PROPAGANDA

[SUB19] Paraná Clube goleia GRECAL e retoma a liderança do grupo



Paraná Clube e GRECAL jogaram na manhã desta terça-feira (29), na Vila Olímpica, em confronto válido pela sexta rodada da primeira-fase do Campeonato Paranaense sub-19 de 2018. Mesmo com o time reserva, o Paraná Clube jogou com facilidade e o placar de 8 a 0 foi construído com naturalidade diante a equipe da cidade de Campo Largo, que sofreu mais uma goleada na competição.

#SUB-19
Por @rafaelbuiar

PRÉ-JOGO: A equipe do Paraná Clube perdeu o embate diante o rival Coritiba na rodada anterior, no CT da Graciosa, em 2 a 1. Além do revés, a ponta da tabela ficou o escrete alviverde. Por isso, o embate diante o GRECAL, lanterna do grupo, teve premissas de jogo de reabilitação na competição. Mesmo assim, o treinador do Paraná Clube, Luciano Simm, colocou o time reserva para enfrentar a equipe de Campo Largo. Já o time do GRECAL, que folgou na rodada anterior, teve o seu último jogo um revés diante o Coritiba no placar de 7 a 1 e ainda não sabe o que é vencer no certame.

O EMBATE: A equipe visitante deu o ponta pé inicial na partida, mas quem já procurou atacar nos primeiros minutos foi o escrete do Paraná Clube. Mas em jogada de contra-ataque, a equipe do GRECAL conseguiu avançar. Porém, as jogadas foram paradas com faltas. Dentre elas, o volante Sacoman levou o cartão amarelo, com 4’ de jogo. Com o desenrolar do confronto, a equipe do GRECAL trocou passes no meio de campo, mas quem provocou perigo de gol foi a equipe da casa, com duas tentativas de Keslley. Mas o sistema defensivo do time da cidade de Campo Largo levou a melhor.

A forte marcação da equipe do GRECAL dificultou a finalização do Tricolor da Vila. Quando conseguiu, o arqueiro Aranha esteve lá para defender. Destaque para a cabeçada firme de Rian aos 15’ e o arremate, sozinho, aos 19’, que foi desviado para escanteio. Momento em que o time do Paraná Clube pressionou o visitante. Minutos depois, em ótima trama, que iniciou com Rian no meio de campo e caiu nos pés de Luisinho, que deu sequência até o arremate de Keslley. O camisa 11 do Paraná Clube, sozinho, perdeu a oportunidade de abrir o placar.

Mas aos 23’, o atacante Keslley quis se redimir, roubou a bola na saída de jogo do adversário e tocou para Wilson. Não deu outra, o goleiro Aranha aceitou e o time do Paraná Clube abriu o placar no Estádio Érton Coelho Queiroz. Após o gol, o time do GRECAL não conseguiu ter a mesma saída de bola que teve no início do jogo. Com isso, o escrete da casa passou a ter mais volume de jogo e rodou a bola. Dentre as jogadas de ataque, Thawan cruzou na medida para Andrade cabecear, sozinho, para o fundo da rede do goleiro Aranha, aos 31’ da etapa inicial e ampliar o placar.

Nos minutos finais da etapa inicial, a equipe do GRECAL, sem pressionar e ter a posse de bola, proporcionou um festival de erros de passe. Devido a isso, a equipe do Paraná Clube teve outras oportunidades de aumentar o placar. Mas por excesso de preciosismo, não aproveitou. Mesmo assim, a equipe da casa conseguiu marcar o terceiro aos 40’, com Keslley. Depois do terceiro gol, o embate ficou sem muita ação ofensiva, de ambos os escretes, e o placar do primeiro tempo terminou em 3 a 0 para o Tricolor da Vila da Capanema.


Na etapa complementar, o treinador Luciano Simm fez quatro alterações na sua equipe. Mesmo assim, o ritmo não parou. Em descida de Lucas, que ao chegar na linha de fundo, tocou para trás e Kekel ampliou o placar em 4 a 0, no primeiro minuto do segundo tempo. Aos 10’, sem reação do time visitante, o Paraná Clube jogou com tranquilidade e ampliou o placar. Em jogada pelo flanco esquerdo, Luisinho cruzou na área e Lucas de letra colocou no fundo da rede. Sem chances para o goleiro Aranha, que foi buscar a quinta bola no fundo da rede.

