PROPAGANDA

[SUB 19] Com facilidade, Atlético goleia o GRECAL e vence a primeira no certame


Foto: Gabriel Sawaf - Agência DRAP
Atlético e Grecal jogaram na tarde desta sexta-feira (11), no CT do Caju, em Curitiba, para o confronto válido pela terceira rodada do Campeonato Paranaense sub-19 de 2018. Com um primeiro tempo bastante disputado e com gol no final, a etapa complementar foi bem diferente, com o Atlético tendo total domínio e fechando o placar em 5 a 0.


#SUB-19
Por @rafaelbuiar

PRÉ-JOGO: A equipe do Atlético empatou em 1 a 1 na rodada anterior diante o Coritiba, no CT da Graciosa. Enquanto que o time do Grecal perdeu duas e de goleada. Na primeira rodada o Operário venceu por 4 a 1 e na rodada anterior para o São Joseense ganhou por a 4 a 0.

O EMBATE: Os primeiros minutos de jogos teve um embate pouco movimentado, mesmo com as duas equipes tomando a iniciativa de jogo. No tradicional estilo estudando o adversário.  Mas com o passar do embate, a equipe do Atlético passou a ter mais posse de bola e com isso chegar a meta do arqueiro Ramon. Destaque para os dois arremates de bola parada que assustaram o sistema defensivo do time da cidade de Campo Largo.

Passados os 18’, a equipe do Atlético passou a ter mais posse de bola, em busca da oportunidade de furar bloqueio/marcação do Grecal, que pouco chega a meta do goleiro Gabriel. Minutos depois, em jogada pelo flanco, o escrete atleticano desceu em profundidade com jogada do lateral João Vitor e Jaderson. A bola passou na frente do arqueiro Ramon e ninguém arrematou a meta. Nos minutos finais da etapa inicial, o volume de jogo da equipe da casa persistiu. O escrete do Atlético rodou a bola por ambas as laterais, com João Vitor até chegar no Christhian. Mas sistema defensivo e o goleiro Ramon suportaram a pressão até aos 38’, em que Jáderson foi derrubado dentro da área. Demethrius cobrou e marcou.

Foto: Gabriel Sawaf - Agência DRAP
No retorno à etapa complementar, o escrete do Atlético mudou, com a entrada de Renan no lugar do Estafano. Com o placar a favor, o time rubro-negro entrou mais solto e logo no primeiro minuto aumentou o placar com Vitinho. O camisa 9 do Atlético arrematou de fora da área, sem chance para Ramon, que foi surpreendido.  Após o gol, o time atleticano persistiu no campo de ataque rodando a bola.

Passados dos 20’ da etapa complementar, o treinador Marcão mudou a sua equipe novamente. Ao todo foram cinco substituições e todas nas mesmas funções. O meio de campo foi alterado duas vezes e o sistema defensivo três. Enquanto que no Grecal somente uma e por lesão. Aos 22’, em troca de passes na intermediária, Bruno Michel de frente para o gol e arrematou de chapa, aumentando o placar no CT do Caju. No minuto seguinte, Bruno Leite, que entrou a pouco, recebeu próximo da meta e arrematou firme.

Nos minutos finais do embate, o jogo seguiu da mesma maneira que o decorrer da partida, mesmo com as alterações. Ou seja, com o time do Atlético ditando as ações ofensivas e o Grecal defendendo. Aos 37’, Julian Bicudo recebeu em ótima posição e não pensou duas vezes, antes de arrematar e aumentou o placar. Após o quinto gol, o confronto não evoluiu e fechou em 5 a 0 para o time rubro-negro.

PRÓXIMA PARTIDA: Na quarta-feira (16), o Atlético jogará na Vila Olímpica com Paraná Clube, às 10h da manhã. Enquanto que o Grecal desafia o Coritiba no CT do Andraus, às 15h30 da sexta-feira (18).

Foto: Gabriel Sawaf - Agência DRAP
ATLÉTICO: Com um estilo de jogo que valoriza bastante o toque de bola, o Atlético utilizou em grande escala as laterais, com João Victor e Christian. Além de ter um meia que dita as jogadas pelo meio de campo. No primeiro tempo Estefano foi quem realizou esta atividade e na etapa complementar, com uma característica diferente, Renan Soares. Com esse estilo de jogo, o placar no CT do Caju construiu com facilidade.

Foto: Gabriel Sawaf - Agência DRAP
FIQUE DE OLHO (ATLÉTICO): Jaderson – O camisa 11 rubro-negro teve o seu maior destaque na primeira etapa, com jogadas em profundidade, com arremates em diagonais. Além de passes para seus companheiros. Atributos que relatam a versatilidade do atacante do Atlético.

Foto: Gabriel Sawaf - Agência DRAP

GRECAL: A equipe do GRECAL jogou no erro do adversário e procurou avançar em jogadas de contra-ataque. Na primeira etapa, Rocha foi o responsável por isso. Mas o camisa 8 do Grecal não teve sucesso. Porém, por outro lado, a equipe de Campo Largo apresentou como positivo a marcação e que criou dificuldades para a criação do escrete do Atlético. O gol no fim da primeira etapa fez com que a equipe do GRECAL sentisse e jogasse em busca do empate. Mas com uma chanca maior, o Atlético soube aproveitar o espaço e ampliou o placar na segunda etapa.


FIQUE DE OLHO (GRECAL) -  Felipe – O destaque do GRECAL teve um bom desempenho na primeira etapa, quando o placar ainda estava fechado. Felipe além de marcar firme no sistema de meio de campo, conseguiu atacar, mas devido a proposta de jogo do seu treinador, não conseguiu evoluir muito em lances de perigo.

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

ATLÉTICO: 1 Gabriel Mesquita; 2 Christian, 3 Julio Romão, 4 Weverton (15 Brener) e 6 João Victor (16 Marcel) 5 Nicolas, 8 Estefano (19 Renan), 7 Thiago Souza (17 Bruno Michel) e 10 Demethrys (20 Julian Bicudo); 11 Jaderson e 9 Vitinho (18 Bruno Leite). Tec. Marcão.

GRECAL: 1 Ramon; 2 Da Penha (14 William), 3 Tchuco, 4 Grings e 6 Willians; 5 Marcelinho, 8 Rocha (15 Alvaro), 10 Didico e 7 Felipe; 9 Vitor e 11 Adriel (16 Ramon Matheus). Tec. Marco Antonio.

FICHA TÉCNICA – ATLÉTICO 5 X 0 GRECAL XXXXXXXXXXXXXXXX

GOLS: Demethrys aos 43’ do 1º tempo, Vitinho ao 1’ do 2º tempo, Bruno Michel aos 22’ do 2º tempo, Bruno Leite aos 24’ do 2º tempo, Julian Bicudo aos 37’ do 2º tempo (Atlético)
CA: Da Penha, Rocha (Grecal)
CV: Grings
ÁRBITRO: Jhonathan Fossa
ASSISTENTES: Julio Cesar Secato e Remy Santos
LOCAL: Centro de treinamento Alfredo Gottardi, em Curitiba

Tecnologia do Blogger.