PROPAGANDA

Em jogo movimentado, Uber e Capão ficam no empate

Foto: Dudu Nobre - Agência DRAP
Na tarde deste sábado (12), o clássico entre Uberlândia e Capão Raso movimentou a região sul da capital, em confronto válido pela sexta rodada da Copa de Futebol Amador da Capital de 2018, no Estádio Manoel Gustavo Schier. O Capão saiu na frente logo no início da primeira etapa e depois de duas viradas no placar o jogo terminou em 3 a 3. Resultado ruim para ambas as equipes, que continuam na parte de baixo da tabela.


#COPINHA 2018
Por Adson Lima

PRÉ-JOGO –  Uber e Capão sofreram derrotas na rodada anterior da Copinha e foram para o clássico em busca de reabilitação no campeonato. O Uberlândia perdeu para o Nacional por 5 a 1, no Estádio XV de Agosto e o Capão Raso perdeu em casa para o Santíssima Trindade por 3 a 0. Ou seja, o confronto entre os rivais da região sul de Curitiba foi a oportunidade para subir na tábua de classificação.

PRIMEIRO TEMPO – O jogo começou com o Uberlândia tendo as primeiras ações ofensivas do jogo, mas antes de levar perigo o Capão Raso já abriu o marcador aos dois minutos. O escrete do Capão Raso chegou pela direta com cruzando para área, o zagueiro do Uberlândia furou na tentativa de fazer o corte, mas a bola sobrou limpa para Willian. O atacante teve tranquilidade e tirou do goleiro, inaugurando o marcador no clássico. Passados alguns minutos, o tricolor de aço continuou pressionando e em uma cobrança de escanteio, Luís Fernando cabeceou para o meio e Jean que concluiu a jogada de cabeça. Mas o arqueiro Rafael espalmou.

A partir deste lance, o jogo perdeu um pouco de intensidade e passou a ter muitas faltas e vários cartões amarelos. O futebol mesmo só voltou a aparecer aos 36’, em um escanteio pela direita a favor do Uberlândia. O camisa 10 do Uber, Pulga, ergueu a bola rápida no segundo pau, para azar do zagueiro Alex do Capão, em que a bola bateu nele e entrou mansinha na meta do goleiro Gê. Nos minutos finais, a equipe da casa pressionou. Primeiro com Ceará, que chutou da intermediária no centro do gol e facilitou a defesa de Ge. No último lance do primeiro tempo, Lucas recebeu uma enfiada de bola, em que já dominou tirando do zagueiro e avançou na saída do goleiro dando um tapinha de esquerda no canto esquerdo baixo do arqueiro do Capão. Gol que colocou o time da casa na frente do marcador.

Foto: Dudu Nobre - Agência DRAP

SEGUNDO TEMPO:  No retorno à etapa complementar, o Capão Raso começou em cima e aos 3’, Alex Paiva que marcou contra no primeiro tempo tentou se redimir em um escanteio pela direita. O zagueiro, livre na segunda trave, arrematou no poste esquerdo de Rafael. Três minutos depois, o Uber bateu uma falta na barreira, na sobra a bola foi levantada na área para Juliano, que dominou e chutou de canhota para boa defesa de Rafael. Aos 11’, Dinda, que começou no banco por ter chego atrasado, recebeu um cruzamento da esquerda e na movimentação ficou livre e com seu faro de artilheiro mandou para o fundo da rede. O gol deu ânimo para o Capão e aos 24’, Lipe do Capão Raso em uma boa tabela com seu companheiro entrou livre pela direita e chutou firme, para boa defesa do goleiro do Uber que mandou para escanteio. Na cobrança, o Capão virou o jogo com Juarez que cabeceou firme e o goleiro Rafael até chegou a tocar na bola, mas não conseguiu impedir o gol tricolor.

Tentando dar a resposta o Uberlândia foi para cima e em uma cobrança de escanteio pela esquerda, Luan chegou cabeceando forte inapelável para o goleiro Ge, empatando o jogo e dando mais emoção a partida. Com placar igual, o jogo ficou franco, chances de perigo para os dois lados, com o time da casa levando uma leve vantagem nas bolas paradas. Inclusive, o Uber até chegou a ter um gol anulado por impedimento. Mas sem sucesso e sem alteração no placar. Esse resultado não foi bom para nenhumas das duas equipes na tabela que seguem na parte de baixo.


OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

UBERLÂNDIA: 1 Rafael; 13 Marlon (8 Fabricio), 3 Luan, 4 Denis e 6 Ceará;  5 Nepo, 7 Kiki, 2 Asley (17 Luiz Henrique) e 10 Pulga; 9 Lucas e 11 Feliipe. Técnico: Josi

Capão Raso: 1 Gê; 11 Lipe; 3 Alex, 4 Jean e 6 Vitor Hugo; 5 Juarez, 7 Willian, 8 Maikon e 10 Juliano; 16 Luiz Fernando (9 Dinda) e 15 Adilson (14 Cal) Técnico: Junior Saurim

FICHA TÉCNICA – UBERLÂNDIA 3 X 3 CAPÃO RASO XXXXXXXX

GOLS: willian (Capão) aos 2’, Alex Paiva (contra) aos 36’ 1º tempo, Lucas (Uber) aos 46’ 1º tempo; Dinda (Capão) aos 11’ 2º tempo, Juarez (Capão) 25’ 2º tempo, Luan (Uber) 28’ 2º tempo.
CA: Alex (Capão), Nepo (Uber), Pulga (Uber), Juliano (capão), Felipe (Uber), Lucas (Uber), Ceara (Uber), Dinda (Capão), Malkon (Capão).
CV: Juliano (Capão).
Local: Manoel Gustavo Schier.


REPORTAGEM DRAP XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX







Tecnologia do Blogger.