PROPAGANDA

Em noite fria, Paraná Clube vence a segunda consecutiva na Série A, mas não deixa o Z4


Com gol de Silvinho e apoio da torcida, mesmo no frio, o Tricolor da Vila venceu a segunda partida seguida e chegou aos nove pontos, ficando empatado com o Atlético. Agora o Paraná viaja para encarar o Flamengo e tentar manter a escrita

#BRASILEIRÃO
Por @UmlaufFernanda

PRÉ-JOGO: Jogando em casa, o Paraná vai em busca da sua segunda vitória na Série A do Campeonato Brasileiro, enfrentando o tricolor baiano. O time venceu o Fluminense na Vila Capanema na última rodada, por 2 a 1, e atualmente é o vice-lanterna da competição, com 6 pontos conquistados. Já o Bahia perdeu em casa por 2 a 0 para o tricolor gaúcho, derrota que resultou na demissão do técnico Guto Ferreira. Na noite de estreia do técnico interino, Cláudio Prates, o time baiano encontra-se apenas uma posição acima do Paraná, com 8 pontos. 

PRIMEIRO TEMPO: O primeiro tempo começou com boa movimentação do tricolor paranaense que, apesar de receber uma marcação forte da equipe visitante, conseguiu trocar bons passes, oferecendo perigo à equipe do Bahia no ínicio. Logo aos 3 minutos, o camisa 8 do tricolor paranaense, o volante Jhonny Lucas, recebeu um cartão amarelo por matar o contra-ataque da equipe baiana na lateral esquerda, cometendo falta em Nino Paraíba. Aos 7 minutos, Leo Itaperuna recebeu boa bola no ataque, e de frente para o gol escorregou no gramado, se atrapalhou e acabou desperdiçando o ataque.

Aos 17 minutos, o camisa 2 do Bahia, Nino Paraíba, cruzou para Vinicius que cabeceou e obrigou o goleiro paranista a fazer bonita defesa colocando a bola para escanteio. Aos 25 minutos, Gregore, do tricolor baiano, lança para Élber que chuta forte, e o goleiro Thiago Rodrigues defende mandando a bola pela linha de fundo.

Após o goleiro baiano Douglas sair da área com a bola na mão na tentativa de impedir o ataque paranista, aos 32 minutos do primeiro tempo, Thiago Santos cobra falta rasteira e manda uma bomba na trave direita do adversário baiano, e na sobra Thiago manda a bola pela linha de fundo. Aos 44 minutos, o time tricolor teve uma chance dupla, quando Flávio ajeita a bola, bate de fora da grande área e obriga o goleiro paranista a fazer uma bela defesa jogando para escanteio. O camisa 29 do Bahia, Vinicius, faz a cobrança, Lucas Fonseca desvia e no rebote, a bola passa raspando a trave do time da casa. O primeiro tempo é finalizado com placar fechado na Vila Capanema. 



SEGUNDO TEMPO: Na volta do intervalo, o técnico paranista Rogerio Micale promoveu a primeira alteração do time, substituindo o amarelado Jhonny Lucas pelo atacante Carlos. O início da etapa complementar começou nervoso, com ambas as equipes cometendo faltas. Aos 13 minutos, o Paraná fez sua segunda substituição, quando saiu o meia Carlos Eduardo, entrando o atacante camisa 23, Silvinho. Aos 16 minutos, o atacante paranista Thiago Santos aproveitou a confusão que acontecia na área baiana para chutar com perigo, quando a bola saiu próximo da trave direito de Douglas.

Aos 20 minutos, após bonita tabela entre Léo Itaperuna e Thiago Santos, Silvinho fica livre para abrir o placar na Vila Capanema, 1 a 0 para o time da casa. Aos 27 minutos, Micale fez sua terceira e última alteração, tirando o atacante Thiago Santos para a entrada do meia Alex Santana. Aos 30 minutos, o Paraná tem boa chance de contra-ataque com Caio Henrique, mas é parado por uma falta de Gregore, que recebe cartão amarelo. Logo em seguida, o técnico interino do Bahia, Cláudio Prates, promove duas alterações: a saída do meia Zé Rafael para a entrada do atacante Ítalo e a saída o camisa 29 Vinicius, para a entrada de Allione.

Aos 36 minutos o autor do gol, Silvinho, faz boa jogada e toca para Alex Santana, que chuta fora da área, obrigando Douglas a fazer a defesa. Após dois cartões amarelos recebidos por Carlos e Caio Henrique, da equipe paranista, o Bahia conquista uma boa chance com Lucas Fonsenca que aproveita o cruzamento cabeceando no canto da meta, mas o goleiro paranista faz bonita defesa. O Paraná conquista sua segunda vitória consecutiva, chega aos 9 pontos, e encosta no rival rubro-negro.



PRÓXIMA PARTIDA: No próximo domingo (10), o Paraná enfrenta o líder Flamengo no Maracanã, enquanto o Bahia enfrenta o Botafogo jogando em casa, também no domingo.

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

PARANÁ CLUBE: 1. Tiago Rodrigues; 2. Júnior; 3. Jesiel; 4. Rayan; 6. Igor; 5. Leandro Vilela; 8. Jhonny Lucas (19. Carlos); 11. Caio Henrique; 10. Carlos Eduardo (23. Silvinho); 9. Thiago Santos (17. Alex Santana); 7. Leo Itaperuna. Técnico: Rogério Micale.

BAHIA: 1. Douglas; 2. Nino; 3. Tiago; 28. Lucas Fonseca; 14. Léo; 26. Gregore; 17. Elton (37. Fernandinho); 5. Flávio; 29. Vinicius (8. Allione); 10. Zé Rafael (27. Ítalo); 7. Élber. Técnico: Cláudio Prates.

FICHA TÉCNICA – PARANÁ CLUBE 1 X 0 BAHIA XXXXXXXXXXXXXXXX

GOLS: Silvinho (Paraná)
CA: Jhonny Lucas (Paraná); Vinícius (Bahia); Gregore (Bahia); Carlos (Paraná); Caio Henrique (Paraná)
ÁRBITRO: Marcelo de Lima Henrique
ASSISTENTES: Michael Correia e Silbert Faria Sisquim
LOCAL: Vila Capanema
PÚBLICO TOTAL/RENDA: 4.927/R$ 77.635



Tecnologia do Blogger.