PROPAGANDA

Londrina joga mal, mas busca empate com K9 após erro da zaga do Cianorte

 Gustavo Oliveira / Londrina
As equipes de Londrina e Cianorte se enfrentaram na tarde deste domingo (04) no Estádio do Café, em confronto válido pela quarta rodada da Taça Dionísio Filho. O Leão do Vale saiu na frente ainda no primeiro tempo e conseguiu se fechar bem, anulando a equipe do Londrina. Mas o Tubarão só teve forças para  ficar em igualdade no placar, com a falha do sistema defensivo do Leão do Vale do Ivaí. Mesmo com o resultado de 1 a 1, a equipe do Londrina ainda se manteve na zona de classificação. 


#PARANAENSE 2018
Por Vinicius Eira

PRÉ-JOGO: Londrina e Cianorte se encontraram hoje com retrospectos iguais: 1 vitória e 2 empates, com 5 gols feitos e 3 sofridos. A única diferença é que o Leão era líder do grupo A e o Tubarão vice-líder do grupo B; e ambos os times entraram em campo focados em melhorar as estatísticas.

PRIMEITO TEMPO: O Londrina encontrou extrema dificuldade para criar na primeira etapa. Com um Cianorte muito bem postado na defesa, e atuações ruins de seus homens de armação, o Tubarão errou muitos passes e pouquíssimas vezes chegou com perigo a meta defendida pelo o goleiro Silvio.

Por outro lado, o Cianorte encontrava muitos espaços pelas pontas de seu ataque, e logo aos 8’ do primeiro encontrou o caminho do gol. André Luis (ex Santa Cruz e uma das principais contratações do clube pra temporada) recebeu no lado direito nas costas do lateral Felipe, cruzou rasteiro e fraquinho na marca do pênalti, mas encontrou o atacante Robert, que bateu cruzado e venceu o goleiro Cesar. 1x0 Cianorte.

Após o gol, o Leão ficou mais tranquilo e conseguiu dominar o meio do campo. Entretanto só chegou ao ataque mais uma vez, em lançamento do lateral Gerômino nas costas da zaga londrinense, Xavier recebeu e bateu cruzado para boa defesa do goleiro Cesar. Já o Londrina passou a procurar bolas longas pelas pontas, ou tiros de longa distância. Keirrison isolado, praticamente não tocou na bola. Apenas nos acréscimos o goleiro Silvio do Cianorte foi obrigado a fazer uma boa intervenção em falta cobrada de longe por Matheuzinho.

SEGUNDO TEMPO: Para a segunda etapa, o técnico Ricardinho colocou o ponta Wesley e o atacante Miullen – destaque do Londrina na Copinha – e o Tubarão conseguiu criar com mais facilidade. Com muita troca de passe e jogadas individuais de seus pontas o time mandante começou a ensaiar algumas jogadas de gol. Até que aos 20’ do segundo, Wesley recebe na ponta, cruza rasteiro, o zagueiro Felipe Gabriel fura e a bola sobra para Keirrison que não perdoa e empata para o Londrina. 1 a 1.

O Cianorte, até aquele momento, só havia levado perigo uma vez em jogada de Xavier, que dividiu com o goleiro e levou César ao solo. Após o gol o Londrina cresceu, e até buscou algumas jogadas, principalmente com Wesley pela ponta esquerda, e Matheuzinho que subia com muito perigo pela lateral direita.

No fim brilhou a estrela do goleiro londrinense. Primeiro em bola recuperada pelo lateral Felipe Ramon, que avançou desde o campo de defesa e da intermediária chutou muito forte para defesaça de Cesar. Após o escanteio a bola sobrou com o mesmo Felipe Ramon que lançou na medida para o seu chara Felipe Gabriel – que já tinha sido vilão na partida, o zagueiro cabeceou firme no canto, mas o arqueiro londrinense se esticou e fez a defesa. O Londrina até tentou no fim, mas não conseguiu buscar a virada.

PRÓXIMA PARTIDA: O Londrina recebe o Coxa, que perdeu o Atletiba e está fora da zona de classificação para a seminal da primeira taça. Já o Cianorte enfrenta o ABC-RN, no Albino Turbay, pela Copa do Brasil. O time de Natal é vice-líder do campeonato potiguar com 4 vitórias e 1 derrota até aqui, e joga pelo o empate para se classificar para a segunda fase da competição.

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

LONDRINA: 1 Cesar; 2 Matheuzinho, 3 Dirceu, 4 Luizão, 6 Felipe; 8 Germano, 5 Rômulo, 7 Thiago Primão (21 Miullen), 10 Rodrigo Figueiredo; 11 Gustavo Tocantins (19 Wesley) e 9 Keirrison (17 Italo). TEC. Ricardinho

CIANORTE: 1 Silvio; 2 Geronimo, 3 Montoya (13 Felipe Gabriel), 4 Marcão, 6 Felipe Ramon; 5 Sidnei, 8 Carrilho, 7 Maikinho (20 Richarlyson), 10 Xavier, 11 André Luiz; 9 Robert (18 Murilo) TEC. M. Caranhato

FICHA TÉCNICA – LONDRINA 1 X 1 CIANORTE XXXXXXXXXXXXXXX

Gols: 8’ 1T: Robert (Cianorte) / 21’ 2T: Keirrison (Londrina)
CA: Matheuzinho, Dirceu, Rômulo e Rodrigo Figueiredo (Londrina) / Sidnei, Xavier e André Luis (Cianorte)
Árbitro: Elvio Kertelt Legnani
Assistentes: Diego Grubba Schitkovski e Paulo Gustavo Rivelini
Local: Estádio do Café, Londrina

Publico e renda: Público pagante: 1.702 / Público total: 1.955 / Renda: R$ 36.246,00


Tecnologia do Blogger.