PROPAGANDA

Londrina vence Paraná nos Pênaltis e está na final da Taça Caio Junior

Alan foi decisivo no resultado da partida (Foto: Dudu Nobre / Agência DRAP)
Na tarde de hoje (25) Paraná e Londrina se enfrentaram na Vila Capanema pela semifinal da Taça Caio Junior. Após empate em 1x1 no tempo regulamentar, o Tubarão venceu por 4 a 2 a equipe do tricolor nas penalidades máximas. O goleiro Alan foi o destaque na partida durante os 90 minutos e nas cobranças de pênalti.

#PARANAENSE 2018

PRÉ-JOGO - O tricolor teve a melhor campanha do segundo turno da competição, após uma péssima Taça Dionísio Filho. A chegada de Rogério Micale trouxe bons resultados, já que ele está invicto no comando do tricolor em cinco jogos. O Londrina também teve um troca de treinador: Ricardinho deu lugar a Marquinhos Santos. O Tubarão evoluiu na Taça Caio Júnior, conquistando a vaga para a semifinal graças ao tropeço do Toledo - que empatou por 1x1 com o Atlético. Com isso, o 4 a 1 aplicado sobre o Rio Branco em casa garantiu o Alviceleste na fase eliminatória.

PRIMEIRO TEMPO – o início da partida foi de forte marcação. Afinal, jogo único, qualquer erro poderia ser fatal. O Paraná sentiu dificuldade após Carlos Eduardo ter saído lesionado. Dominou os primeiros vinte minutos iniciais, e possuiu três grandes chances de marcar. O Londrina foi eficiente e cirúrgico, e saiu na frente vencendo por 1x0, o gol marcado foi por Wesley.

No primeiro minuto de jogo, o Tubarão criou a primeira chance, Carlos Henrique cobrou falta, mas a bola passou próximo à trave direita do goleiro Alan.
   
Leandro Vilela aos 12’ chutou de fora da área, entretanto o goleiro Alan segurou tranquilamente. Aos 13’, de novo, o tricolor chegou após cruzamento rasteiro, porém o goleiro londrinense interceptou o lance. Aos 15’, o time da casa teve uma baixa. Carlos Eduardo se machucou e foi substituído por Matheus Pereira.

A partir dos 20’, o Londrina equilibrou o jogo. Aos 22’, após excelente passe do meio-campo Lorenzi, Wesley invadiu a área, mas pegou mal e o chute saiu mascado para fora. Dois minutos se passaram, e Diego apareceu sem marcação dentro da área, mas não foi eficiente e desperdiçou a oportunidade.

O Londrina era mais perigoso. Aos 27’, Thiago Primão deu excelente passe para Carlos Henrique. A zaga do tricolor ficou pedindo impedindo. O atacante passou por dois zagueiros, e finalizou rasteiro, porém Márcio salvou o time da casa dentro da pequena área.

De tanto insistir, o LEC chegou ao gol aos 31’: Thiago Primão cobrou falta rapidamente, tocando para Marcelinho, que apareceu na diagonal e cruzou na cabeça de Wesley, que cabeceou para o fundo das redes. 

Aos 35’, Baez tentou realizar cruzamento e Lucas Costa deu um carrinho e acabou tocando a mão na bola. Diego foi para a cobrança de pênalti e isolou. Um lance de tirar o fôlego. Aos 44’, Wesley Dias, cortou a zaga londrinense e bateu, porém Alan defendeu, em seguida, o arqueiro do Londrina fez mais uma defesa excelente.

Diego perdeu duas penalidades na tarde de hoje (Foto: Dudu Nobre / Agência DRAP)
SEGUNDO TEMPO – O escrete da Vila Capanema precisava marcar para não ser eliminado. Melhorou jogando pelos lados do campo e pressionou o Tubarão.

Na volta do intervalo, Matheus Pereira limpou e entrou na área, bateu firme, mas o arqueiro estava em uma tarde inspirada e evitou o empate paranista. Mais uma vez, o tricolor foi ofensivo. Aos 8’ Thiago Santos cabeceou pra fora após chuveirinho na área.

A partir dos 17’ a chuva apertou na Vila Capanema. O ritmo aumentou. O Paraná continuava em busca do empate. Um minuto depois, Thiago Santos chutou de dentro da área, mas a pelota passou do lado esquerdo da meta de Alan.

A pressão era tricolor. Aos 25’, Thiago Santos arrematou de dentro da área e Alan encaixou. Dois minutos depois Zezinho, livre, cabeceou para fora e errou o alvo.

Com mais posse de bola e na base da pressão, o Paraná cruzava bola na área londrinense Por todos os lados. Diego arrematou forte e Vitor Feijão surgiu no segundo pau, empurrando de carrinho para o fundo das redes pra empatar aos 36’. Esse placar ficou até o fim do tempo normal, levando a decisão para os pênaltis.

Nas penalidades o goleiro Alan defendeu as cobranças de Matheus Pereira e Diego, e o Londrina acertou todas que chutou.

Com a vitória nos pênaltis, o Londrina está na final da Taça Caio Júnior (Foto: Dudu Nobre / Agência DRAP)
PRÓXIMA PARTIDA – O Londrina irá esperar o vencedor da outra partida válida pela semifinal da Taça Caio Junior, entre Atlético Paranaense e Maringá, que irá acontecer às 20 horas de hoje (25) na Arena da Baixada.

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

PARANÁ CLUBE: 1 Richard; 2 Alemão, 3 Márcio, 4 Rayan ©, e 6 Mansur; 5 Leandro Vilela (20 Zezinho), 8 Wesley Dias, 10 Carlos Eduardo (17 Matheus Pereira); 11 Marcelo Baez (22 Vitor Feijão) e 7 Diego; 9 Thiago Santos.
Técnico: Rogério Micale

LONDRINA: 1 Alan; 2 Lucas Ramon, 3 Del’Amore, 4 Lucas Costa e 6 Roberto; 5 Diego Lorenzi, 7 Marcelinho (18 Gustavo Tocantins), 8 Romisson e 10 Thiago Primão (16 Patrick); 11 Wesley (17 Anderson Leite) e 9 Carlos Henrique Técnico: Marquinhos Santos

FICHA TÉCNICA PARANÁ CLUBE 1x1 LONDRINA (COBRANÇA DE PÊNALTIS PARANÁ CLUBE 4x2 LONDRINA) XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

GOLS: Wesley ao 31‘ do 1º tempo (LON); Vitor Feijão ao 36‘ do 2º tempo (PAR) – PÊNALTIS – Alemão e Zezinho (PAR); Lucas Costa, Diego Lorenzi, Roberto e Anderson Leite (LON).
CA: Leandro Vilela, Matheus Pereira (PAR); Diego Lorenzi, Marcelinho (LON).  
ÁRBITRO: Edivaldo Elias Da Silva
ASSISTENTES: Luiz Henrique De Sousa Santos Renesto (1) E Weber Felipe Silva
LOCAL: Vila Capanema (Dorival de Britto e Silva)
PÚBLICO TOTAL/RENDA: 5.156 pessoas e R$ 128.890,00.



Tecnologia do Blogger.