PROPAGANDA

Coritiba perde muitos gols, mas vence a primeira na Série B



Coritiba e Atlético-GO jogaram na noite desta terça-feira (17) no Estádio Couto Pereira, em Curitiba, em confronto válido pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro da Série B de 2018. Com um gol  e um jogador a mais durante toda a segunda etapa, Coxa é melhor que o Atlético-Go e vence a primeira partida em casa na Série B


#SÉRIE B
Por @LuizKozak

PRÉ-JOGO:  O Coritiba não teve uma boa estreia na Série B 2018. Após um desempenho fraco no Maranhão, e a derrota por 2x0 para o Sampaio Corrêia, o técnico Sandro Forner foi demitido antes mesmo da viagem de volta à Curitiba. No meio da semana, dois dias depois da demissão de Forner, a diretoria coxa-branca anunciou o nome do sucessor: Eduardo Baptista, com passagens por Atlético-PR, Ponte Preta, Sport e Palmeiras. Mas para a partida desta terça-feira, quem comandou a equipe foi o auxiliar técnico, e ídolo alviverde, Tcheco.

PRIMEIRO TEMPO: A noite de terça-feira começou fria dentro e fora de campo no Couto Pereira. As duas equipes preferiram a cautela durante os primeiros vinte minutos da primeira etapa. A primeira jogada de perigo vem dos visitantes. Após bola rebatida dentro da pequena área, a bola desvia no zagueiro Thalisson Kelven e quase engana Wilson, que praticou boa defesa com os pés.

O Coritiba mostrava força defensiva, mas tinha dificuldades de chegar ao gol. Aos trinta e cinco, primeira jogada de perigo do Coxa. Após boa defesa do goleiro Klever, a bola sobra para Jean Carlos com o gol aberto, mas o jogar chuta na trave, acordando a torcida alviverde. Poucas chances marcaram os quarenta e cinco minutos iniciais, terminando o primeiro tempo com o placar fechado.


SEGUNDO TEMPO: Diferentemente do primeiro tempo, o Coxa adiantou sua marcação e foi para cima dos goianos. Aos três minutos, após escanteio cobrado da direita, Vinícius Kiss sobe sozinho e desvia para o gol aberto. 1x0 para o Coritiba. Após discussão entre Jean Carlos e Tomas Bastos, o jogador goiano agride o meia coxa-branca e é expulso da partida. Jean Carlos também leva amarelo na jogada.

A expulsão bagunça a marcação do dragão e o Coritiba começava a tomar conta da partida. Kiss cruza da direita e Julio Rusch, com o gol vazio isola por cima do gol. Um lance inacreditável por parte da revelação coxa-branca. Aos dezoito, Julio Rusch novamente faz boa jogada, chuta forte e acerta o travessão. No rebote, Kiss chuta para fora.

O Coritiba ainda foi mais incisivo após os primeiros vinte e cinco minutos, mas o Atlético começou a jogar mais a frente, principalmente após a entrada do atacante Joanderson. Mas nem a alteração do técnico Claudio Tencatti fez com que o dragão empatasse a partida. Fim de jogo: Coritiba 1x0 Atlético-GO.


PRÓXIMA PARTIDA: O Coritiba jogará novamente em casa na próxima rodada, enfrentando o Criciúma na próxima sexta, às 21h30. Já o Atlético enfrentará o Guarani em casa, às 19h15 da próxima terça-feira.

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

CORITIBA: Wilson, César Benitez, Thalisson Kelven, Alex Alves, Abner (Guilherme Parede); Vitor Carvalho, Vinícius Kiss, Julio Rusch, Kady (Chiquinho), Jean Carlos; Bruno Moraes. Técnico: Tcheco.

ATLÉTICO-GO: Klever, Alisson, Willian Alves, Renê, Bruno Santos; Romulo, Fernandes, Julio Cesar, Tomas Bastos; João Paulo (Cristhyan), Tito (Joanderson). Técnico: Claudio Tencatti.

FICHA TÉCNICA – CORITIBA  1 X 0ATLÉTICO-GO XXXXXXXXXXX

GOLS: 3’ (2º) Vinícius Kiss (Coritiba)
CA: 6’ (2º) Jean Carlos (Coritiba), 15’ (2º) Abner (Coritiba)
CV: 6’ (2º) Tomas Bastos (Atlético-GO)
ÁRBITRO: Francisco Carlos do Nascimento
ASSISTENTES: Pedro Jorge Santos de Araujo, Esdras Mariano de Lima Albuquerque
LOCAL: Estádio Major Antônio Couto Pereira, Curitiba/PR
PÚBLICO TOTAL/RENDA: 4.807 pessoas, R$ 52.405,00



Tecnologia do Blogger.