PROPAGANDA

Coritiba é pressionado no Serra Dourada e perde para o Goiás

Foto: Assessoria do Coritiba
Goiás e Coritiba jogaram na noite desta quarta-feira (28) no Estádio Serra Dourada, válido pelo jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil de 2018. Com mais volume de jogo, a equipe do Goiás impôs o seu ritmo e marcou somente no início da segunda etapa, enquanto que o Coritiba teve dificuldade de furar o bloqueio e quando teve chance, desperdiçou. Com a derrota de 1 a 0, a equipe do Coritiba terá que vencer por dois gols de diferença para seguir direto para próxima fase ou por um gol, para pelo menos levar a decisão às penalidades.

#COPA DO BRASIL
Por @rafaelbuiar

PRÉ-JOGO: Após a conquista da Taça Dionísio Filho no último domingo (25), o time do Coritiba fixa a sua atenção para Copa do Brasil. O treinador Sandro Forner entrou com mudanças, em relação ao último jogo. João Paulo e Benitez retornaram ao time titular, já que Vitor Carvalho e Moser não estão disponível para o treinador Sandro Forner. A equipe do Goiás, líder no estadual, venceu na fase anterior da Copa do Brasil nas penalidades o escrete do Boa Esporte.

PRIMEIRO TEMPO: A equipe da casa não quis se intimidar e tomou a iniciativa do jogo. Em menos de 5’, duas tentativas perigosas e que quase surpreendeu o time do Coritiba. Na primeira oportunidade, Wilson fez ótima defesa após cruzamento de Caíque Sá, mas o arremate acabou indo à meta do arqueiro coxa-branca e por pouco não entrou. A segunda também foi um arremate, mas desta vez ocorreu após a saída errada do goleiro Wilson, mas sem sucesso. Com 5’, o time do Coritiba respondeu. Guilherme Paredes quase abriu o placar para o escrete visitante, após ligação direta do sistema defensivo. O camisa 77 dominou e tirou do zagueiro, antes de finalizar a meta do arqueiro Marcelo Rangel.

Minutos depois, o jogo persistiu com o time casa tendo mais posse de bola e persistindo em bolas cruzadas na área alviverde paranaense. Enquanto que o sistema defensivo do Coritiba se postou bem defensivamente e dificultou a criação do Goiás. Mas em raros momentos, o atacante Carlos Eduardo conseguiu furar e arrematar. Em uma delas, o atacante dominou dentro da área e chutou. Mas a zaga aliviou e desviou para a linha de fundo. Com 23’, novamente Carlos Eduardo recebeu no lado direito e chamou o zagueiro do Coxa para bailar e arrematou firme. Mas Wilson fez ótima defesa e jogou para escanteio.

Foto: Assessoria do Coritiba
Passados da metade da primeira etapa, em jogada de contra-ataque, cruzamento Benintez, Guilherme Paredes dominou e tocou na área para o volante Rush, que arrematou firme. A bola passou pelo goleiro Marcelo Rangel, mas não pelo lateral do Goiás. Com 30’, em mais uma jogada pelo flanco e nos pés de Guilherme Paredes, o time do Coritiba teve outra oportunidade. Mas novamente a zaga do Goiás travou o ataque do time paranaense. Aos 35’, o time do Goiás chegou a marcar o gol. Mas o assistente assinalou impedimento e teve pouca reclamação dos jogadores. Mas por outro lado, o gol anulado deu gás para o time da casa, que passou a pressionar a meta do arqueiro Wilson. Desta vez, Caíque Sá arrematou em diagonal e Wilson fez novamente outra defesa importante, afastando o perigo. Minutos depois, David Duarte recebeu cruzamento sozinho dentro da área e cabeceou firme, passando perto da meta de Wilson. A pressão do time da casa não foi o suficiente para inaugurar o placar na primeira etapa.

SEGUNDO TEMPO: A etapa complementar voltou com os mesmos jogadores que terminaram a etapa anterior. Mas com bola rolando, a equipe do Goiás já teve oportunidade de marcar no primeiro minuto da segunda etapa e com lance de bola parada. Em cobrança de escanteio, Madison desviou e Carlos Eduardo, sozinho, perdeu a chance de abrir o placar. Minutos depois, em ótima trama, o time do Coritiba conseguiu criar a primeira jogada e que resultou no primeiro escanteio a equipe visitante, mas sem sucesso.

Não deu outra, pressionando o time do Coritiba, o escrete do Goiás conseguiu furar o bloqueio. Maranhão passou na medida para o lateral Jefferson chutar firme e alto na saída do goleiro Wilson, que nada pode fazer para evitar o primeiro gol da equipe do Goiás, aos 8’ da etapa complementar. Atrás do placar, a equipe do Coritiba saiu para o jogo e com isso ficou mais exposto, para as jogadas de contra-ataque. Período em que o jogo ficou mais nervoso e com várias faltas. Aos 17’ da etapa complementar, o time do Coritiba quase empatou com ótima jogada individual de Iago Dias, que escapou do zagueiro Brock e tocou para Guilherme Parede. O camisa 77, sozinho, desperdiçou a chance criada pelo time do Coritiba, aos 17' do 2º tempo.

Aos 26’, o Coritiba tirou o grito de UH da torcida. Rush cobrou o escanteio, Léo Andrade subiu mais alto que sistema defensivo e por pouco não empatou no Serra Dourada. Passados dos 30’, o treinador do Coritiba fez duas alterações. Sacou Alecsandro e Thiago Lopes, para a entrada de Evandro e Pablo. Após o troca-troca, o time do Coritiba passou a ter mais posse de bola, mas o escrete do Goiás fez forte marcação e dificultou a vida do meio de campo alviverde. Ou seja, sem poder ofensivo para empatar, a equipe do Coritiba não conseguiu marcar mesmo com 3’ de acréscimo.

Foto: Assessoria do Coritiba
PRÓXIMO JOGO: A equipe do Coritiba irá jogar neste domingo (4) no Estádio Couto Pereira com o escrete do Maringá, válido pela primeira rodada da Taça Caio Jr. Enquanto que o time do Goiás joga na quarta-feira (7) em casa contra o Anapolina.

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

GOIÁS: 1 Marcelo Rangel; 2 Caique, 3 David, 4 Brock e 6 Jefferson; 5 Madison, 8 Léo Sena e 10 Giovani; 11 Maranhão (18 Felipe Garcia), 7 Carlos Eduardo e 9 Lucão. TEC. Hélio dos Anjos

CORITIBA: 84 Wilson; 2 César Benítez, 3 Thalisson Kelven, 4 Romércio e 6 Léo Andrade; 31 João Paulo (30 Simião); 8 Julio Rusch, 37 Thiago Lopes (92 Pablo), 7 Iago Dias e 77 Guilherme Parede; 9 Alecsandro (17 Evandro). TEC. Sandro Forner

FICHA TÉCNICA – GOIÁS 1 X 0 CORITIBA XXXXXXXXXXXXXXXX

GOLS: Jefferson aos 8’ do 2ºtempo (Goiás)
CA: Léo Andrade, Simião e Rush (Coritiba) | Giovanni e Madison (Goiás)
ÁRBITRO: Caio Max Augusto Vieira
ASSISTENTES: Flavio Gomes Barroca e Vinicius Melo de Lima
LOCAL: Estádio Serra Dourada, em Goiana.
PÚBLICO: 15.267 pagantes/17.556 presentes



Tecnologia do Blogger.