PROPAGANDA

Coritiba vence o Vila Nova em casa e entra no G4


Na noite desta sexta (25), o Coritiba recebeu o Vila Nova, no Estádio Major Antônio Couto Pereira, para disputar a sétima rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O primeiro tempo foi todo do time paranaense, que abriu o placar logo no início do jogo, não deixou o adversário empatar. No segundo tempo, foi diferente, mas não a pontuação. Dessa vez, foi no fim da partida que saiu o gol do Coxa, e o resultado de 2 a 0 garante ao time, pelo menos até terça-feira, a vaga na zona de classificação. 



#SÉRIE B

Por @giuliehellen_

PRÉ JOGO: De maneira geral, as atuações dos dois times no torneio não deixavam muito a desejar. O Coxa, até o momento, ocupava a sétima colocação na tabela com 11 pontos, sendo que, em casa, mantinha 100% de aproveitamento. Já o Vila Nova, sofreu a primeira derrota na rodada anterior contra o Oeste, e mesmo acumulando 13 pontos e uma vaga no G4, o time pode perder a posição caso não vença. Além disso, ambos os clubes contam com desfalques importantes. Enquanto Eduardo Baptista testa volantes para por no lugar de Julio Rusch, suspenso, Hemerson Maria pensa em como substituir Moacir, que se lesionou durante a semana. 



PRIMEIRO TEMPO: A partida só começou quando o resquício da fumaça deixada pela festa da torcida alviverde se incorporou ao estádio. Com menos de 2' de jogo, o Coxa já tinha tentado um chute ao gol e garantido dois escanteios, ou seja, ao que tudo indicava, o time jogaria todo para frente, almejando mais uma vitória no campeonato. Todos tiveram ainda mais certeza disso quando, dois minutos depois, Chiquinho, de canhota, acertou a rede do Vila Nova, e abriu o placar na fria noite da capital paranaense. 



A torcida de time de Goiás também marcou presença, mas viu nos primeiros 10' apenas uma chance vinda de escanteio, enquanto nas outras vezes, os jogadores eram desarmados ou ficavam na sobra de bola. Do outro lado, o Coritiba afastava todas as investidas do adversário, e apostava em jogadas no meio de campo ou em contra-ataques. Em um desses, aos 14', Chiquinho sofreu uma falta, e na cobrança, foi possível tabelar dentro da pequena área com Alisson Farias, que no chute, embaixo da pequena área, foi desarmado.



Com 20', Yan Sasse cruzou todo o campo em uma arrancada espetacular, deixando Bruno Moraes na cara do gol para finalizar, porém, o atacante perdeu a chance de ampliar. Um minuto depois foi a vez do Vila Nova assustar o torcedor coxa-branca com Mateus Anderson que recebeu uma bela bola na entrada da área, e chutou cruzado, mas passou à direita do - idolatrado - goleiro Wilson. 



Foi um jogo de muitas faltas para ambos os lados, em sua maioria perigosas, que não foram aproveitadas. Aos 27', Simião foi derrubado na lateral direita, e na cobrança houve uam tentativa de jogada ensaiada, mas a bola subiu demais e garantiu apenas mais um escanteio para o Coxa, que também não foi convertido. Daí em diante, os donos da casa se mostravam também donos do jogo, e não só dominavam a partida, como tinham maior posse de bola. 



O Vila Nova tentava chegar ao gol do Coxa, mas a zaga sempre afastava. Com 41', Mateus Anderson recebeu a bola, no entanto, estava impedido, e mesmo assim chutou para o gol criando uma crise com os jogadores alviverdes sem necessidade. Nos dois minutos seguintes, o time da casa teve duas grandes chances. Uma delas com Alisson, de fora da área, que chutou forte e passou à direita de Matheus Pasinato. A outra oportunidade veio de Bruno Moraes, que até o momento não demonstrava à torcida a firmeza necessária para ser o artilheiro do time. O juiz permitiu mais um minuto de partida, mas nada mudou e o Coritiba foi para o vestiário com a vantagem por 1x0.  



