PROPAGANDA

[SUB 19] Coritiba vence o Paraná e acaba com a invencibilidade do Tricolor na competição


Na tarde desta sexta (25) aconteceu o primeiro ParaTiba da tempora no Sub 19. Ambos os times levavam sua invencibilidade no torneio para o CT da Graciosa. Dentro de campo o Verdão conseguiu o triunfo por 2 a 1, com dois gols de Nathan, que chegou ao terceiro gol em clássicos na temporada

#SUB-19
Por @gabrielsawaf

PRÉ-JOGO: Coritiba e Paraná vieram para o último clássico do primeiro turno do Paranaense Sub 19. O Verdão veio com muitas alterações em relação ao que goleou o GRECAL por 7 a 1 na última sexta. Moser entrou na direita, Léo Andrade na zaga, Matheus Bueno e Luiz Schlocobier no meio, Nathan do ataque e Marco Antônio no gol. Já o Tricolor vinha para o segundo clássico seguido, após empatar com o Atlético em zero a zero, e veio para o ParaTiba com duas baixas por lesão. Gaevicz saiu no intervalo do último jogo, Paulinho retornou de suspensão e Xaxim foi mantido improvisado na defesa. No ataque, Carioca desfalcou com uma lesão no tornozelo e Sene começou a partida.


O EMBATE: O jogo começou com o Tricolor melhor, buscando mais o jogo e ficando mais no campo ofensivo. A primeira chance veio aos sete minutos. Warley lançou Andrey, que chutou para boa defesa de Marco Antônio. O Coxa mudou sua postura e subiu a marcação, pressionando o Paraná em seu campo de defesa e voltando a ficar com a bola. A primeira boa chance do Verdão foi aos 18’, quando Matheus Bueno levantou na cabeça de Igor Jesus, que testou para fora. Dois minutos depois o escrete alviverde foi fatal. Moser fez boa jogada pela direita, tocou para Igor Jesus que chutou para boa defesa de Murilo, mas, no rebote, Nathan apareceu livre e marcou. Só que dois minutos depois o Coxa sofreu do próprio veneno. Iacovelli ganhou dívida com Léo Andrade na intermediária, invadiu a área e empatou o clássico.  



Com o empate no placar o Paraná seguiu melhor, só que não criava oportunidades. O Coxa seguia mais avançado e criava chances de fora da área. 
Aos 29’ Luiz Schloobier arriscou para boa defesa de Murilo. Três minutos depois o mesmo Luiz tocou para Nathan que, da entrada área, chutou no canto para colocar o Alviverde na frente novamente. O gol abalou o Tricolor, que não conseguiu ter a mesma calma no gramado. O Verdão continuava na parte alta do campo e criando oportunidades. Aos 44’ Moser cruzou da direita e a bola passou na frente de Igor Jesus e Pablo, que desperdiçaram uma boa chance de ampliar a vantagem para o intervalo.


No intervalo o Paraná perdeu Silva machucado, que lugar a Rian. Em campo o Verdão seguia melhor. Aos cinco minutos Pablo marcou, só que o auxiliar marcou impedimento. Luciano Simm seguiu mexendo no time, colocando Thawan no lugar de Kennidy. Aos nove minutos veio a primeira chance paranista na segunda etapa, após Rian ganhar dividida na entrada da área, invadi-la e, na cara do gol, isolou. O Coxa também levava perigo. Aos 18’ Luiz Schloobier aproveitou sobra de escanteio e chutou forte para fora.

