PROPAGANDA

Grêmio Ipiranga faz 4 a 2 no Santíssima Trindade e conquista primeira vitória na Copinha


Maranhão e Vinícius comemoram o primeiro dos quatro gols do Ipiranga na partida.
Na tarde deste sábado (21), Ipiranga e Santíssima Trindade duelaram no Estádio Elba de Pádua Lima, em jogo válido pela terceira rodada da Copinha. A equipe da casa fez valer o seu mando e venceu por 4 a 2. No primeiro tempo, a equipe mandante fez dois gols e ampliou o placar no início da segunda etapa. O escrete do Cajuru até ensaiou uma reação, mas sofreu gol de contra-ataque no final, que definiu a partida.

#COPINHA
Por Lucas Ravel

PRÉ-JOGO: O Grêmio Ipiranga estava na décima posição da Copinha, com um ponto, e vinha de derrota para o líder Bangu, e buscava sua primeira vitória na competição. Já o Santíssima Trindade veio de empate em casa contra o Urano, era o terceiro colocado e um resultado positivo poderia fazer com que a equipe do Cajuru assumisse a liderança do certame.

PRIMEIRO TEMPO: A partida se iniciou com as duas equipes buscando o campo ofensivo. O Ipiranga apostava nos passes longos e ligações rápidas, enquanto o Santíssima Trindade tocava melhor a bola. Jacaré era o jogador mais perigoso da equipe visitante e aos 5 minutos ele quase abriu o placar. O jogador recebeu na esquerda, em velocidade, cortou para o meio e finalizou no canto para Rubinho espalmar. A bola ainda tocou a trave antes de sair. O Ipiranga respondeu um minuto depois e fez o primeiro gol do jogo. Carlinhos cobrou falta da esquerda. A bola passou por todo mundo e sobrou para Maranhão, livre, apenas completar para o fundo das redes. 

A equipe do Cajuru tentava atacar para correr atrás do prejuízo, mas deixou espaços na defesa e em contra-ataque do time da casa, aos 13 minutos, Paulo cometeu pênalti. Carlinhos cobrou no canto direito e ampliou a vantagem. O Santíssima Trindade não conseguia tocar a bola com qualidade e se via perdido diante da marcação apertada do Ipiranga, que até marcou o terceiro, mas o auxiliar assinalou impedimento. Lucas Moraes lançou Juliano nas costas da defesa. O atacante driblou o goleiro e completou para o fundo das redes, mas a bandeirinha já estava levantada. Até o final da primeira etapa, o jogo ficou travado e as chances de gol foram escassas, portanto o Ipiranga levou a vantagem para o intervalo.

Herick foi o principal articulador da equipe do Trindade, que buscou uma reação na segunda etapa.
SEGUNDO TEMPO: Logo no primeiro minuto da segunda etapa, buscando ampliar a vantagem, Vinícius driblou dois defensores e finalizou firme para grande defesa de Paulo. Dois minutos depois, o Ipiranga, mais ofensivo, fez o terceiro gol da partida. Moura partiu pela direita e cruzou para o miolo da área, onde estava Juliano, que apenas completou para o fundo das redes.

O time do Cajuru respondeu em breve e diminuiu a vantagem aos 7 minutos. Bahia cobrou lateral nos pés de Tom, que dominou, ajeitou e finalizou no cantinho, sem chance para Rubinho. A partir dos 15 minutos, a partida tomou ares de tensão, e o juiz era o centro das atenções, pois tomava decisões que eram contestadas pelas duas equipes e a partida não fluía fazendo com que a ofensividade do primeiro tempo não fosse repetida na segunda etapa.

Aos 40 minutos, o Santíssima Trindade fez o segundo gol, que deu uma nova esperança para a equipe do Cajuru. Fábio cobrou falta da entrada da área, a bola quicou na frente do goleiro e enganou-o, fazendo com que Rubinho falhasse. O Santíssima foi para o tudo ou nada, mas abriu espaços atrás e tomou o gol que definiu a partida aos 46 minutos. Nico recebeu na entrada da área e finalizou no canto para fazer o quarto e definitivo gol do time do Capão Raso.

Nico marcou o gol que fechou a contagem na primeira vitória do Grêmio Ipiranga na Copinha 
PRÓXIMA PARTIDA: O Santíssima Trindade jogará no próximo sábado (28), às 15:30 contra o Uberlândia no Parque Linear. Já o Ipiranga folgará na próxima rodada e só volta a campo no dia 5 de maio, contra o Olímpico, no Estádio Elba de Pádua Lima, também às 15:30.

XXXXXXXX OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXX

GRÊMIO IPIRANGA: 1- Rubinho; 2- Moura; 3- Gamarra; 4- Pedro (16- Mourinha); 6- Maranhão (13- Luis); 5- Marcelinho (18- Raul); 7- Vinícius; 8- Jhonny (15- Marcio Mato Grosso); 10- Carlinhos (14- Dog); 9- Lucas Moraes (20- Nico); 11- Juliano; Técnico: Márcio Victor

SANTÍSSIMA TRINDADE: 1- Paulo; 7- Jé; 3- Anderson Pé; 4- Juliano; 2- Bahia (18- Nicolas); 5- Marcão (17- Du); 20- Herick; 8- Fábio; 10- Tom; 11- Jacaré (13- Henrique); 9- Geovane (6- Luiz Fernando); Técnico: Dinei Ferreira

XXXXXX FICHA TÉCNICA: G. IPIRANGA 4 X 2 S. TRINDADE XXXXXX

GOLS:  Maranhão (Ipiranga, 6’ do 1°T), Carlinhos (Ipiranga, 13’ do 1°T), Juliano (Ipiranga, 1’ do 2°T), Tom (Santíssima Trindade, 7’ do 2°T), Fábio (Santíssima Trindade, 40’ do 2°T) e Nico (Ipiranga, 46’ do 2°T)
CARTÕES AMARELOS: Paulo (Santíssima Trindade), Jacaré (Santíssima Trindade), Carlinhos (Ipiranga), Herick (Santíssima Trindade), Gamarra (Ipiranga), Raul (Ipiranga), Dog (Ipiranga)
LOCAL: Estádio Elba de Pádua Lima, Curitiba.
ÁRBITRO: José Ricardo de Souza Costa.
ASSISTENTES: 
Fernando César Tobias e Reube Dobrychlop dos Reis.


REPORTAGEM DRAP XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX






Tecnologia do Blogger.