PROPAGANDA

Operário goleia Batel e fecha primeira fase da Divisão de Acesso invicto

Foto: Danilo Schleder / Agência DRAP
O Operário Ferroviário enfrentou a equipe do Batel na tarde deste domingo (25), no Estádio Germano Krüger. Em duelo válido pela última rodada da primeira fase da Divisão de Acesso, o Fantasma venceu o Batel por 5 a 0. Com a vitória, a equipe alvinegra manteve a invencibilidade na competição. 

#AcessoPR                                                                    Por Mariana Santos   


PRÉ-JOGO: As duas equipes chegaram à última rodada da primeira fase já classificadas. Com a liderança garantida, o Operário buscava manter sua invencibilidade na competição, a equipe veio de vitória por 3x1 na última rodada contra o Independente. Para esse confronto, o Fantasma teve o desfalque de Danilo Baia suspenso, Rafael Soares fora por lesão e Simão e Chicão poupados e começando no banco. O Batel estava em 5º na tábua de classificação e vinha de vitória por 2x1 fora de casa contra o Iraty. A equipe de Guarapuava contou com a volta de Dipão, que ficou fora do último confronto. 

PRIMEIRO TEMPO: O início do jogo começou com movimentação da equipe do Batel, que teve a primeira chance do jogo com Matheus Dantas, que chutou forte e goleiro do Fantasma fez a defesa. O Operário respondeu com Shumacher, que parou no goleiro adversário. A equipe de Guarapuava ampliou a marcação e tentou dificultar a saída de bola do Fantasma. O OFEC tomou a possa de bola e começou a comandar o meio de campo. Aos 10 minutos de jogo, Cleyton quase abriu o placar para o Fantasma, mas Dipão antecipou e afastou a bola. 

O Fantasma começou a criar mais chances com infiltrações no campo do adversário, e com intensa movimentação, chegava fácil no ataque. Em cobrança de falta, Cleyton não deu chances para o goleiro do Batel e abriu o placar para o Fantasma aos 19 minutos da primeira etapa. Após o gol, o Operário continuou mandando no jogo. Em bela jogada, Schumacher saiu na cara do gol e tentou mandar por cima do goleiro, mas bola foi fraca e facilitou para defesa do Batel.

A equipe de Guarapuava trocava passes no campo de defesa e não oferecia perigo ao gol de Matheus. O Operário teve grande volume de jogo e não dava espaço para o adversário, que rifava todas as bolas, e as jogadas do Fantasma iniciavam novamente. A partida continuou no campo de ataque do OFEC, que apostava nas bolas paradas. Nos minutos finais da primeira etapa, aos 41 min, Leo fez cruzamento na medida para Schumacher, que cabeceou forte para ampliar o placar para o Fantasma. Primeira etapa marcou intensidade da equipe alvinegra, enquanto o Batel permaneceu boa parte da partida no campo de defesa.  


Foto: Danilo Schleder / Agência DRAP
SEGUNDO TEMPO: Etapa final começou com movimentação do Fantasma pelas laterais, buscando espaço na defesa adversária. Em belo passe de Índio, Lucas Batatinha chegou à cara do gol e tirou do goleiro para marcar o terceiro gol alvinegro, aos 15 minutos da segunda etapa. Equipe de Guarapuava tentava chegar ao ataque com lançamentos longos, mas defesa do Fantasma antecipava as jogadas sem dificuldade. O Operário administrava o jogo e tocava bola com tranquilidade no meio de campo. Marcação precisa do Fantasma impedia equipe adversária de chegar ao ataque.

Em chance rara de ataque da equipe do Batel, Rafael Lopes chutou forte e bola passou perto gol de Matheus. Após contra ataque preciso, Índio tirou do goleiro e Robinho só teve o trabalho de empurrar para a rede, fazendo o quarto gol alvinegro, aos 32 da etapa final. Operário manteve intensidade durante toda a partida. Nos minutos finais, aos 45, Anderson Paraíba cobrou escanteio e Peixoto cabeceou para fazer o quinto e fechar a goleada do Fantasma.


Foto: Danilo Schleder / Agência DRAP
SEGUNDA FASE - O Fantasma segue agora para a segunda fase do campeonato, onde os oito melhores classificados se dividem em dois grupos. Junto ao Operário estão PSTC, Batel e Iraty no Grupo A. No grupo B jogarão, em confrontos de turno e returno, Independente, ACP, Cascavel e REC. O primeiro de cada grupo se classifica para a decisão e consequentemente conquista uma vaga na primeira divisão estadual.

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

Operário: 1-Matheus, 2-Leo (21-Anderson Paraíba), 3-Alisson, 4-Sosa, 5-Índio, 6- Peixoto, 7-Lucas Batatinha, 8-Pedrinho, 9-Schumacher (19-Quirino), 10-Robinho, 11-Cleyton (22-Dione).
Téc: Gérson Gusmão

Batel: 1-Robson; 2-Josimar, 3-Dipão, 4-Anderson, 5-Alvaro, 6-Matheus do Ó, 7-Giovanny, 8-Matheus Dantas (16- Rafael Lopes), 9-Davidson, 10-Guilherme (17-Matheus Souza), 11-Cristian (14-João Murilo).
Téc: Marcelo do Ó.

FICHA TÉCNICA – OPERÁRIO 5 X 0 BATEL XXXXXXXXXXXXXXXXXXX

Gols: Cleyton (OFEC), Schumacher (OFEC), Lucas Batatinha (OFEC), Robinho (OFEC), Peixoto (OFEC).
Local: Estádio Germano Krüger
CA: Alison (OFEC) 
Árbitro: Danilo Simão Lagroteria Oliveira Faria
Assistentes: Andrey Valenga Guimarães (1), Vinicius Bueno Seixas (2)
Público: 1.247 e Renda: 22.545




Powered by Blogger.