PROPAGANDA

Paraná Clube supera Prudentópolis em casa, mas não se classifica para a próxima fase

Foi a primeira vitória tricolor no Campeonato Estadual (Foto: Bia Lima / Agência DRAP) 
Neste sábado (10) o Paraná recebeu o Prudentópolis na Vila Capanema pela 5ª rodada da Taça Dionísio Filho – o primeiro turno do Campeonato Paranaense. No duelo entre os lanternas dos grupos quem comandou a partida foi o tricolor, que marcou aos 45’ da etapa inicial e aliviou o coração da torcida. O Prude até teve suas chances, mas logo nos primeiros minutos do 2º tempo viu o rival ampliar e não conseguiu reagir, perdendo o confronto por 3 a 0.


#PARANAENSE 2018

PRÉ-JOGO – Paraná e Prudentópolis precisavam vencer para continuar a sonhar com a classificação e também lutar contra o rebaixamento. Na capital, o treinador Wagner Lopes afirmou que não havia mais tempo para testar os jogadores em campo, então colocaria os que mais se destacaram durante os treinos da semana. Já Julio Sérgio sofreu com os desfalques dos volantes Levy e Fernando Gomes, que se machucaram e não puderam entrar no jogo, tendo que recorrer a outros atletas para formar um time capaz de levar a vitória.

PRIMEIRO TEMPO - Não foram só os 28°C marcados em Curitiba nesta tarde que esquentaram o jogo. Os dois times suaram muito e ainda contaram com o caloroso empurrão da torcida. Logo no primeiro minuto de jogo, Alemão cruzou na área do Tigrão e Thiago Santos finalizou, mas o goleiro Adilson estava preparado para defender. Apesar do esforço do Prude, quem dominava as ações era o Tricolor da Vila, que impedia qualquer possibilidade de ataque do time adversário.

O gol só não saiu nos primeiros 20 minutos por conta das traves. Aos 12’ Thiago Santos tocou para João Paulo na marca do pênalti, mas o chute passou por cima. Três minutos depois Lucas Fernandes bateu forte, mas esbarrou no poste esquerdo. Parecendo estar encantado, o travessão impediu que o cabeceio do zagueiro Charles abrisse o marcador. O Prudentópolis respondeu através de uma bola parada cobrada por Nei para Salazar, que chegou livre, mas mandou por cima do gol de Thiago Rodrigues.

As finalizações não pararam, mas nenhuma das equipes conseguia concluir com perfeição. Além disso, muitas faltas foram marcadas durante a partida, tanto que até os 43’ do 1º tempo dois cartões amarelos já haviam sido distribuídos e várias infrações marcadas. Em um desses lances Matheusinho se machucou e foi levado por uma ambulância, sendo substituído por Jefferson Paulista. O atacante assistiu de perto o Paraná abrir o placar aos 45’: Diego cruzou da esquerda e Thiago Santos deu uma casquinha na bola para tirar o goleiro da jogada. Adilson ainda defendeu um chute de Diego nos acréscimos, mas o time do centro sul foi para o intervalo com a derrota. 

Apesar das boas defesas do goleiro Adilson, o Prude não conseguiu segurar o adversário (Foto: Bia Lima / Agência DRAP)
SEGUNDO TEMPO – Sabendo da necessidade de garantir os três pontos, os dois times voltaram do vestiário com mais vontade, tanto que a rede balançou nos primeiros segundos da etapa complementar. João Paulo cruzou para a grande área e Nei teve a infelicidade de estar na trajetória da bola, que esbarrou nele e tomou o caminho do gol. A comemoração paranista invadiu a Vila Capanema, mas o time queria mais. Dois minutos depois Diego fez novo cruzamento, mas a bola foi pela linha de fundo.

Com uma vantagem mais elástica, Wagner Lopes promoveu a estreia de Matheus Pereira, que veio por empréstimo da Juventus da Itália para ser uma nova possibilidade de ataque. E o treinador não se enganou com a substituição, pois o atleta teve sua oportunidade de finalizar, mas foi Zezinho quem pegou o rebote e fez 3 a 0.

O Prude se abateu com o resultado e diminuiu o ritmo de jogo, oferecendo poucas chances para reverter a desvantagem - apesar das substituições feitas por Julio Sérgio. Aos 12 minutos saiu Safira para a entrada de Kairo, e aos 19’ o meio-campo Cícero deixou os gramados para que Wesley pudesse jogar. No tricolor, Thiago Santos saiu aplaudido e Felipe Augusto o substituiu.

Aos 25 minutos Diego cobrou falta, Adilson espalmou para frente e, Alemão isolou de forma inacreditável. O Prude, que antes teve chance em dois escanteios seguidos, também perdeu a oportunidade na batida de Danilo Medeiros, que se aproveitou do erro de Thiago Rodrigues para colocar por cima da trave. Nada que mudasse o resultado final: Paraná 3 x 0 Prudentópolis.

Zezinho marcou o terceiro gol paranista da tarde (Foto: Bia Lima / Agência DRAP)
Mesmo com a vitória o Tricolor não avança para a segunda fase com a vitória do Cianorte sobre o Toledo. No grupo B nada mudou para o Prudentópolis: O time segue na lanterna com apenas dois pontos conquistados.

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

PARANÁ: 1. Thiago Rodrigues; 2. Alemão, 3. Charles, 4. Neris e 6. Mansur; 5. Leandro Vilela, 8. Zezinho e 10. João Paulo; 7. Lucas Fernandes (20. Matheus Pereira), 11. Diego e 9. Thiago Santos (17. Felipe Augusto). Técnico: Wagner Lopes.

PRUDENTÓPOLIS: 1. Adilson; 15. Nei, 17. João Paulo, 2. Salazar e 6. Edu Pina; 18. Welton, 8. Cícero, 16. Lucas Machado e 7. Mateus (19. Jefferson Paulista); 20. Danilo Medeiros e 11. Safira (10. Kairo). Técnico: Júlio Sérgio.

FICHA TÉCNICA – PARANÁ 3 X 0 PRUDENTÓPOLIS XXXXXXXXXXXXXXXX

GOLS: Thiago Santos, aos 45’ do 1ºT; João Paulo a 1’ e Zezinho aos 9' do 2ºT (Paraná).
CA: Mansur e Zezinho (Paraná); Edu Pina, Safira e Lucas Machado (Prudentópolis).
ARBITRAGEM: Gustavo Nogas.
ASSISTENTES: Alexsandro Euzébio da Silva (1) e Roberto Rivelino dos Santos (2).
PÚBLICO: 2.686 pagantes, 3.292 total.
RENDA: R$ 60.380 mil.


Tecnologia do Blogger.