PROPAGANDA

De virada, Coritiba supera o Criciúma em casa e vence a segunda na Série B


Foto: Gabriel Sawaf/Agência DRAP
Coritiba e Criciúma jogaram na noite desta sexta-feira (27), em partida válida pela 3ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O time alviverde saiu atrás no placar, mas lutou e chegou a sua segunda vitória na competição, com seis pontos até o momento, enquanto o Tigre acumulou a terceira derrota consecutiva

#SÉRIEB

Por @UmlaufFernanda 

PRÉ-JOGO: Na noite que marca a estreia do técnico Eduardo Baptista no comando do time alviverde, o Coritiba enfrenta o Criciúma, na busca por sua segunda vitória consecutiva na Série B do Campeonato Brasileiro. O time venceu o Atlético Goianiense em casa na última rodada, por 1 a 0, e figura na 13ª colocação. Já o Criciúma vem de duas derrotas seguidas, de 3 a 2 para o Atlético Goianiense na primeira rodada, e 1 a 0 para a Ponte Preta na segunda. Atualmente, ocupa a 17ª colocação na tabela.

PRIMEIRO TEMPO: Após um início ruim, com forte marcação do Criciúma, o Coritiba foi dominado pelo time catarinense nos primeiros dez minutos de jogo. Com problemas criativos no meio campo, o time alviverde encontrou possibilidades de jogadas pelas laterais do campo, avançando no campo de defesa do Criciúma, porém sem efetividade.

A primeira chance clara de gol no jogo veio aos 17 minutos do primeiro tempo, enquanto o time do Coritiba reclamava de uma falta em Kady no meio campo, o Criciúma armou o contra-ataque pela esquerda e o camisa 7 do time catarinense, João Paulo, dominou sem marcação em frente ao gol de Wilson para abrir o placar no Couto Pereira. Até os 30 minutos, o Coritiba não tinha sequer uma finalização. Aos 32 minutos do segundo tempo, após um escanteio do Coritiba cobrado por Jean Carlos, Kady aproveitou a sobra e mandou um forte chute em direção ao gol de Luís, igualando o placar. Em resumo, um primeiro tempo de poucas chances de gol e muitos cartões amarelos, 8 no total.

Kady empatou o jogo ainda na primeira etapa (Gabriel Sawaf/Agência DRAP)
SEGUNDO TEMPO: O início da etapa complementar foi equilibrado, com bom ataque do Criciúma aos 7 minutos quando o goleiro alviverde, Wilson, espalmou o chute de João Paulo e Nicolas desperdiçou a chance de aproveitar sozinho a sobra. A virada do Coritiba chegou aos 12 minutos com a primeira substituição de Eduardo Baptista no jogo: a saída de Júlio Rusch para a entrada de Yan Sasse. Logo em seu primeiro lance no jogo, Sasse retomou uma jogada no lado esquerdo do campo e bateu cruzado para consagrar a virada do Coxa.

Ao longo do segundo tempo, o Criciúma obteve diversas chances claras de empatar o placar. A primeira aos 14 minutos, com uma bela defesa de Wilson com a perna esquerda e outra logo aos 18 minutos, quando Nicolas recebeu a bola de Marlon e arrematou em direção ao gol de Wilson, que fez uma bela defesa de mão trocada. Mas apesar das chances criadas pelo Tigre, elas não foram efetivas e ao fim da partida, o Coritiba conquistou, de virada, sua segunda vitória na Série B do Campeonato Brasileiro.  

PRÓXIMA PARTIDA: Na próxima sexta-feira (4), o Coritiba enfrenta o Oeste na Arena Barueri, enquanto o Criciúma enfrenta o CSA jogando em casa, na próxima terça-feira (1).

Yan Sasse fez o segundo gol no seu primeiro toque de bola (Gabriel Sawaf/Agência DRAP)
OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

CORITIBA: Wilson; Vinícius Kiss, Thalisson Kelven, Alex Alves e Abner (João Paulo); Vitor Carvalho, Júlio Rusch (Yan Sasse), Kady (Guilherme Parede), Jean Carlos e Chiquinho; Bruno Moraes. Técnico: Eduardo Baptista.

CRICIÚMA: Luiz; Sueliton (Natan), Nino, Sandro e Marlon; Liel, João Paulo, Nicolas, Elvis e Andrew (Jean Mangabeira); Lucas Coelho (Mailson). Técnico: Argel Fucks.

FICHA TÉCNICA – CORITIBA 2 X 1 CRICIÚMA XXXXXXXXXXXXXXXX

GOLS: João Paulo (Criciúma) aos 17’ do 1º tempo; Kady (Coritiba) aos 32’ do 1º tempo; Yan Sasse (Coritiba) aos 13’ do 2º tempo
CA: Kady, Júlio Rusch e Vitor Carvalho;  (Coritiba); Liel, Nicolas, Marlon, Sandro, Elvis e Jean Mangabeira (Criciúma)
ÁRBITRO: Eduardo Tomaz de Aquino Valadão
ASSISTENTES: Fabricio Vilarinho da Silva e Hugo Savio Xavier Corrêa
LOCAL: Estádio Major Antônio Couto Pereira, em Curitiba
PÚBLICO TOTAL/RENDA: 9.261/R$ 141.960



Tecnologia do Blogger.