Minutos depois, a equipe do Paraná Clube persistiu e após o sistema defensivo do escrete visitante perder a bola, Wilson ganhou na entrada da área de Tchuco e arrematou no fundo do gol, aos 18’ da etapa complementar. O sexto gol do Paraná Clube, para desespero do treinador Marco Antonio. No minuto seguinte, Andrade arrematou firme após jogada pelo flanco da direita e a bola foi na trave, quase o sétimo. Com 20’ da etapa complementar, ambos os escretes realizaram alterações em suas equipes. Mas nada mudou no time visitante. Diferente do anfitriões, que aos 29’, a equipe do Paraná Clube teve um pênalti marcado, Wilson cobrou e converteu, aumentando o placar em 7 a 0. Passados 10’, o time do Paraná Clube chegou ao oitavo gol, em jogada iniciada em cobrança de escanteio, Lucas recebeu de frente a meta e concluiu firme, aos 40’. Depois do oitavo gol, o embate teve pouca evolução nas jogadas e se amarrou até o apito final do árbitro da partida.

PRÓXIMA PARTIDA: A equipe do Paraná Clube só volta a jogar daqui 24 dias, em 23 de junho, já que na próxima rodada irá folgar. Ou seja, na primeira rodada do returno da primeira-fase. O adversário será Andraus no Estádio Erton Coelho Queiroz, em Curitiba. Já o escrete do GRECAL irá desafiar o seu rival, Andraus, 16 de junho, no Estádio Atílio Gionedis, em Campo Largo.


Paraná Clube: Mesmo com o time reserva, a equipe do Paraná Clube teve um sistema de jogo. No princípio de jogo, deixou a equipe do GRECAL jogar e aos poucos foi ganhando corpo e engoliu a equipe adversária. O escrete do Paraná Clube teve o destaque no volume de jogo e com isso, o passe e jogadas pelas laterais. Fator determinante para conseguir o placar elástico no embate diante o GRECAL.


FIQUE DE OLHO (Paraná Clube): O lateral Luisinho participou diretamente de três gols da equipe. Ou seja, com jogadas direto pelo flanco esquerdo, a equipe do Paraná Clube aproveitou a manhã inspirada do camisa 6. Luisinho além de cruzar certeiro em boa parte de seus cruzamentos teve a velocidade com um bom desempenho deste atributo na partida diante a equipe de Campo Largo.


GRECAL: Diferente das outras partidas, a equipe do GRECAL não suportou a pressão do time da casa, como em jogos anteriores, e saiu perdendo, ainda na primeira etapa, com o placar de 3 a 0 em vez de 1 a 0. Após o primeiro gol sofrido, a equipe não teve o poder de reação e pouco chegou a meta do goleiro Gui. Antes disso, o time conseguiu trocar bons passes no setor de meio de campo e teve volume de jogo maior que o adversário. Mas sem fluir muito, o time da cidade de Campo Largo foi engolido mais uma vez e não conseguiu evitar mais uma goleada na competição


FIQUE DE OLHO (GRECAL) Marcelinho foi um dos principais jogadores da equipe quando o placar esteve fechado. O camisa 5 do GRECAL foi quem chamou a responsabilidade e ajudou na criação das jogadas pelo lado esquerdo, além de marcar. Mas com o desenrolar do embate e com o placar aumentado em favor do adversário, Marcelinho cansou, junto com a equipe.

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

PARANÁ CLUBE: 1 Gui; 2 Thawan (13 Willian), 3 Malta, 4 Thiagão (14 Vitão) e 6 Luisinho (15 Vitinho); 5 Sacoman (16 Kekel), 8 Wilson, 7 Rian (18 Matheus Japones) e 10 Lucas; 9 Andrade  e 11 Keslley (17 Gustavinho). Tec. Luciano Simm.

GRECAL: 1 Aranha; 2 Rocha, 3 Tchuco, 4 Grings e 6 Martinelli (15  Felipão); 5 Marcelinho, 7 Thalyson e 8 Willians; 9 Vitão, 10 Didico e 11 Adriel. Tec. Marco Antonio.

FICHA TÉCNICA – PARANÁ CLUBE 8 X 0 GRECAL XXXXXXXXXXXXX

GOLS: Wilson aos 19' do 1º tempo, 18’ e 29’ do 2ºtempo, Andrade aos 31’ do 1º tempo, Keslley aos 40’ do 1º tempo, Kekel ao 1’ do 2º tempo e Lucas aos 10’ e 40’ do 2º tempo (Paraná Clube).
CA: Sacoman, Keslley (Paraná Clube); Felipão (GRECAL)
ÁRBITRO: Marcelo Falavinha
ASSISTENTES: Heitor Alex Eurich e Ricardo Alexandre Santos.
LOCAL: Estádio Érton Coelho Queiroz, em Curitiba.

ENTREVISTA XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX





Tecnologia do Blogger.