa, o Juventude teve a primeira oportunidade de gol desta etapa. Em cobrança de escanteio, aos três minutos, a bola sobra para Ricardo Jesus que, na segunda trave, testa em direção ao gol. Vagner, bem posicionado, consegue fazer a defesa.

Aos dez minutos, foi a vez do Tubarão chegar com perigo. Roberto, em cobrança de falta, levantou a bola na segunda trave e Safira tentou de cabeça mas a bola sobe e vai por cima do travessão.

O Londrina tinha muitas dificuldades em furar as linhas defensivas do adversário e criar jogadas de perigo. Os pontas, Safira e Felipe Marques, tentavam jogadas individuais mas não obtinham sucesso. O Juventude se segurava atrás, encurtava os espaços e era soberano nas bolas aéreas.

Somente nos dez minutos finais o Tubarão conseguiu criar novas chances de perigo. Aos 35 minutos, Anderson Oliveira, da ponta direita, cruzou e Paulo Henrique testou a bola, que passa por cima do gol de Matheus Cavichioli. Dez minutos depois, Lucas Costa tentou surpreender o goleiro adversário e arriscou do meio da rua. A bola viajou e passou rente ao travessão.

O técnico Marquinhos Santos colocou seu time no ataque e tentou, de todas as maneiras, furar o bloqueio do Juventude. Entretanto, o escrete alviceleste não conseguiu reverter o placar antes do apito final.

PRÓXIMA PARTIDA: O Londrina recebe o Goiás, no Estádio do Café, nesta terça (12), às 18 horas, e o Juventude retorna a Caxias do Sul, onde enfrenta o Coritiba nesta segunda (11), às 18 horas.

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

LONDRINA: 1. Vagner; 2. Reginaldo, 3. Dirceu, 4. Lucas Costa, 6. Roberto; 5. Moisés, 8. Jardel (22. Anderson Oliveira), 10. Thomás (21. Thiago Ribeiro); 7. Safira (20. Dudu), 11. Felipe Marques, 9. Paulo Henrique. TEC: Marquinhos Santos.

JUVENTUDE: 1. Matheus Cavichioli; 2. Vidal, 3. Rafael Bonfim, 4. Micael, 6. Neuton; 5. Bertotto, 7. Tony, 8. Diones (17. Jair); 11. Guilherme Choco, 10. Leandro Lima (15. Bruno Ribeiro), 9. Ricardo Jesus (19. Douglas Kemmer). TEC: Julinho Camargo.

FICHA TÉCNICA – LONDRINA 0 X 1 JUVENTUDE XXXXXXXXXXXXXXXX

GOLS: Rafael Bonfim (Juventude), aos 46 minutos do 1º tempo
CA: Jardel e Reginaldo (Londrina) | Bertotto, Diones, Leandro Lima e Neuton (Juventude)
ÁRBITRO: Alinor Silva da Paixão
ASSISTENTES: Fabio Rodrigo Rubinho e Renan Antonio Angelim Rodrigues
LOCAL: Estádio do Café, em Londrina
PÚBLICO TOTAL: 1437 pessoas.
RENDA: R$25.581,00
Tecnologia do Blogger.