PROPAGANDA

Em jogo de forte marcação, Olímpico e Shabureya ficam no empate

A partida foi marcada por muitas faltas dos dois lados (Foto: Dudu Nobre / Agência DRAP)
Na tarde deste sábado (14), o Olímpico recebeu o Shabureya para disputar a segunda rodada da Copinha. Os dois times, que precisavam vencer para subir na tabela, demonstraram muita raça em campo. Após um primeiro tempo de poucas chances, a segunda etapa teve chuva de gols não validados pela arbitragem, e por isso, o jogo ficou empatado em 1x1,  resultado amargo para os donos da casa. 

#COPINHA
Por Giulie Carvalho

PRÉ JOGO: O objetivo dos dois times era bem claro: ganhar o jogo. Isso porque, na primeira rodada da Copinha, o Olímpico conseguiu apenas um ponto ao empatar por 0x0 com o Urano, enquanto o Shabureya foi goleado pelo Nacional por 4x1. Para subir na classificação e garantir a felicidade da torcida, ambos os clubes precisavam dos três pontos e por isso, esperava-se muita força de vontade dentro das quatro linhas. 

PRIMEIRO TEMPO: O jogo no Xaxim começou com um futebol de qualidade. Enquanto o Olímpico atacava e buscava mais o setor direito de campo, o Shabureya se fechava e apostava nos contra ataques. O primeiro escanteio do jogo foi marcado aos 4' para o Olímpico que, mesmo sem converter, manteve a bola no campo ofensivo. A resposta do time laranja e preto foi aos seis minutos quando Rafa bateu uma falta do meio do campo,  mas André agarrou a bola sem muito esforço. Aos 10', enquanto o time do Shabu fazia bela jogada percorrendo todo o campo, o Rafa do time alvi-verde fez falta dura na intermediária. Após o cartão amarelo, o time visitante teve boa falta para cobrar perto da área, mas a bola passou ao lado do goleiro André e foi só tiro de meta. 

De ambos os lados as faltas começaram a aparecer, e por consequência possíveis contusões que pudessem surgir das trombadas. Quase na metade do primeiro tempo, em duas boas oportunidades do Shabu, o bandeirinha marcou impedimento, o que foi muto reclamado pela torcida. Nessa altura do jogo o destaque dos visitantes era Wesley, que ganhou a titularidade neste sábado. Na melhor chance dele, aos 20', o atacante tentou cruzar, mas não havia nenhum de seus companheiros na área para completar a jogada. 

Do outro lado, a principal oportunidade até a metade da primeira etapa surgiu de um escanteio cobrado ao lado direito do goleiro Thiago, no qual o jogador alviverde dominou dentro da área, mas foi desarmado. Em outro chute ao gol, aos 27', Vinicius tentou chutar para o gol, mas a bola passou à esquerda sem perigo. Aos 32', na saída errada de Thiago, o Olímpico conseguiu recuperar e cravar uma falta na entrada da área. Léo meteu uma bomba, mas o arqueiro afastou o perigo. 

Apesar das boas investidas do Shabu, quem mais apresentava perigo era o time do Xaxim. Querendo deixar para trás o fantasma do 0x0 no jogo anterior, o clube buscava de todas as formas concluir a jogada. O lateral alvi-verde Rafael,  aos 41', recebeu bom lançamento pelo lado direito, mas perdeu o ângulo e deixou a defesa do Shabureya afastar.  O primeiro tempo acabou do mesmo jeito que começou: sem vantagem para nenhum dos dois times. 

Diego abriu o placar para os donos da casa (Foto: Dudu Nobre / Agência DRAP)
SEGUNDO TEMPO: Depois de muita conversa dos dois lados, os times trouxeram muita vontade para dentro das quatro linhas. Logo nos primeiros minutos, o Olímpico pressionava o Shabureya, que passou a incomodar mais o time adversário. Aos 5', a primeira chance dos donos da casa apareceu, mas a quicada da bola evitou a abertura do placar. Aos 11', numa cobrança de lateral certeira, foi o time visitante que teve sua chance, muito mal aproveitada pelo meio campo Leandro que não conseguiu cabecear. Logo depois, a rede do goleiro Thiago balançou, mas o bandeirinha não validou a jogada de Diego. 

Passados 20' da etapa complementar, a pressão era toda do Olímpico, que parecia ter engrenado na partida. Para o Shabu parecia ser interessante voltar para casa com um empate. Nesse cenário, Diego mais uma vez se mostrou presente no ataque e, sem impedimento, abriu o placar na zona sul de Curitiba aos 23'. A partir daí o Olímpico cresceu ainda mais, e se não fosse a agilidade e proeza do zagueiro Henrique, o time alvi-verde ampliaria o placar após o chute de Wesley Modesto. Precisando correr atrás do prejuízo, o Shabu mostrou competência aos 26'. Em jogada vinda de trás, a bola parou nos pés do atacante Luiz Augusto, que não brincou em serviço e carimbou a rede do goleiro André. 

Faltando 15 minutos para o fim da partida, o Olímpico teve falta ao lado da grande área, e mais uma vez, após gol convertido, o assistente assinalou impedimento, dessa vez de Wesley Modesto. Apesar da pressão do time do Xaxim e das investidas do clube laranja e preto, o placar ficou em Olímpico 1 x 1 Shabureya. Além das contusões, cada time garantiu um ponto e agora precisam se preparar para alcançarem a primeira vitória na Copinha. 

Luiz Augusto garantiu o primeiro ponto do Shabu no certame (Foto: Dudu Nobre / Agência DRAP)
PRÓXIMA RODADA: No próximo sábado o Olímpico folgará no certame, mas o treinador Neri Santos adiantou que a equipe fará um amistoso contra o Novo Mundo. Já o Shabureya encara o Palmeirinha às 15h30 em casa.

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

OLÍMPICO: 1 André; 2 Rafael; 3 Dudu; 4 Rodrigo; 6 Eduardo; 14 Jeferson; 7 Rafael; 8 Everton; 10 Léo; 9 Vinicius; 11 Diego. Téc. Neri Santos.

SHABUREYA: 1 Thiago; 2 Rafael; 3 Gabriel; 4 Henrique; 5 Luiz Henrique; 6 Matheus; 7 Leandro; 8 Murian; 17 Wesley; 10 Mateus; 11 Dari. 

FICHA TÉCNICA OLÍMPICO 1 X 1 SHABUREYA XXXXXXXXXXX

ARBITRAGEM: Jhonatan Fossa da Cruz.
ASSISTENTES: Alisson Alceu Bernardi Lovato (1) e João Fábio Machado (2).
GOLS: Diego aos 23' do 2ºT (Olímpico) e Luiz Augusto aos 26' do 2ºT (Shabureya)
CA: Rafa e Eduardo (Olímpico); Rafael (Shabureya).
LOCAL: Estádio Olímpico, em Curitiba

ENTREVISTAS XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX




Powered by Blogger.