PROPAGANDA

Julio Cesar, o destaque do confronto entre Imperial e Vila Sandra



A segunda rodada da Copa de Futebol Amador da Capital aconteceu no último sábado (14), com seis embates. Dentre eles, o clássico da Zona Oeste de Curitiba, entre Imperial e Vila Sandra, no Estádio Octávio Silvio Nicco. Com caras novas, as duas equipes proporcionaram um confronto equilibrado e  mesmo assim, criaram várias chances de gols. O placar terminou em 1 a 0 a favor do tricolor do Mossunguê, mas poderia ter sido outro se o camisa 1 do Imperial não estivesse em uma tarde inspirada. Confira a segunda figurinha do álbum DRAP de 2018.


#FIGURINHA DO JOGO

O clássico entre Imperial e Vila Sandra foi o primeiro da temporada em 2018 e também o único, já que a equipe alvinegra foi rebaixada da elite do amador de Curitiba. O descenso foi confirmado justamente no último embate da temporada de 2017 e diante o Imperial e no Estádio Octávio Silvio Nicco. Além deste marco, o confronto teve uma confusão/briga entre torcedores das duas equipes, o que provocou o adiamento. Mas este clima de tensão não chegou nem perto do último sábado (14), mesmo com um clima típico de Curitiba, o ambiente foi amigável entre as duas equipes e torcidas.

Com caras novas nos dois escretes, quem tomou as primeiras ações ofensivas foi o time visitante, principalmente, com Caíque e Dennis. Foram pelo menos três tentativas. Dentre elas, o arqueiro do Imperial apareceu pela primeira vez, ao evitar um arremate rasteiro de Dennis, logo no início.  Após suportar a pressão, a equipe do Imperial chegou pela primeira vez a meta do goleiro Jeferson e marcou com Bruno Henrique. Desde então, o confronto passou a ficar preso no meio de campo até o fim da primeira etapa.

No retorno à etapa complementar, o treinador do Vila Sandra, Aroldo, promoveu a entrada de Djonathan e Gabriel, o que fez com que o time alvinegro ficasse mais ofensivo. Foi então que o goleiro Julio Cesar passou a aparecer com mais frequência no jogo. Mesmo com a equipe do Vila Sandra tendo dificuldades de acertar o último passe, mas quando chegou foi com perigo. Destaque para o arremate de Dennis na metade do segundo tempo. O arqueiro pulou que nem um gato para desviar para escanteio o chute em diagonal do camisa 9 do Vila Sandra.

Mas a principal cena do jogo foi minutos depois, com a defesa da penalidade de Caíque, ex-companheiro de equipe. O camisa 1 do Imperial pulou no canto certo e espalmou para escanteio a cobrança do camisa 10 do Vila Sandra, que foi no canto direito de Julio Cesar. Minutos depois, em cruzamento na área do Imperial, novamente Julio Cesar pulou que nem um gato e afastou a cabeçada perigosa do atacante do Vila Sandra, André Luis.

Devido a isso, com a participação direta em lances que poderiam alterar o placar do jogo e que ajudou o escrete do Imperial a sair com os três pontos e a primeira vitória na Copinha diante o rival, Julio Cesar foi o destaque da partida. Sendo assim, a segunda figurinha do álbum DRAP de 2018.



Powered by Blogger.