O Paraná foi obrigado a subir mais. Aos 26’ o Tricolor quase marcou com o Marcelo, que bateu forte para boa defesa de Marco Antônio. Luciano Simm seguiu alterando a equipe, colocando Lucas Borges e Keslley no lugar de Sene e Paulinho, respectivamente. Na primeira chance que teve, Borges entrou na área pela direita e chutou para mais uma defesa de Marco Antônio. Nos minutos finais o Verdão manteve uma marcação alta, evitando sofrer uma pressão, além de criar chances. Aos 37’ Pablo chutou e Murilo defendeu. As duas últimas oportunidades foram do Paraná. Aos 40’ Keslley fez boa jogada pela esquerda, rolou para Lucas Borges, que pegou mal e isolou. Nos acréscimos, o time da Vila Olímpica teve uma chance após o goleiro Marco Antônio bateu na barreira. Fim de jogo e o Verdão foi o primeiro time de Curitiba a vencer um clássico.



PRÓXIMA PARTIDA: Sem perder a liderança, já que o Atlético não joga, o Paraná volta a campo na próxima terça (29), as 10h, contra o GRECAL na Vila Olímpica. Já o Coritiba vai até o CT do Andraus encarar o time da casa, no dia 01/06, as 15h30.



CORITIBA: O Coxa sofreu um pouco no começo da partida, mas soube mudar a estratégia a tempo, subindo a marcação e conseguindo conter o jogo do Paraná. Também é de se destacar que Mozart manteve a estratégia até o fim, evitando uma pressão final. Outro ponto de destaque foi que a tática de poupar alguns jogadores contra o GRECAL funcionou, já que o treinador fez só uma alteração no duelo.


FIQUE DE OLHO - Nathan: O atacante mostrou ter estrela em clássicos. Nathan fez três gols nesse campeonato, dois contra o Paraná e um contra o Atlético. Além de ser oportunista, o atacante mostrou um bom deslocamento entre o meio e o ataque, além de ter destaque no um contra a um. Este ponto lhe rendeu confiança do técnico Eduardo Baptista, que levou ele para o duelo contra o Brasil de Pelotas.  


PARANÁ CLUBE: O Tricolor conseguiu começar o jogo melhor, ficando com a bola no ataque e criando chances. O segundo gol do adversário mexeu muito com a estrutura do time, que não conseguiu manter sua tática de jogo. O ataque sentiu a falta de Carioca, que dá um ótimo apoio a Iacovelli e Warley.



FIQUE DE OLHO - Bruno: Titular nos últimos três jogos, o volante vem conseguindo ganhar a confiança de Luciano Simm. Além de fazer uma boa dupla de volância com Silva, Bruno também mostrou ter qualidade na saída de jogo e na cobertura da defesa, anulando algumas vezes o destaque do rival.   


OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

CORITIBA: 1 – Marco Antônio 2 – Moser, 3 – Henrique, 4 – Léo Andrade e 6 – Vinicius Araujo; 5 – Matheus Pires, 8 – Matheus Bueno, 10 – Luiz Schloobier; 7 – Igor Jesus (19 – Igor Guilherme), 11– Nathan e 9 – Pablo. Tec. Mozart.

PARANÁ: 1 – Murilo; 2 – Keniddy (19 – Thawan), 3 - Xaxim, 4 – Paulinho (14 – Keslley) e 6 – Marcelo; 5 – Bruno, 8 – Silva (16 – Rian),  7 – Andrey (15 – Wilson) e 10 – Warley, 9 – Iacovelli (17 – Andrade) e 11 – Sene (18 – Lucas Borges). Tec. Luciano Simm

FICHA TÉCNICA – CORITIBA 2 X 1 PARANÁ CLUBE XXXXXXXXXX

GOLS: Natan, aos 20’ e 32' do 1º tempo (Coritiba) | Iacovelli, aos 22’ do 1º tempo (Paraná)
CA: Matheus Bueno e Henrique (Coritiba) | Keniddy, Paulinho e Xaxim (Paraná)
ÁRBITRO: Leonardo Polatti Anad Portela 
ASSISTENTES: Luiz Henrique Companhoni Amadori e Nycollas Fabricio dos Santos
LOCAL: CT da Graciosa, em Colombo.

ENTREVISTAS XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX





Tecnologia do Blogger.