SEGUNDO TEMPO: No retorno para a etapa complementar, Bruno Moraes se redimiu já nos primeiros minutos com um belo cruzamento para Pablo, que não conseguiu dominar. O Vila Nova também voltou com um novo posicionamento, e conseguia avançar mais em direção ao gol coxa branca, fazendo até mesmo com que todo o time alviverde recuasse.   



Porém, apesar de ter aumentado o equilíbrio na partida, ambos os clubes voltaram com um ritmo mais lento, tornando todas as jogadas nascidas do meio de campo. Em uma dessas, aos 14', o Coxa teve a melhor chance com Bruno Moraes, que de frente para o goleiro, perdeu a chance de ampliar. Três minutos depois, foi a vez do Vila Nova tentar empatar por meio de uma cobrança de falta cobrada por Alan Mineiro, que explodiu na barreira e voltou a dar a posse de bola para o Coxa. 



A surpresa do time veio do camisa 72, Simião, que aos 19', numa bela jogada tabelada com Alisson, quase meteu a bola na gaveta. Ao menos, levantou toda a torcida no Couto Pereira, que via seu time alcançar a 4ª vitória em casa. Com 28', Gastón fez uma falta dura no jogador do Coritiba, e recebeu o segundo cartão amarelo. O Vila Nova, que já estava em desvantagem por conta do placar, agora também tinha um jogador a menos e precisaria se esforçar em dobro para reverter o jogo. 



Faltando 10 minutos para o fim, Elias, que havia entrado há pouco tempo, chegou muito perto de marcar o primeiro gol do Vila Nova em Curitiba. O jogador driblou três defensores alviverdes, e chutou forte para o gol de Wilson, que só viu a bola passar à sua direita. Aos 40', o time goiano, mesmo em desvatangem, começou a crescer para cima do Coxa, e se houve chance de empatar a partida, esse era o momento. João Paulo perdeu a bola no meio de campo, e em um desvio de Vinicius Kiss, quase cai no contrapé de Wilson que, provavelmente, não conseguiria pegar. Por sorte, a bola desviou. 



Então, aos 44', por categoria dessa vez, o mesmo jogador que quase deu a chance ao adversário, meteu, de falta, o segundo gol do Coritiba. Foi o suficiente para fechar o placar, garantir a vitória e a vaga no G4, que o técnico Eduardo Baptista tanto falava. 




PRÓXIMA RODADA: Na próxima terça (29), o Coritiba e o Londrina fazem um confronto estadual, no Estádio do Café. Já o Vila Nova terá uma semana toda para descansar, pois só enfrenta o CSA na próxima sexta (01), no Serra Dourada. 


OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

CORITIBA: 84 Wilson; 28 Leandro Silva; 3 Thalesson Kelven; 33 Geovane; 23 Chiquinho (46 Abner); 31 João Paulo; 72 Simião (88 Vinicius Kiss); 70 Yan Sasse; 92 Pablo; 20 Alisson Farias (7 Iago Dias); 89 Bruno Moraes. Téc. Eduardo Baptista



VILA NOVA: 1 Matheus Pasinato; 2 Maguinho; 3 Wesley Matos; Naylhor; 5 Geovane; 6 Giaretta; 7 Mateus Anderson; 8 Gaston; 9 Ramon (18 Elias) (19 Felipe Silva); 10 Alan Mineiro; 11 Reis (17 Vinicius Leite). Téc. Hemerson Maria


FICHA TÉCNICA CORITIBA 2X0 VILA NOVA XXXXXXXXXXX

ARBITRAGEM: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral.
ASSISTENTES: Anderson José de Moraes Coelho (1) e Daniel Paulo Ziolli (2).
GOLS: Chiquinho aos 4' do 1ºT e João Paulo 44' 2ºT (Coritiba).
CA: Alisson (Coritiba); Gaston e Wesley (Vila Nova).
CV: Gaston (Vila Nova).
LOCAL: Estádio Couto Pereira, em Curitiba
Público/ Renda : 7317 pessoas | R$ 128.221,00.


Tecnologia do Blogger.