PROPAGANDA

Operário vence o Batel e mantém liderança do Grupo A na 2ªfase




O Operário Ferroviário enfrentou a equipe do Batel neste sábado (7), em duelo válido pela 2ª rodada da segunda fase da Divisão de Acesso, no Estádio Germano Krüger. Em mais um embate em casa nesta temporada, o escrete do Fantasma venceu por 2 a 0 e manteve a liderança no Grupo A e a invencibilidade da competição. Já o escrete do Batel se complica na tábua de classificação com a primeira derrota na segunda fase.


#ACESSO 2018
                                                                             Por Mariana Santos  

PRÉ-JOGO: A equipe do Operário chega ao duelo como líder do Grupo A após vitória por 2 x 1 contra o Iraty fora de casa. O Fantasma soma três pontos na segunda fase da competição e busca manter sua invencibilidade. Para o confronto, o técnico Gerson Gusmão não contará com Pedrinho, que sentiu uma pancada no aquecimento e Chicão, suspenso após receber o terceiro cartão amarelo. O Batel está logo atrás do OFEC, na segunda posição da tabela, somando um ponto. A equipe de Guarapuava empatou em casa na última rodada contra o PSTC por 1 x 1 e busca sua primeira vitória na segunda fase. Na primeira fase, em jogo válido pela última rodada, os escretes se enfrentaram no Germano Krüger, com vitória do Fantasma por 5 x 0.

PRIMEIRO TEMPO: Logo no inicio do jogo, aos 3 minutos, Clayton cobrou falta e Sosa cabeceou para abrir o placar para o Fantasma. Equipe do Batel não sentiu o gol e apostava nas bolas paradas para chegar à meta de Simão. Forte marcação das duas equipes no meio do campo impedia os escretes de chegarem com frequência ao ataque. Por conta da marcação, equipe de Guarapuava tentava lançamentos longos, mas não conseguia evoluir nas jogadas.

O confronto na primeira etapa foi marcado por faltas duras, ambas as equipes chegavam com muita vontade na disputa da bola. Após jogada fora da área, Cleyton chuta fraco e goleiro do Batel vacila, Fantasma amplia o placar aos 27 minutos. Lance animou os ânimos do OFEC, que passou a chegar mais ao ataque. Aos 33 minutos, Robinho fez bela cobrança de falta e bola passou perto do gol adversário.


Mesmo com vantagem do Fantasma no placar, quem teve mais posse de bola no primeiro tempo foi a equipe do Batel. Time de Guarapuava trocava passes no meio de campo e passou a apostar nas jogadas pelas laterais, chegando com mais facilidade ao ataque. Operário fez muitas faltas e dava oportunidades para equipe do Batel fazer cruzamentos na área, mas sem sucesso. Primeira etapa termina sem mais chances para as equipes.

SEGUNDO TEMPO: Etapa final iniciou com mais agressividade da equipe do Batel, ganhando as disputas no meio de campo. Operário aproveitava espaços dados pelo adversário para apostar nos contra-ataques. Fantasma errava muitos passes no campo de ataque, facilitando a marcação do Batel. Primeira chance de perigo da equipe de Guarapuava na segunda etapa aconteceu aos 11 minutos, após cobrança de falta que parou nas mãos de Simão.


Após reclamação forte de Russo, o jogador tomou cartão vermelho e aos 15 minutos, deixou equipe do Batel com um a menos no confronto. Com vantagem numérica, o Fantasma aproveitava posse de bola e administrava o placar com passes no campo de defesa. Operário tentou alçar bolas na área, mas sem perigo para o gol adversário. Aos 44 minutos, em uma das poucas chances da equipe do Batel, Anderson chutou de fora da área e bola ficou com Simão. Duelo teve poucas chances criadas pelas equipes na segunda etapa.

PRÓXIMA RODADA - O Fantasma fecha o primeiro turno da segunda fase contra o PSTC fora de casa, na próxima quarta-feira (11). O escrete de Vila Oficinas busca terminar o primeiro turno com 100% de aproveitamento. O Batel duela fora de casa na próxima rodada contra o Iraty. Com empate no primeiro confronto e a derrota para o Operário, a equipe de Guarapuava segue em busca primeira vitória na segunda fase da competição.


OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

Operário: 1-Simão, 2-Danilo Báia, 3-Alisson, 4-Sosa, 5-Índio, 6-Peixoto (16-Rafael Soares), 7-Lucas Batatinha (20-Athos), 9-Schumacher, 10-Robinho (19- Gil Paraíba), 11-Cleyton, 21-Jean Carlo.
Téc: Gérson Gusmão

Batel: 1-Doni; 2-Josimar, 3-Dipão, 4-Gustavo, 5-Anderson, 6-Matheus do Ó, 7-Cristian Roque (16-Rafael Lucas), 8-Dan, 9-Davidson, 10-Ricardinho (18-Luan), 11-Russo.
Téc: Marcelo do Ó

FICHA TÉCNICA – OPERÁRIO 2 X 0  BATEL XXXXXXXXX

Gols: Sosa (OFEC), Cleyton (OFEC)
Local: Estádio Germano Krüger
CA: Dipão (Batel), Matheus do Ó (Batel), Rafael Lucas (Batel)
CV: Russo (Batel)
Árbitro: Marcelo Sales Corrêa
Assistentes: Marco Antonio dos Santos Pepe (1), Tom Gomes Rocha (2)
Público/renda: 2.241 e R$ 49.645,00




Tecnologia do Blogger.