PROPAGANDA

Atlético domina a partida, goleia o Maringá e se classifica para a final da Taça Caio Júnior



Na noite deste domingo, o Atlético Paranaense recebeu o Maringá na Arena da Baixada e venceu por 5 a 0. Renan Lodi, Marcinho(2x) e Ederson (2x) foram os autores dos gols. A equipe rubro-negra soube tomar conta do jogo, pressionou a maior parte do tempo e teve amplo domínio da partida. O Maringá apostava nos erros da equipe curitibana e em chutes de fora da área, principalmente com Washington, mas teve Paulinho Mocelin expulso, não soube compensar a inferioridade numérica em campo e se viu sem reação contra um Atlético dominante. Com o resultado, o Furacão está classificado para a final da Taça Caio Júnior e enfrentará o Londrina.


#PARANAENSE2018 
                                                           Por:@MoreiraGeorg

PRÉ-JOGO: Diante de um primeiro turno onde caiu nas semifinais, o Furacão parte para a partida buscando uma vaga na final da Taça Caio Júnior. Para o jogo, a equipe curitibana contará com jogadores que foram poupados na última partida. São eles: Renan Lodi, Bruno Guimarães, Zé Ivaldo e Matheus Anjos. Já o Maringá busca alçar voos mais altos. Não teve muito sucesso no primeiro turno e, no segundo, se classificou mesmo com derrota para o Paraná na última rodada. A equipe do norte paranaense terá no jogo a presença dos dois artilheiros do time: o zagueiro Alex Fraga e o atacante Bruno Batata. Mas também não poderá contar com o goleiro Fábio e o volante Carlão, suspensos.

PRIMEIRO TEMPO: - A partida teve início com o Atlético tendo a posse de bola, mas apostando em ligamentos diretos da zaga para o ataque. Já o Maringá apostava nos erros da equipe rubro-negra. Aos 6 minutos, o time da casa quase abriu o placar. Em cruzamento de Deivid, Ederson cabeceou para o miolo da área e Marcinho, de frente para o gol, pegou a sobra e finalizou na trave. O visitante respondeu no minuto seguinte. Paulinho Mocelin rolou da direita para Washington que finalizou firme da entrada da área, no alto, para defesa de Caio. A partida ficou movimentada e o time da capital paranaense pressionava, encurralando o Maringá. Um exemplo disso foi aos 11 minutos, onde João Pedro cobrou falta na área e Zé Ivaldo cabeceou por cima do gol.

A equipe do norte do Paraná seguia mantendo sua estratégia e, em erro de Deivid, aos 20 minutos, Washington finalizou com perigo ao lado do gol. O Atlético seguia pressionando e, quando colocava a bola no chão, saía suas melhores investidas. As faltas cobradas por João Pedro também eram perigosas. Aos 23, ele cobrou para o interior da área, Ederson desviou para o meio, mas Deivid não conseguiu finalizar para o gol. Aos 28, outro lance de perigo do Furacão. João Pedro inverteu o jogo da direita, Renan Lodi dominou e cruzou rasteiro para a área. A bola passou por todo mundo e saiu pela linha de fundo.  Pressionando mais, o Atlético abriu o placar aos 38 minutos. Marcinho avançou pelo meio e rolou para Ederson na direita. O atacante cruzou rasteiro para a área. Ednaldo desviou a bola, tirando dos pés de Alex Sandro, mas não de Renan Lodi, que apenas concluiu para o fundo das redes.

A equipe vermelha e preta cometia erros no setor defensivo, fazendo com que perdesse a bola em zonas perigosas. Em um desses erros, aos 44 minutos, Washington teve a chance de empatar a partida, mas finalizou mal, no meio do gol, para Caio espalmar. Após isso, o Atlético seguiu tocando a bola com calma até o final do primeiro tempo.


SEGUNDO TEMPO- A segunda etapa teve início com o Atlético no ataque. Logo aos quatro minutos, Renan Lodi fez jogada individual, avançou pelo meio e rolou para João Pedro na direita, sozinho. O meia finalizou tirando do goleiro, mas a bola passou raspando a trave. O furacão marcava em cima e, aos 7 minutos, a zaga do Maringá perdeu a bola no meio de campo para Douglas. Ederson pegou a bola e partiu em direção ao gol até tocar para Marcinho, que driblou o goleiro, finalizou para o gol aberto e ampliou a vantagem da equipe de Curitiba.

O Maringá não tinha reação e levou o terceiro logo em seguida. Marcinho recebeu a bola na cara do gol, limpou o goleiro, completou para o fundo das redes e fez o seu segundo gol no jogo. As coisas ficaram mais difíceis para o Maringá quando teve Paulinho Mocelin expulso por cometer falta dura. Na cobrança, João Pedro lançou para o meio da área e Zé Ivaldo cabeceou na trave. Aos 25 minutos foi a vez de Ederson marcar o seu. Léo Pereira lançou Renan Lodi na esquerda. O lateral avançou e cruzou para o centroavante concluir, sozinho, para o fundo das redes.  Aos 35 minutos, o Atlético ampliou o marcador e fez 5 a 0. Léo Pereira fez jogada de lateral, cruzou para a área, mas ninguém conseguiu finalizar. Na sobra, Yago cruzou novamente para o meio e Ederson estava lá para completar e sacramentar a goleada. Impotente, o Maringá apenas se defendia, enquanto a equipe rubro-negra tocava a bola tranquilamente sem nenhum susto até o apito final do árbitro.


PRÓXIMA PARTIDA: Com a vitória, O Furacão encara o Londrina, que eliminou o Paraná, pela final da Taça Caio Júnior. As duas equipes já se enfrentaram uma vez pela fase de grupos e o jogo terminou empatado em 0 a 0. Já o Maringá, eliminado, inicia sua preparação para as competições do segundo semestre.

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXX
ATLÉTICo: 01- Caio; 02- Diego; 03- Zé Ivaldo; 04- Léo Pereira; 06- Renan Lodi; 05- Deivid; 08- Bruno Guimarães (19- Demethryus); 10- João Pedro (21- Giovanny); 07- Alex Sandro (20- Yago); 11- Marcinho e 09- Ederson. Técnico: Tiago Nunes.

MARINGÁ: 1- Ednaldo; 2- Danilo Mohamed; 3- Alex Fraga; 4- Egon; 5- Ícaro; 6- Thiago Cristian; 7- Everton; 8- Virgílio Borges (19- Dandan); 9- Bruno Batata (18- Kareca); 10- Washington (15- Rodrigo Dantas) e 11- Paulinho Mocelin Técnico: Fernando Marchiori

FICHA TÉCNICA ATLÉTICO 5 X 0 MARINGÁ XXXXXXXXXXX

GOLS: 
. Renan Lodi (Atlético, 38’’ do 1° T) Marcinho (Atlético, 7’’ do 2°T), Marcinho (Atlético, 9’’ do 2° T), Ederson (Atlético, 25’’ do 2°T), Ederson (35’’ do 2°T)
CA: . Bruno Batata (Maringá), João Pedro (Atlético), Renan Lodi (Atlético), Ícaro (Maringá), Yago (Atlético)
CV: .Paulinho Mocelin ( Maringá), Edmar ( Maringá)
Árbitro: .Adriano Milczvski
Assistentes: Pedro Martinelli Christino e Wesley Waldir Marmitt
Local: Estádio Joaquim Américo (Arena da Baixada)



Powered by Blogger.