PROPAGANDA

De virada, Palmeirinha vence o Santíssima Trindade e se mantém na liderança


Foto: Cleiton da Cruz
Palmeirinha e Santíssima Trindade jogaram na tarde deste sábado (2) no Estádio Elba de Pádua Lima, em Curitiba. O embate foi válido pela nona rodada da Copa de Futebol Amador da Capital. O confronto entre equipes da parte de cima da tabela foi bastante movimentado e disputado. Por isso, além dos cartões, as duas equipes jogaram um bom futebol. Mas o escrete do Palmeirinha, que saiu atrás, buscou e empate ainda na primeira etapa e finalizou com três gols na etapa complementar, fechando o placar em 4 a 1.

#COPINHA 2018
Por @rafaelbuiar

PRÉ-JOGO:  A equipe do Palmeirinha folgou na rodada anterior, mesmo assim permaneceu na liderança na tábua de classificação com 17 pontos. Enquanto que o Santíssima Trindade ganhou do Bangú em casa e ganhou um novo folego na competição. Agora, o escrete do bairro do Cajuru está a três pontos do líder. Números que o credencia este embate como um confronto direto e que poderá direcionar os rumos na sequência da competição.

PRIMEIRO TEMPO: O embate iniciou movimentado, com ambas as equipes querendo jogo. A primeira oportunidade aconteceu com o oportunismo de Dolinha, que chutou próximo do goleiro Felipe, que pegou em dois tempos e afastou. Na sequência, o time do bairro do Cajuru respondeu, com o arremate do atacante Thiaguinho. Mas o camisa 9 do Santíssima Trindade isolou a bola.  Passados os minutos, a equipe da casa passou a ter mais volume de jogo e sempre ganhando a segunda bola. Ou seja, sem deixar o escrete do Santíssima jogar.

Mas a equipe visitante, em raros momentos, conseguiu assustar quando a bola passou pelos pés do atacante Thiaguinho, que com a velocidade deixou os marcadores para trás. Mas, por outro lado, a pontaria não estava em dia. Além disso, o clima passou a ficar tenso com 15’, com divididas mais fortes/duras. Devido a isso, por reclamação, Jacaré levou o amarelo. O amarelo não desanimou o atacante Jacaré, que minutos depois recebeu cruzamento na medida de Fabio e cabeceou firme. Mas a bola foi sobre a meta do arqueiro Anderson. No ataque seguinte, em contra-ataque rápido da equipe do bairro do Cajuru, depois de afastar o perigo na falta, Thiaguinho ganhou na velocidade do marcador e na saída do goleiro Anderson, tocou para Jacaré abrir o placar no Estádio Elba de Pádua Lima, aos 19’.

Mesmo com o gol da equipe adversária, o Palmeirinha continuou pressionando. Mas sem a efetividade de furar o sistema defensivo. Enquanto que a equipe visitante passou a jogar em contra-ataque, com os velozes Thiaguinho e Jacaré. Aos 32’, em bola levantada na área, a bola bateu na mão do Jé. Pênalti dado por João Eduardo Dotto Ramos, que o zagueiro Thiagão cobrou e converteu. Nos minutos finais, o confronto teve poucos lances de perigo de ambas as equipes. Com isso, a marcação prevaleceu e várias faltas aconteceram neste período. Momento que ficou quente, pois teve uma confusão generalizada entre os jogadores. Mas foi só conversa com o trio de arbitragem e nenhum cartão para nenhum lado.

Passado a confusão, a virada quase aconteceu aos 48’, com um chute mal afastado pela zaga do Santíssima Trindade. Mas o atacante Thiago perdeu o tempo da bola e a oportunidade de colocar no fundo da rede. Após este lance, a primeira etapa terminou com o placar empatado em 1 a 1.

Foto: Cleiton da Cruz
SEGUNDO TEMPO: No retorno para a segunda etapa, o treinador do Palmeirinha fez duas alterações. O treinador Wagner Primo sacou os alas e colocou jogadores de mobilidade no meio de campo. Com bola rolando, a equipe do Palmeirinha foi quem teve mais volume de jogo e procurou jogar pelos flancos, principalmente, com Alex 21 e Dolinha. Mas ao passar do tempo, a equipe do Santíssima Trindade forçou a marcação e dificultou a vida do escrete alviverde. Mas aos 9’, Alex 21 lançou para Dolinha, que não alcançou. Mesmo assim, Felipe fez defesa difícil e evitou o gol da virada no início da etapa complementar.

Com 20’, a equipe do Palmeirinha teve duas oportunidades de mudar o placar na partida.  Dolinha na primeira tentativa errou o arremate e na sequência isolou a bola. Minutos depois, na terceira tentativa, aos 23’, Dolinha recebeu sozinho dentro da área e tocou na saída do goleiro. O sistema defensivo do Santíssima Trindade parou alegando impedimento, mas o árbitro mandou seguir.  Após a virada, o treinador do Palmeirinha realizou mais duas alterações. Dentre elas, Dolinha saiu para a entrada de Juliano.

Aos 34’, o balde de água fria no escrete do Santíssima Trindade, o camisa 9 do Palmeirinha recebeu na medida e avançou em diagonal até o arremate entre as pernas do goleiro Felipe, que não conseguiu evitar o terceiro gol do time da casa. Depois do gol, o confronto ficou bem brigado e preso no meio de campo.  Mas o Santíssima Tridnade sentiu e pouco reagiu após o terceiro gol. Diferente do Palmeirinha, que aos 45’ da etapa complementar, o escrete do Palmeirinha com Pelézinho, em jogada de contra-ataque, driblou e chutou cruzado na medida para Marquinhos fechar o placar no Estádio Elba de Pádua de Lima.

Foto: Cleiton da Cruz
PRÓXIMA PARTIDA: O Santíssima Trindade irá desafiar o Shabureya no Estádio José Germano da Costa. Enquanto que o Palmeirinha irá enfrentar no Estádio Manoel Garcia de Andrade, o escrete do Bangú.

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

PALMEIRINHA:  12 Anderson; 16 Mucilon, 4 Alex e 3 Thiago; 5 Carlos, 18 Alex 21, 2 Mazinho (11 Marquinhos), 6 Du (8 Alessandro) e 20 Maninho ( 15 Celo); 7 Dolinha (17 Juliano) e 9 Thiago (19 Pelézinho). Tec. Primo.

S.TRINDADE:  12 Felipe; 13 Marcelinho, 3 Pé, 4 Queen e 18 Juliano; 5 Marcão (14 Leandrinho), 8 Herick (20 Ton), 7 Jé e 10 Fablio; 9 Thiaguinho e 11 Jacaré (19 Tupã). Tec. Edinei Ferreira.

FICHA TÉCNICA – PALMEIRINHA X S.TRINDADE XXXXXXXXXX

GOLS: Jacaré aos 19’ do 1º tempo (S.Trindade) | Thiagão aos 33’ do 1º tempo, Dolinha aos 23’ do 2º tempo, Thiago aos 34’ do 2º tempo e Marquinhos aos 45’ do 2º tempo. (Palmeirinha)
CA: Jacaré, Marcão, Marcelinho (S.Trindade) | Alex 21, Alessandro, Carlinhos, Thiagão (Palmeirinha)
CV: Marcelinho (S.Trindade)
ÁRBITRO: João Eduardo Dotto Ramos
ASSISTENTES: Marco Aurélio dos Santos (1) e Ryan Chubter Ribeiro (2)
LOCAL: Estádio Elba de Pádua de Lima, Curitiba.

REPORTAGEM DRAP XXXXXXXXXXXXXXXXXXXX


Tecnologia do Blogger.