PROPAGANDA

Em casa, Londrina reencontra a vitória na estreia de Marquinhos Santos

Foto: Gustavo Oliveira / Lec
Londrina e União se enfrentaram na tarde desse domingo (11) no Estádio do Café. Pressionadas pelo o rebaixamento, as duas equipes precisavam da vitória. Mas ao contrário do que se esperava, foi uma partida com pouquíssimas oportunidades e as duas equipes sentindo muita falta de jogadores técnicos. O resultado de 2 a 0 é importante para a sequência do trabalho de Marquinhos Santos, mas a equipe ainda está longe do ideal esperado pela torcida.


#PARANAENSE 2018
Por Vinícius Eira

PRÉ-JOGO: As duas equipes chegaram a terceira rodada da Taça Caio Junior pressionadas pelo o fantasma do rebaixamento. O União estava no ZR em 11º com 6 pontos, mas vinha de grande vitória por 4x0 diante do Rio Branco. Já o Londrina estava em 9º com 7 pontos, e vinha de derrota fora de casa para o Toledo, jogo que resultou na demissão do técnico Ricardinho.

PRIMEIRO TEMPO: O União veio para o Estádio do Café com uma estratégia clara: se fechar e jogar por uma bola. A equipe estava montada em um 4-4-2 clássico e o Tubarão teve muita dificuldade para furar essas duas linhas defensivas. O Tubarão que estava montado com três volantes sentiu falta de um meia de armação e algum jogador com velocidade. Porém, mesmo retrancado o União teve mais chances da primeira etapa. No começo Sato driblou três marcadores, mas finalizou por cima. Em outra oportunidade, Lucas Vieira recebeu longo lançamento entre os zagueiros, girou, mas não finalizou na meta. E o zagueiro Spice que passava muita segurança na defesa e ainda subia no ataque, obrigou Cesar a fazer duas defesas após escanteio na metade do primeiro tempo.

Mas foi o Londrina quem teve a chance mais clara. Marcelinho, o único que tentava algo diferente no time da casa, entortou o lateral na ponta direita, cruzou, mas Lorenzi furou, e na volta ele, sem goleiro, finalizou pra fora. Chance incrível.  E Marcelinho de fato era o único que destoava do restante do elenco; em algumas jogadas o atacante corria, driblava, chegava ao fundo, mas ninguém o acompanhava.

Quando o primeiro já se encaminhava para o fim, o Londrina teve uma falta na intermediária. Em jogava ensaiada, Thiago Primão cruza, e na disputa com Carlos Henrique, Casimiro mete a mão na bola e o árbitro assinala pênalti. O próprio Carlos Henrique bate forte no meio do gol e abre o marcador no último lance da primeira etapa.


SEGUNDO TEMPO: E esse pênalti mudou o jogo. Com o União precisando da vitória, o técnico Dirceu de Mattos sacou o volante Biro Biro para colocar o meia Max e o espaço que era coberto na frente da zaga surgiu para o Tubarão. Aos 4’ do segundo tempo, Primão recebe na ponta esquerda e encontra Lorenzi sozinho no meio, o volante gira e devolve entre os zagueiros para Thiago Primão, que com calma, bate firme no canto direito baixo. 2 a 0.

O União até se lançava ao ataque, mas foi o Londrina quem se fechou e procurou administrar o resultado. A equipe de Francisco Beltrão não conseguia dar sequencia com a bola nos pés, e sentiu muito a ausência de um meia de armação. O Londrina ainda teve uma chance no fim com Wesley, mas Marcos Paulo pegou. Importante vitória para a sequência do trabalho de Marquinhos Santos.

PRÓXIMO JOGO: O Londrina vai a capital encarar o Atlético na Arena no próximo domingo (18) as 19h da noite. Já o União recebe o Toledo no Anilado também no próximo domingo, mas as 16h da tarde.

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

Londrina: 1 Cesar; 2 Matheuzinho, 3 Dirceu (13 Luizão), 4 Lucas Costas, 6 Roberto; 5 Moisés, 7 Lorenzi, 8 Romisson, 10 Thiago Primão (17 Anderson Oliveira); 11 Marcelinho e 9 Carlos Henrique (21 Wesley). Téc: Marquinhos Santos.

União: 1 Marcos Paulo; 2 Julio Lopes, 3 Casimiro, 4 Spice, 6 Thiaguinho; 5 Virgulino, 14 Biro Biro (17 Max), 7 Sorbaba, 10 Feijão (19 Rodolfo); 8 Sato e 9 Lucas Vieira (11 Schwenck). Téc: Dirceu de Mattos.

Ficha Técnica: Londrina EC 2x0 CE União XXXXXXXXXXXXX

Gols: Carlos Henrique aos 50’ 1T e Thiago Primão aos 4’ 2T.
CA: Roberto, Wesley e Luizão (Londrina) | Julio Lopes, Casimiro e Thiaguinho (União).
Arbitro: Edivaldo Elias da Silva | Assistentes: Rafael Trombeta e Alessandro Domiciano.
Local: Estádio do Café, em Londrina.
Publico total: 984.



Tecnologia do Blogger.