PROPAGANDA

Paraná Clube perde para o Sampaio Corrêa e está eliminado da Copa do Brasil

Foto: Assessoria de Imprensa do Sampaio Corrêa

Sampaio Corrêa e Paraná Clube jogaram na noite desta quinta-feira (22) no Estádio Castelão, em partida válida pela segunda fase da Copa do Brasil de 2018. Ainda com a ressaca da eliminação do estadual e sem treinador efetivo, o Paraná Clube não teve força para superar o time nordestino, que venceu por 1 a 0, e com a derrota está eliminado da Copa do Brasil.


#COPA DO BRASIL
Por @rafaelbuiar

PRÉ-JOGO: A equipe do Paraná Clube aposta todas as suas fichas neste embate da segunda fase da Copa do Brasil para buscar a recuperação, já que foi eliminada na Taça Dionísio Filho e demitiu o treinador Wagner Lopes. Mais uma eliminação precoce será uma catástrofe. Na fase anterior, o Paraná Clube empatou como URT no último minuto. Do outro lado, a equipe do Sampaio Corrêa está em momento diferente. O time da Bolívia querida é líder no estadual e está com ótima campanha na Copa Nordeste. Na fase anterior, Tubarão eliminou o Independente-PA por um placar de 1 a 0.

PRIMEIRO TEMPO: O embate iniciou com a equipe da casa tendo mais posse de bola. O camisa 10 do Sampaio Corrêa foi o jogador mais acionado e menos de 5’, Marlon levantou a bola na área. Mas o sistema defensivo do Tricolor afastou o perigo. A pressão do time do Maranhão continuou na sequência e com bola levantada na área, o que resultou em escanteio. Mas sem sucesso. Aos poucos o time do Paraná Clube procurou mais o jogo, mas a criação não conseguiu furar o bloqueio do time da casa, com 15’. O primeiro arremate da equipe paranaense aconteceu aos 19’, mas com um chute fraco de Zezinho.

Passados dos 25’, a equipe do Paraná Clube não conseguiu evoluir o seu sistema de jogo e chegou pouco a meta do goleiro Andrey. Já do outro lado, o time da Bolívia querida assustou duas vezes. A primeira foi com ótima trama de Rodrigo Fumaça que fez a limpa nos adversários e deixou Uilliam em ótima posição, mas a atacante perdeu ótima oportunidade. Minutos depois, Junio Rocha recebeu no flanco direito e arriscou ainda na intermediária. A bola saiu pelo lado do gol do Thiago Rodrigues.

Nos minutos finais, o ritmo do jogo persistiu da mesma maneira. Em raros momentos, o time visitante optou em jogadas de contra-ataque. Sem sucesso.  Do outro lado, a equipe da casa chegou com perigo pelo menos duas vezes. Fumaça e Marlon foram os principais articulares da equipe do Maranhão, mas nada que alterasse o placar na primeira etapa.

SEGUNDO TEMPO: A etapa complementar retornou com os mesmos jogadores que terminaram o primeiro tempo. Logo no primeiro minuto de jogo, a equipe do Sampaio Corrêa já arrematou a meta do goleiro Thiago Rodrigues. Mas do outro lado, o time do Paraná Clube respondeu com uma cabeçada firme, que passou próximo a meta do goleiro Andrey do Tubarão. Em poucos minutos já foi nítido que o jogo foi mais movimentado.

Mas o pique do Paraná Clube não durou por muito tempo, pois o escrete da casa melhorou e aumentou o volume de jogo com jogadas pelos flancos. Aos 15’, o zagueiro Márcio salvou duas vezes, após o goleiro Thiago Rodrigue estar “vendido” no lance. Minutos depois, o atacante Uiliam de frente para o gol, depois do passe de Marlon, fez ótima defesa e novamente Márcio afastou o perigo.

Mas foi inevitável e não demorou muito para o time da casa abrir o placar no Castelão. Após trama do time do Sampaio Corrêa, Marlon arrematou e segundo o árbitro, a bola bateu na mão Wesley Dias e dentro da área. Uiulliam cobrou e converteu aos 27’ do 2ºtempo. Minutos depois, o mesmo Uiulliam quase ampliou o placar, como jogada pelo flanco, que acabou com o camisa 9 do Tubarão se esticando todo e quase surpreendendo o goleiro Thiago Rodrigues.

Com o placar a favor do Sampaio Corrêa, o treinador da equipe do Paraná promoveu algumas alterações. Carlos Eduardo entrou e arrematou duas vezes. Desta vez, o goleiro Andrey teve que trabalhar para evitar o gol de empate. Os minutos finais foi do time paranaense como mais volume de jogo, mas também com o time do Sampaio Corrêa bem postado defensivamente. O time do Maranhão perdeu referência após saída de Fumaça, mesmo assim o Paraná Clube não conseguiu chegar a meta do goleiro Andrey e o placar seguiu até os 48’ da etapa complementar com 1 a 0 para o time da casa.

PRÓXIMO JOGO: Com este resultado, a equipe do Paraná Clube está eliminada da Copa do Brasil. Mas retorna a campo somente em março e no estadual diante o escrete do Cianorte, no Estádio Albino Turbay. Enquanto que o Sampaio Corrêa irá desafiar na Copa do Brasil na próxima quarta-feira (28) contra a Ponte Preta e no domingo (25) contra o Maranhão. 

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

SAMPAIO CORRÊA: 42 Andrey; 2 Junior Rocha, 4 Maracas, 3 Joécio e 6 Kaike (Cesar Sampaio); 5 Silva, 8 Fernando Sobral, 7 Iury e 10 Marlon (19 Bruno de Moura); 11 Fumaça (22 Fumaça) e 9 Uilliam. TEC. Francisco Diá

PARANÁ: 1 Thiago Rodrigues; 2 Júnior (18 Carlos Eduardo), 3 Charles, 4 Márcio e 6 Mansur; 5 Leandro Vilela (15 Báez), 8 Wesley Dias e 10 Zezinho; 7 Lucas Fernandes (Rodrigo Carioca), 11 Diego e 9 Zé Carlos. TEC. Ademir Fesan

FICHA TÉCNICA – SAMPAIO CORRÊA X PARANÁ CLUBE XXXX

GOLS: Uiulliam aos 27’ do 2ºtempo (Sampaio Corrêa)
CA: Zé Carlos e Néris, Júnior (Paraná Clube) e Andrey (Sampaio Corrêa)
ÁRBITRO: Emerson de Almeida Ferreira.
ASSISTENTES: Ricardo Junio de Souza e Felipe Alan Costa de Oliveira.
LOCAL: Estádio Castelão, Maranhão.



Tecnologia do Blogger.