PROPAGANDA

De virada, São Joseense vence o Andraus e mantém 100% na Divisão de Acesso


Na tarde do último domingo (18), o Estádio Atílio Gionedis recebeu o duelo de dois opostos da Divisão de Acesso. De um lado o Andraus, que não havia vencido na competição. De outro o São Joseense, que havia vencido todos os seus compromissos. Após um primeiro tempo muito disputado, os donos da casa abriram o placar com Paulinho no início da segunda etapa. O Gigante da Pedreira queria garantir logo a primeira vitória no certame e segurou muito o jogo, o que trouxe mais o adversário para o campo de ataque. O Tricolor aproveitou e foi com tudo para cima, conseguindo a virada nos pés de Lucas Marques e Sotto, fechando o placar em 2 a 1 e se mantendo na liderança junto com o Operário.

#DIVISÃO DE ACESSO 
Por Gabriel Sawaf

PRÉ-JOGO – A terceira rodada da Segunda Divisão marcou o confronto de lanterna contra líder. O Andraus recebeu o São Joseense no Atílio Gionedis buscando a reabilitação na competição após duas derrotas nas primeiras rodadas. A destaque da escalação do Gigante da Pedreira era Song, o coreano que começou pela primeira vez de titular do time de Campo Largo. Já o Tricolor vinha em cenário, oposto, vencendo seus dois primeiros duelos. O time de São José vinha com apenas uma mudança: a entrada de Willian no lugar de Evertinho.

PRIMEIRO TEMPO -  A partida começou movimentada, com os dois times buscando o campo de ataque o tempo todo, o que fez com que o jogo não fosse controlado por uma das equipes. O Andraus arriscava mais suas jogadas pelas laterais, enquanto o São Joseense jogava pelo meio, mas nenhum dos dois escretes levou perigo nos minutos iniciais.

As primeiras chances apareceram no segundo terço da etapa inicial, com duelo de quem chegava mais. Aos 16’ Paulo Victor recebeu na área e chutou rasteiro para fora. Dois minutos depois o Andraus deu resposta dois minutos depois, após cobrança de falta Pedro Henrique ajeitou pra Cleverson que, na linha pequena área, chutou em cima de Carlinhos. O São Joseense assustou novamente aos 20’, quando Lucy bateu falta da entrada da área no travessão. Os donos da casa voltaram a assustar aos 27’, quando Cleverson interferiu em saída de bola do adversário, tocou para Lineker que chutou de fora da área para defesa tranquila de Carlinhos.

A partida ficou nervosa, com lances mais duros e os primeiros amarelos apareceram. Na prancheta o São Joseense conseguiu dominar mais o embate e criou algumas oportunidades. A melhor dela foi aos 38’, quando Paulo Victor aproveitou sobra na entrada da área e chutou para linda defesa de Ravel. Sem mais chances, o placar se encerrou zerado na primeira parte do confronto.

O primeiro tempo foi muito disputado, com chances para os dois lados (Foto: Dudu Nobre/Agência DRAP)
SEGUNDO TEMPO – O segundo tempo começou equilibrado como no primeiro. 
Só que o Andraus sobre aproveitar melhor o seu momento. A equipe do São Joseense estava no ataque e reclamou de pênalti. Lineker aproveitou para sair jogando e lançou Paulinho, que saiu na cara do gol e tocou colocado, abrindo o marcador do Atilio Gionedis. No lance seguinte um dos lances mais bizarros no campeonato. Após cruzamento na área, Paulo Victor colocou a mão na bola. O árbitro se confundiu e marcou pênalti para o Tricolor, mas voltou atrás após consultar o auxiliar.

Com o placar negativo, o treinador Ageu foi obrigado a mexer no time, colocando Ardley no lugar de Jader. Kokan também alterou no seu time, botando Hudson na vaga de Alberto. Nas quatro linhas o São Joseense se mostrava nervoso. Em duas oportunidades seguidas, aos 14’ e aos 16’, Lucas Marques e Pedro Victor, respectivamente, se precipitaram e isolaram a chance de empatar. O embate ficou ainda mais quente, o Gigante da Pedreira segurava o jogo como dava, com os atletas caindo por muitos momentos. Ageu notou que sua equipe não melhorou no duelo e colocou Eric na vaga de Stefan. Logo depois a alteração, aos 27’ a bola sobrou para Paulo Victor que, na entrada da pequena área, carimbou o travessão.

O São Joseense pressionava e foi premiado aos 30 minutos. Willian inverteu a jogada para Ardley na linha de fundo. O meia levantou a cabeça e cruzou para Lucas Marques, que chegou escorando no meio da área para o fundo das redes. 
O empate animou ainda mais o jogo e provocou novas mudanças. Zé entrou no lugar de Lucy, que estava machucado, enquanto Kokan colocou Giovani no lugar de Hudson, que tinha entrado na segunda etapa. Os visitantes pressionaram mais em busca da virada. Aos 38’ Willian chutou colocado de fora da área e Ravel fez boa defesa. No minuto seguinte Paulo Victor tentou de cruzar e Yan meteu a mão na bola dentro da área, pênalti. Sotto bateu no alto, colocado, sem chances para Ravel e virou o marcador. Com a virada quem ficou nervoso foi o Andraus, e ainda deu tempo de Felipe Alves fazer falta violenta no goleiro Carlinhos e ser expulso.

Agora o São Joseense busca manter o 100% de aproveitamento na competição frente ao PSTC, no Estádio do Pinhão. Já o Andraus viaja até o interior para enfrentar o Paranavaí e ver se deixa a lanterna.

Lucas Marques foi quem inaugurou a reação do São Joseense (Foto: Dudu Nobre/Agência DRAP

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

ANDRAUS: 1. Ravel; 2. Yan, 3. Marcio, 4. Pedro Henrique e 6. Thomas; 5. Park, 8. Cleverson e 10. Lineker; 7. Alberto (15. Hudson) (13. Giovani), 9. Flavio (16. Felipe Alves) e 11. Paulinho. Técnico: Kokan.

SÃO JOSEENSE: 1. Carlinho; 2. Lucas Marques, 3. Hudson, 4. João e 6. Stefan (17. Eric); 5. Jader (18. Ardley), 8. Sotto e 10. Lucy (15. Zé); 7. Wilian, 9. Lucy e 11. Evandro. Técnico: Ageu.

FICHA TÉCNICA – ANDRAUS 1 X 2 SÃO JOSEENSE XXXXXXXXXXXXXXXX

ARBITRAGEM: Rafael Vinicius Moura de Oliveira.
ASSISTENTES: Luis Henrique Campenhari (1) e Danilo Padilha Porse (2).
GOLS: Paulinho, aos 6’ do 2ºT (Andraus); Lucas Marques, aos 30’ e Sotto, aos 41’ do 2º T (São Joseense).
CARTÕES AMARELOS: Cleverson, Alberto e Marcio (Andraus); Jader (São Joseense).
CARTÃO VERMELHO: Felipe Alves (Andraus)




Tecnologia do Blogger.