PROPAGANDA

Com um a menos, Londrina desperdiça chances e perde para o Coritiba


Foto: Assessoria de Imprensa do Coritiba
Neste sábado (10), o Londrina perdeu para o Coritiba pelo placar de 3 a 0 no Estádio do Café, em partida válida pela 5ª rodada do Paranaense. A equipe do Tubarão até que criou boas oportunidades, mas não conseguiu superar o Coxa. Guilherme Parede, Júlio Rusch e Thiago Lopes marcaram para o time da capital.

#PARANAENSE 2018

Por Daniel Muniz
PRÉ-JOGO: O Londrina, vice-líder do Grupo B com 6 pontos, teve uma semana sem jogos e busca a vitória para encaminhar a classificação às semifinais da Taça Dionísio Filho. O Coritiba garantiu, na última quarta (7), a classificação na Copa do Brasil e agora volta a pensar no estadual. O Coxa, quarto colocado do Grupo A com 5 pontos, quer um resultado positivo para subir na tabela.

PRIMEIRO TEMPO: O primeiro tempo começou com o Londrina controlando a posse de bola, enquanto o Coritiba tentou pressionar e explorar os contra-ataques. Inicialmente, os dois times adotaram uma postura cautelosa, preferindo os passes curtos aos lançamentos. O Coritiba abriu o placar aos 17 minutos em um contra-ataque. Marcos Moser recebeu a bola, disparou pelo lado direito e cruzou rasteiro para o meio da área. Guilherme Parede, livre, chutou de primeira e balançou as redes. Coritiba 1 a 0.

O Tubarão, com muitas dificuldades na criação, teve suas principais chances nas bolas paradas. Aos 22 minutos, Matheuzinho, em cobrança de falta, chutou com força e a bola passou perto do gol de Wilson. Aos 25 mais uma falta para o Londrina e, em jogada ensaiada, Thiago Primão, do lado esquerdo do campo, tocou para Germano que, no meio da área, chutou. Mas a defesa do Coxa conseguiu desviar para escanteio.

Após o gol, o Coritiba recuou o time e apostou na forte marcação, que atrapalhou a troca de passes alviceleste. Ricardinho, insatisfeito com o desempenho do time, fez duas alterações ainda na etapa inicial. Miullen entrou no lugar de Gustavo Tocantins e Wesley substituiu Thiago Primão. O troca-troca até que deu resultado. Aos 36 minutos, Rômulo driblou o marcador e arriscou de fora de área, mas a bola passou à esquerda do gol.

Nos minutos finais, em mais um contra-ataque, Guilherme Parede infiltrou pela esquerda e chutou. Mas o goleiro César conseguiu jogar para escanteio. Aos 43, Matheuzinho tentou o gol olímpico, mas Wilson estava atento e afastou o perigo. A primeira etapa da partida terminou com o Londrina tentando igualar o placar, mas esbarrando na marcação do Coxa, que conseguiu segurar a vantagem até o intervalo.


Foto: Jeferson Macedo / Agência  DRAP
SEGUNDO TEMPO: O segundo tempo começou movimentado, com o Tubarão tendo uma chance clara de gol logo aos 2 minutos. Matheuzinho cobrou arremesso lateral na área adversária, a bola sobrou para Rodrigo Figueiredo que, na cara do gol, chutou fraco. Wilson conseguiu defender sem maiores dificuldades. No minuto seguinte, Wilson deu um chutão e bola sobrou para Guilherme Parede que aproveitou a desatenção da defesa do Londrina e ficou cara a cara com César. O goleiro alviceleste saiu da área e tentou dividir com o ponta do Coritiba, mas acabou fazendo falta. O árbitro Fabio Filipus não titubeou e expulsou o arqueiro do Londrina.


Na cobrança da falta, aos 5 minutos, Júlio Rusch cobrou com maestria no ângulo esquerdo, sem chances para o goleiro Alan que tinha acabado de entrar. Coritiba 2 a 0. Apesar da desvantagem numérica, o Tubarão continuou pressionando e teve mais oportunidades para tentar reverter o placar. Aos 8 minutos, Matheuzinho cobrou escanteio e Luizão cabeceou mas Wilson conseguiu espalmar para fora. No minuto seguinte, Felipe foi até a linha de fundo e cruzou para Miullen que, de voleio, arriscou e a bola passou perto da trave esquerda do gol Coxa-branca.

Aos 14 minutos, Dirceu chutou de longe, a bola desviou e passou perto do gol. Aos 19 minutos, em mais um arremesso lateral de Matheuzinho, Luizão desviou mas a bola foi para fora. Quando o Tubarão estava melhor no jogo veio o 3º gol do Coritiba. Aos 20 minutos, Thiago Lopes fez bela jogada pelo meio, entrou na área e tocou no canto esquerdo do gol. Coritiba 3 a 0. Após o gol de Thiago Lopes, o Londrina não conseguiu encontrar forças para reagir e coube ao Coritiba controlar a posse de bola e administrar o resultado até o fim da partida.

Foto: Jeferson Macedo / Agência  DRAP

PRÓXIMA PARTIDA: O Londrina enfrenta, na próxima quarta (14), o Cascavel. O Tubarão permanece na 2ª colocação do Grupo B com 6 pontos. Também na quarta, o Coritiba, que subiu ao 3º lugar do Grupo A com 8 pontos, enfrenta o Toledo no Estádio 14 de Dezembro.


OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

LONDRINA: 1. César, 2. Matheuzinho, 3. Dirceu, 4. Luizão, 6. Felipe; 8. Germano, 5. Rômulo, 10. Rodrigo Figueiredo (12. Alan); 7. Thiago Primão (18. Wesley), 11. Gustavo Tocantins (21. Miullen), 9. Carlos Henrique. TEC: Ricardinho

CORITIBA: 84. Wilson, 22. Marcos Moser, 3. Thalisson Kevin, 4. Romérico, 66. William Matheus; 5. Vitor Carvalho, 8. Júlio Rusch, 37. Thiago Lopes; 7. Iago Dias (31. João Paulo), 77. Guilherme Parede (27. Kady), 83. Kleber (9. Alecsandro). TEC: Sandro Forner

FICHA TÉCNICA – LONDRINA 0 X 3 CORITIBA XXXXXXXXXXX

Gols: Guilherme Parede, aos 17 minutos do primeiro tempo. Júlio Rusch, aos 5 minutos, e Thiago Lopes, aos 20 minutos do segundo tempo.
Cartões Amarelos: Luizão (Londrina) e Iago Dias (Coritiba)
Cartões Vermelhos: César (Londrina)
Árbitro: Fabio Filipus.
Assistentes: Victor Hugo Imazu dos Santos e Flávio Augusto Alves.
Local: Estádio do Café, em Londrina.




Powered by Blogger.