PROPAGANDA

Paraná erra muito e perde terceira seguida na Série A


Reprodução Facebook: Paraná Clube 

Paraná e Sport se enfrentaram na tarde desse domingo (29) na Vila Capanema em Curitiba. O Paraná até controlou o primeiro tempo, mas tomou gol no início após erro defensivo, e perdeu muitos gols. Na segunda etapa, o Leão da Ilha fez mais um no início, e o Paraná se perdeu na partida. Mesmo com gol no fim que reanimou o escrete, o Tricolor perdeu mais uma no Brasileiro.

#Série A
Por @viniciuseira

PRÉ-JOGO: Paraná e Sport chegaram a terceira rodada sob a pressão de ainda não terem vencido no Brasileiro. O Paraná perdeu para São Paulo e Corinthians; já o Sport perdeu para o América e empatou com o Botafogo. 

PRIMEIRO TEMPO: O Paraná até começou bem, ditando o ritmo e controlando a posse de bola, pois o Sport se fechava inteiro atrás da linha da bola e esperava um erro tricolor. O escrete paranista teve a primeira chance após grande jogada de Raphael Alemão que fez fila, entrou na área, mas finalizou fraco. O Sport veio pra Curitiba buscando os erros adversários para tentar pelo menos um empate, e os erros vieram. Aos 7’, Marlone cobra escanteio na primeira trave, Felippe Barros desvia e Rogério fecha sozinho no segundo só para completar para as redes. 1x0 Sport.

Se com 0x0 o time de Recife já se fechava, vencendo não seria diferente. O Paraná colocava todos seus homens no campo de ataque, e encontra muitos espaços pela direita do ataque com Raphael Alemão e Caio Henrique no apoio. 

O Paraná teve algumas chances na primeira etapa. Primeiro em falta cobrada por Caio Henrique, a zaga afastou, e Johnny Lucas pegou a segunda bola, finalizou bem, mas a bola foi por cima. Aos 25’, Caio Henrique enfia boa bola para Raphael Alemão, o atacante ganha do zagueiro na velocidade, mas finaliza fraco. Um minuto depois, a melhor chance. Carlos dribla dois na área e enfia para Silvinho que finaliza rasteiro para grande defesa de Mailson, no rebote o goleiro do Leão, caído, pega chute de Carlos.

Foto: Geraldo Bubniak/Paraná Clube

SEGUNDO TEMPO: A equipe Tricolor mexe duas vezes. Tira o vaiado Rayan e coloca Baez, além de tirar Wesley Dias e colocar Matheus Pereira. Mas antes das mudanças surtirem efeito, o jogo do Paraná ficaria mais complicado. Cleber Reis erra saída de bola, Rogério recupera e só é parado com falta de Jesiel. Na cobrança, Marlone coloca a bola no ângulo e amplia o marcador para o rubro negro.

O Paraná sentiu muito o gol e se mostrava cada vez mais nervoso para marcar o primeiro tento no certame. A equipe não conseguia criar bom volume de jogo e a torcida se mostrava cada vez mais impaciente, principalmente com o lateral Alemão e o meia Matheus Pereira, que errava muitos passes. O Sport jogava tranquilo, muito bem postado na defesa e caminhando para uma vitória tranquila.

O tricolor conseguiu chegar num escanteio com Cleber Reis, que cabeceou cruzado e a bola tirou tinta da trave. Depois disso finalizava de qualquer maneira, de muito longe e levava pouco período a meta adversária. No fim, Matheus Pereira recebe uma bola na ponta direita, cruza na área, Carlos cabeceia e Mailson faz mais uma defesa importante, só que no rebote Johnny Lucas se joga na bola e diminui, 2x1. O Paraná animou e até tentou o empate, mas era tarde demais.

PRÓXIMA PARTIDA: O Paraná viaja a Chapecó – SC para encarar a Chapecoense pela quarta rodada do Brasileiro, na outra segunda (7), as 20:00. Já o Sport recebe o Bahia em Recife, também pelo Brasileiro, no próximo sábado (5), as 21:00.


OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

Paraná: 1 David; 2 Alemão, 3 Jesiel, 4 Cleber Reis, 6 Rayan (16 Marcelo Baez); 5 Johnny Lucas, 8 Wesley Dias (20 Matheus Pereira), 10 Caio Henrique; 7 Raphael Alemão (23 Luan Viana), 9 Carlos e 11 Silvinho. Tec Rogério Micale

Sport Recife: 32 Mailson; 23 Raul Prata, 3 Ronaldo Alves, 14 Ernando, 56 Sander; 8 Anselmo, 25 Neto Moura (13 Ferreira) 5 Fellipe Bastos, 10 Marlone, 7 Andrigo (2 Claudio Winck) e 90 Rogério (95 Carlos Henrique). Tec Claudinei Oliveira


FICHA TÉCNICA – Paraná 1X2 Sport XXXXXXXXXXXXXXXXXXX

GOLS: Johnny Lucas 44’2T (Paraná) | Rogério 7’1T e Marlone 3’2T (Sport)
CA: Jesiel (Paraná) e Ferreira (Sport)
ÁRBITRO: Daniel Nobre Bins
ASSISTENTES: Lucio Beiersdorf e Mauricio Penna
LOCAL: Estádio Dorival Britto, em Curitiba
PÚBLICO TOTAL/RENDA: Público: 8.490 presentes | Renda: R$ 172.105

Tecnologia do Blogger.