PROPAGANDA

Santíssima Trindade faz 3 a 2 no Imperial e sobe para a quarta posição na Copinha



Em um jogo equilibrado e com muitas chances de gol perdidas, o Santíssima Trindade saiu atrás do placar, mas conseguiu uma importante virada diante do Tricolor do Mossunguê. Com a vitória, o Trindade fica a um ponto do Imperial, terceiro colocado, e entra para a lista dos aspirantes ao título.

#COPINHA 2018
Por Yuri Casari

Pré-jogo: Colado nos líderes Palmeirinha e Bangú, o Imperial tinha que vencer para seguir na mesma faixa de pontos. Já o Trindade, de campanha apenas regular até aqui, queria se aproximar do próprio Imperial, e ao menos manter a distância de pontos dos primeiros colocados. Para esta partida, o Trindade contou com a estreia do goleiro Felipe, ex-Vila Sandra.

Primeiro tempo: O Trindade começou a partida desatento e com muitas falhas na saída de jogo. Com isso, o Imperial teve uma pressão inicial e poderia ter marcado logo nos primeiros minutos. Mas não demorou para o time da casa acordar. Aos 6 e aos 8 minutos, o Trindade perdeu duas ótimas chances. Primeiro com Jacaré que recebeu ótimo passe de Tom. Na tentativa de deslocar do goleiro Júlio, o camisa 11 acabou tirando demais e a bola saiu pela linha de fundo. Depois com Tom, que recebeu passe de Luiz Fernando e dento da pequena área chutou pra fora.

Na sequência, aos 11 minutos, Samuel, o camisa 10 tricolor deu ótimo passe por cima da defesa em direção a Bruninho, que avançou e bateu firme para abrir o placar. Porém, o Imperial ficou na dianteira por pouco tempo. Aos 14, Herick tocou para Bahia pela direita, que foi até a linha de fundo e tocou forte em direção à área. A bola bateu em Folha e foi para o gol. Júlio até tentou salvar, mas a esférica já tinha passado da linha. Na súmula, o árbitro deu gol contra para Zetti.

Após esse início frenético, o jogo ficou mais concentrado no meio de campo, com as equipes demonstrando dificuldade por conta dos muitos buracos do gramado do Parque Linear. Mas aí entrou a figura de Jacaré. O camisa 11 já era um dos que mais incomodava a defesa tricolor, como demonstrou em uma linda caneta aplicada no ex-companheiro Folha. E aos 31, deixou sua marca. Em jogada ensaiada, Queen levantou na área pelo lado esquerdo, Marcão centralizou e no rebote da zaga, Jacaré encheu o pé para decretar a virada do Trindade.

Bruninho comemora o gol que abriu o placar para o Imperial. Foto: Cleiton da Cruz.
Segundo tempo: Na volta do intervalo, o Trindade se postou mais conservador, enquanto o Imperial aumentou a velocidade do jogo em busca do empate. O principal jogador do Tricolor era Samuel, que ao ver infrutíferas as tentativas de adentrar na área adversária, arriscou de fora da área aos 19, mas Felipe fez boa defesa. Mas justamente quando o Imperial estava melhor, Jacaré recebeu bola longa pela direita, avançou e chutou cruzado, ampliando a contagem.

Apesar disso, o Imperial reagiu bem, e Samuel, aos 25 minutos, bateu rasteiro de esquerda, a bola bateu no pé da trave e entrou, colocando o jogo novamente em aberto. Daí para frente, e principalmente após a saída de Herick, o Trindade perdeu terreno e passou a esperar em seu campo de defesa, apostando nos contra-ataques. Ainda assim foi criando as melhores chances. Aos 33, Jacaré bateu cruzado para fora. Aos 36, o mesmo Jacaré deixou Luiz Fernando na boa, mas o jogador tocou fraco na bola e Julio defendeu.

No abafa final do Imperial, aos 44, Samuel deu mais um passe espetacular para Fininho, que tirou do goleiro Felipe e chutou, mas Jé salvou o gol certo praticamente em cima da linha. O árbitro deu cinco minutos de acréscimo, mas o Imperial não conseguiu mais nenhum ataque efetivo e ainda quase tomou o quarto. Em contra-ataque, Luiz Fernando serviu Tom, que pecou no preciosismo e acabou acertando a trave. Gol perdido que acabou não fazendo falta ao placar final.

Jacaré foi o principal jogador do Trindade na partida. Foto: Cleiton da Cruz.
Próximo jogo: Na oitava rodada da Copa de Futebol Amador de Curitiba, o Imperial recebe no Octávio Silvio Nicco a equipe do Olímpico, que ainda não venceu na competição. O Trindade, novamente atuando no Parque Linear, possui confronto direto com o Bangú. Líder, o Palmeirinha folga na rodada. Ou seja, dependendo dos resultados, a briga pela ponta promete esquentar.

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

Sant. Trindade: 1. Felipe, 2. Bahia, 3. Anderson Pé, 4. Queen (15. Henrique) e 6. Du; 5. Marcão, 10. Herick (13. Wesley), 7. Jé e 8. Tom; 9. Luiz Fernando e 11. Jacaré. T: Dinei Ferreira.

Imperial: 1. Júlio, 2. Folha (16. Ruan), 3. Vermelho, 4. André e 6. Pedrinho (17. João Moro); 5. Baresi, 8. Zetti, 7. Japa (20. Júlio Vidal) e 10. Samuel; 9. Gegê (19. Fininho) e 11. Bruno. T: Jardan Okoinski.

FICHA TÉCNICA – S. TRINDADE 3X2 IMPERIAL XXXXXXXXXXXXXX

Local: Parque Linear.
Gols: Bruno aos 11’, Folha (contra) aos 14’ e Jacaré, aos 31’ do 1º tempo; Jacaré aos 20’ e Samuel aos 25’ do 2º tempo.
Cartões amarelos:
Queen, Marcão, Herick e Tom (TRI); Zeti, André, Bruno e Vermelho (IMP).
Árbitro:
Adelmo Ferreira dos Santos.
Assistentes:
Remy Neves Stephan Moro e Alisson Alceu Bernardi Lovato.


ENTREVISTAS XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX




Tecnologia do Blogger.