PROPAGANDA

CSA é letal e vence o Londrina no Estádio do Café

Foto: Gustavo Oliveira / Londrina EC

O Londrina recebeu o CSA na tarde desse sábado, 19, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. O Londrina até começou bem, teve algumas chances, mas tomou gol na metade do primeiro tempo e caiu de rendimento. Mesmo chegando ao empate no último minuto da primeira etapa, a equipe sofreu o segundo logo no início do segundo tempo e se perdeu de vez no jogo. CSA chega a quarta vitória consecutiva, vai a 15 pontos e é o segundo. Já o Londrina estaciona no meio da tabela e sai muito criticado pelo torcedor.

#Série B
Por @viniciuseira

PRÉ-JOGO: Na reedição da final da Taça de Prata de 1980, Londrina e CSA chegaram para a sexta rodada da Série B com campanhas um pouco diferentes. O Tubarão vinha de campanha regular - 2V, 2E e 1D – e buscava a vitória para não se distanciar do G4. Já o campeão Alagoano de 2018 vem para o Sul com boa campanha – 4V e 1D – e estava atrás do quarto triunfo consecutivo para não deixar o Fortaleza disparar na liderança isolada.

PRIMEIRO TEMPO: O Londrina começou o jogo com superioridade e boas chances pelas pontas. Felipe Marques, que estreou hoje, era o jogador mais perigoso do Tubarão e encontrava muitos espaços pela ponta esquerda. Já a equipe Alagoana se fechava e tentava encontrar espaços para contra-ataques, mas sem sucesso. Não demorou para o Londrina ter uma boa chance. Aos 5’ Felipe Marques faz boa enfiada para Roberto, o lateral entrou sozinho na área, mas não sabia se cruzava ou finalizava, acabou chutando, mas pegou mal demais na bola. O CSA tentou subir a marcação para surpreender o Londrina, mas o Tubarão encontrava espaços entre as linhas do time de Alagoas, porém, não conseguia o arremate.

Aos 15’ o CSA deu primeiro chute em falta cobrada por Daniel Costa, mas a bola bateu na rede pelo lado de fora. Passados os 15 minutos iniciais, o time visitante entrou no jogo, dobrou a marcação em Felipe Marques e matou o Londrina. Aos 19’, o escrete Alagoano pressionou a saída de bola, Ferrugem recuperou a bola, e em dois toques a bola já estava com Michel Douglas, que cruzou de primeira pra Niltinho. O atacante só teve o trabalho de empurrar a bola pro gol. CSA 1x0.

A partir disso o Londrina se perdeu no jogo, passou a errar muitos passes, e praticamente não se movimentava, com exceção de Felipe Marques. A torcida começou a perder a paciência, principalmente com Safira e Patrick Vieira. E quando o intervalo já se aproximava com a vitória parcial da equipe alagoana, Lucas Costa fez o Estádio do Café pulsar. Após cruzamento na área, a zaga afastou muito mal e a bola sobrou de frente para o zagueiro, que não pensou duas vezes, e encheu o pé para o fundo do gol. 1x1.

SEGUNDO TEMPO: A segunda etapa até começou bem movimentada com as duas equipes se propondo a buscar o segundo gol. Mas o CSA foi mais eficiente. Aos 7’ a equipe girava de um lado pro outro na frente da área londrinense até a bola chegar para Rafinha, que cruza rasteiro e Michel Douglas chega com liberdade para tocar no canto direito do goleiro Vagner. 2x1 CSA.

O Tubarão só foi ter uma chance clara aos 25’. Roberto tabela com Luccas Brasil, entra sozinho na área, mas pega em baixo da bola e isola. Três minutos depois, Reginaldo desarma, sobe com velocidade e abre para Felipe Marques, o ponta corta o zagueiro e lança na segunda trave, mas o goleiro Cajuru se joga na bola e salva o CSA. O Londrina se jogou no ataque, mas todo desorganizado. Além de não se movimentar bem, a equipe errava muitos passes e viu o tempo passar sem conseguir outras grandes chances. Já o CSA se fechou bem, e esperou a quinta vitória em seis rodadas se confirmar.

PRÓXIMA PARTIDA: O Tubarão viaja a Pelotas para encarar o Brasil no próximo sábado, 26, às 16:30. Já o CSA recebe o Figueirense na terça-feira, 22, às 19:15.

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

Londrina: 1 Vagner; 2 Reginaldo, 3 Leandro Almeida, 4 Lucas Costa, 6 Roberto; 8 Germano, 5 Moisés (20 Luccas Brasil), 11 Patrick Vieira (16 Matheus Olavo), 10 Dudu; 7 Felipe Marques e 9 Safira (21 Paulo Henrique). Téc: Marquinhos Santos.

CSA: 12 Cajuru; 22 Celsinho, 3 Leandro, 4 Xandão, 6 Rafinha; 5 Edinho, 8 Ferrugem (15 Yuri), 10 Daniel Costa; 19 Didira, 7 Niltinho (11 Hugo Cabral) e 9 Michel Douglas (18 Walter). Téc: Marcelo Cabo.


FICHA TÉCNICA – LONDRINA 1 X 2 CSA XXXXXXXXXXXXXXXX

GOLS: Lucas Costa 45’1T (Londrina) | Niltinho 19’1T e Michel Douglas 7’2T (CSA)
CA: Lucas Costa (Londrina) | Edinho, Xandão, Ferrugem, Niltinho e Celsinho (CSA)
ÁRBITRO: Savio Pereira Sampaio.
ASSISTENTES: Lehi Sousa Silva e Leila Naiara Moreira da Cruz.
LOCAL: Estádio do Café, Londrina.
PÚBLICO TOTAL/RENDA: 1895 / R$ 37,677.


Tecnologia do Blogger.