PROPAGANDA

Dinda, o destaque do confronto entre Olímpico e Capão Raso


A participação de Dinda na partida contra o Olímpico era discreta até os 30 minutos do segundo tempo. A torcida rival pegava no pé do atacante e comemorava a vitória parcial. Mas em dois lances, Dinda mostrou o faro artilheiro e decidiu o jogo dando ao Capão Raso a primeira vitória na Copa de Futebol Amador de Curitiba. Confira a nona figurinha do álbum DRAP de 2018.


#FIGURINHA DO JOGO
Por @yuricasari

O início do Capão Raso na Copinha não era bom. Nas três primeiras rodadas, duas derrotas e um empate. Resultados e desempenho abaixo do esperado para um clube que entrou no certame como um dos favoritos. E no duelo diante do Olímpico, fora de casa, mais uma vez parecia que a vitória não ia aparecer para o Tricolor.

O camisa 9 do Capão, Dinda, um dos destaques do time, teve um primeiro tempo muito discreto, recebendo pouco a bola, e nos poucos lances em que conseguiu efetivamente participar, pouco fez. Na segunda etapa, a situação piorou com o Olímpico abrindo o placar com Gustavo.

Com a vitória parcial, um grupo de torcedores do Olímpico se empolgou e passou a implicar com o atacante adversário. E parece que as provocações – sadias, diga-se - acordaram o goleador. Aos 30 minutos, Dinda recebeu de costas para a meta, girou e colocou a bola no cantinho do gol. Empate e comemoração em direção ao alambrado. O Olímpico teve algumas chances de voltar à frente do placar, mas desperdiçou. Dinda, porém, não perdoou. Aos 45 minutos, contra-ataque rápido que terminou na conclusão a gol de Dinda, que voltou a lembrar da “corneta” adversária e decretou o fim de jogo em favor do Tricolor da Zona Sul. 

Os dois gols, além de colocarem o Capão Raso de novo nos trilhos, também fez com que Dinda entrasse na briga pela artilharia com 5 gols contra 6 de Dolinha, outro destaque na rodada do último fim de semana. 


Tecnologia do Blogger.