PROPAGANDA

[SUB 19] Paraná aproveita suas chances e vence o Operário na Vila Olímpica

Gabriel Sawaf/Agência DRAP
Na tarde desta sexta feira (04), o Paraná venceu o Operário por 3 a 1 na Vila Olímpica, em Curitiba. O jogo era equilibrado até a equipe curitibana marcar o primeiro gol, que deixou o Fantasma abatido e tomou o segundo logo em seguida. Com a vantagem no placar, o tricolor da vila segurou o resultado, fez o terceiro de pênalti, e manteve a vitória que o coloca no topo do grupo C.


#PARANAENSE SUB-19
Por Lucas Ravel

PRÉ - JOGO –  Ambas equipes vêm de goleada e dividem a liderança do grupo C com 3 pontos. O Paraná só terá uma mudança em relação ao último jogo: Sene entrou no lugar de Carioca, doente. No Operário, apenas um desfalque: o goleiro Fabrício está suspenso e Mateus entra como titular. Quem vencer assume a liderança do grupo C, que também terá Atletiba no próximo sábado (05).

O EMBATE – O Paraná iniciou o jogo com mais posse de bola, mas sem muito brilho ofensivo, enquanto o Operário se defendia e buscava o contra-ataque. O técnico Luciano Simm pedia constantemente para sua equipe se movimentar mais e fazer a transição de bola de forma mais veloz. A primeira chance de perigo do jogo foi do Operário, aos 18 minutos. Barreto recebeu na esquerda, adentrou a área e tocou na saída do goleiro, mas a bola passou ao lado do gol.

Aos 30 minutos, na segunda oportunidade de perigo do jogo, o Paraná abriu o placar com Andrey. Sene fez boa jogada individual pela direita, foi até a linha de fundo e cruzou para o meio da área. O goleiro Mateus até desviou, mas a bola sobrou no pé do meia do Paraná que, com o gol livre, completou para o fundo das redes. Na sequência, por pouco o Paraná não fez o segundo. Warley cobrou falta para o miolo da área e Paulinho cabeceou para Mateus defender. No rebote, Kennidy chutou e o arqueiro do Operário, mesmo caído, fez grande defesa. A bola ainda sobrou para Iacovelli finalizar, mas explodiu na zaga da equipe de Ponta Grossa.

Aos 41 minutos do primeiro tempo, o Paraná ampliou a vantagem. Andrey fez ótima jogada individual. Partiu pelo meio, passou pelos defensores do Operário, driblou o goleiro Mateus, mas perdeu o ângulo do chute. O meia ainda dominou e rolou para Iacovelli que finalizou na trave. No rebote, Xaxim dominou e finalizou para o fundo das redes. A partir do segundo gol, o Tricolor ficou mais tranquilo em campo e passou a controlar as ações ofensivas da partida.

Paraná conseguiu ir para o intervalo com 2 a 0 (Gabriel Sawaf/Agência DRAP)
A segunda etapa se iniciou como terminou a primeira: o Paraná tocava mais a bola e atacava mais diante de um Operário que marcava no seu campo defensivo e buscava sair em velocidade. A parte física prevalecia a técnica e por muitas vezes os jogadores do Paraná caiam em campo, fazendo com que o jogo ficasse travado, sem muitas oportunidades de gol e a situação ficou ainda mais complicada para o time visitante quando Thales foi expulso por tomar o segundo amarelo.

Aos 36 minutos, Iacovelli fez de pênalti o terceiro de sua equipe. O zagueiro Gaevicz foi derrubado na área. Na cobrança, o atacante do Paraná finalizou no canto esquerdo e ampliou a vantagem. Nos acréscimos, o Operário diminuiu também de pênalti. Após toque de mão do zagueiro paranista, o arbitro assinalou a penalidade e Lucas cobrou no canto esquerdo. O goleiro até acertou o canto, mas não conseguiu alcançar, mas sem tempo para diminuir e com um a menos, o Operário não conseguiu reagir.

Gabriel Sawaf/Agência DRAP
PARANÁ CLUBE– A equipe curitibana encontrava dificuldade para atacar no início da partida e parava na boa atuação do meio campo do Operário, mas após conseguir abrir o placar, se sentiu mais a vontade no jogo e passou a dominar as ações ofensivas da partida. Na segunda etapa, segurou o resultado, atacou seguramente, e bloqueava as ações do adversário.

Gabriel Sawaf/Agência DRAP
FIQUE DE OLHO – Andrey – O jogador foi o grande nome da partida e mostrou boas características durante o jogo. Andrey fez o papel de oportunista aos 30 minutos ao estar dentro da área apenas para completar para o fundo das redes e, aos 41, fez papel de driblador, pois passou por toda a defesa do Operário em jogada individual antes de Xaxim marcar.

Gabriel Sawaf/Agência DRAP
OPERÁRIO – A equipe de Ponta Grossa iniciou bem o jogo e travava as oportunidades ofensivas do Paraná. O meio campo, rápido, habilidoso e com ótimo toque de bola era o destaque da equipe, mas sentiu o primeiro gol tomado e não conseguiu resistir à pressão paranista. A história da partida poderia ter sido outra se Barreto não desperdiçasse oportunidade clara, que foi a única chance do Operário na primeira etapa. Na segunda metade do jogo, o time de Ponta Grossa até diminuiu de pênalti, mas o gol veio tarde demais para ensaiar uma reação e conseguir algo melhor do que a derrota.

Gabriel Sawaf/Agência DRAP
FIQUE DE OLHO – Tibagi: O camisa 8 do Operário fez uma partida segura e mesmo perdendo o jogo, conseguiu mostrar boa qualidade. Tibagi revezou as ações do meio campo e não ficou travado apenas na sua posição. O jogador fez uma boa partida defensivamente e comandava o meio de campo da equipe de Ponta Grossa. O volante também mostrou boa saída de bola e tinha no seu passe um diferencial.

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

PARANÁ: 1- Murillo; 2- Kennidy (14- Thawan); 3- Gaevicz; 4- Paulinho; 5- Silva (20- Cece); 6- Marcelo; 7- Andrey (18- Andrade); 8- Xaxim (13- Bruno); 9- Iacovelli (17- Rian); 10- Warley (19- Wilson); 11- Sene; Técnico: Luciano Simm

OPERÁRIO: 1- Mateus Hortz; 2- Felipe (18- Patrick); 3- Lucão; 4- Guilherme; 5-Thales; 6- Gabriel; 7- Tubarão (16- Luiz); 8- Tibagi (20- Lucas Fagundes); 9- Barreto (19- Adriel); 10- Th (14- Thiago); 11- Juninho (15- Hudson); Técnico:  Joel Preisner

FICHA TÉCNICA – PARANÁ CLUBE 3 X 1 OPERÁRIO XXXXXXXXXXXXXXX

ÁRBITRO: João Paulo Kirchner
ASSISTENTES: Sandra Maria Dawies e Eduardo Luis Teixeira Furiatti
GOLS: Andrey (Paraná, 30’ do 1°T), Xaxim (Paraná, 41’ do 1°T), Iacovelli (Paraná, 36’ do 2°T), Lucas Fagundes (Operário, 46’ do 2°T)
AMARELOS: Thales (Operário), Bruno (Paraná), Hudson (Operário), Marcelo (Paraná)
VERMELHOS: Thales (Operário)
LOCAL: Vila Olímpica, Curitiba




Tecnologia do Blogger.