PROPAGANDA

Alemão marca um golaço no fim, e Paraná Clube avança na Copa do Brasil com um empate diante da URT


O ano não começou bem para o Tricolor. Mas apesar de ainda não ter vencido em 2018, o torcedor teve pelo menos um bom motivo para comemorar. Depois de ficar atrás do placar por quase toda a partida contra a URT, o Paraná Clube encontrou um gol aos 45 minutos do 2º tempo com o lateral Alemão, que acertou um belo chute de fora da área para classificar o time paranista para a próxima fase da Copa do Brasil.

#CopaDoBrasil
Por Yuri Casari

Pré-jogo: Ainda sem vencer no ano, o Paraná Clube precisava dar uma resposta para a torcida contra a URT, em Patos de Minas, pela segunda fase da Copa do Brasil. Em jogo único eliminatório, um empate já seria o suficiente para a classificação paranista.

Primeiro tempo: Com apenas quatro minutos de jogo a URT balançou as redes do Tricolor. Após investida da União Recreativa dos Trabalhadores, a bola sobrou para Ewerton Maradona, que chutou forte e marcou um golaço. O clube mineiro se mostrou maduro e bem entrosado, pressionando a saída do Paraná e articulando as jogadas de maneira muito mais efetiva. O xará de Diego Armando, além do gol, ia sendo o principal destaque do jogo na primeira etapa.

O Paraná seguiu tendo muita dificuldade para jogar no acanhado estádio Zama Maciel. O Tricolor só ficou perto de marcar já nos minutos finais. Aos 42, Zé Carlos recebeu bom passe na entrada da área, mas chutou muito forte e a bola viajou por cima do gol. Na sequência, Zezinho também finalizou para fora. O time paranaense até ensaiou uma pressão nos acréscimos mas não conseguiu furar o bloqueio da defesa.

Segundo tempo: A bola voltou a rolar e novamente o URT partiu para cima para tentar buscar o segundo gol o mais rápido possível. Aos 3 minutos, Felipe Alves perdeu grande oportunidade, se atrapalhando ao cabecear a bola na pequena área. Sem aproveitar, a URT acabou dando espaço para o Paraná, que quase marcou em belo chute de Zezinho, que Carlão espalmou.

Foi aí que o Tricolor ganhou terreno e passou a dominar o jogo, enquanto a URT optou por tentar segurar o resultado e não se arriscar pelo segundo gol, que fatalmente garantiria a classificação. O Paraná rondou a área adversária por todo o tempo até conseguir o precioso tento. Com 90 minutos totalizados, a bola sobrou para Alemão fora da área. O lateral direito ajeitou a pelota e acertou um chute de raríssima felicidade, no ângulo do goleiro Carlão. Explosão paranista e decepção mineira. Sem forças para reagir, a URT ainda quase sofreu a virada, mas Zé Carlos desperdiçou e com o apito final, o Paraná conquistou a classificação após muito suor.

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

URT: Carlão, Carlinhos, Rodolfo, Victor Sallinas e ewerton Maradona (Dão); Douglas Maia, Jô, Bruninho (Thiago Pereira) e Eduardo Ramos (Diogo Orlando); Raphael Macena e Felipe Alves. T: Rodrigo Santana.

PARANÁ: Thiago Rodrigues, Alemão, Charles, Neris e Mansur; Leandro Viela (Gabriel Pires), Wesley (Vitor Feijão), Zezinho e João Paulo (Lucas Fernandes); Felipe Augusto e Zé Carlos. T: Wagner Lopes.

FICHA TÉCNICA – URT 1x1 PARANÁ CLUBE XXXXXXXXXXX

ARBITRAGEM: Eduardo Tomaz de Aquino Valadão.
ASSISTENTES: Márcio Soares Maciel e Edson Antonio de Sousa.
GOLS: Ewerton Maradona, aos 4 do 1º tempo e Alemão, aos 46 do 2º tempo.
CARTÕES AMARELOS: Douglas Maia e Bruninho (URT); Leandro Vilela e Zé Carlos (PRC).


Tecnologia do Blogger.