PROPAGANDA

Londrina sai na frente, mas sofre empate do Foz do Iguaçu na estreia oficial de Ricardinho

Foto: Gustavo Oliveira / Londrina Esporte Clube
Na tarde deste domingo (21), o Londrina foi à fronteira encarar o Foz do Iguaçu pela primeira rodada do Campeonato Paranaense 2018. O Tubarão se viu na frente do placar duas vezes, com gols de Carlos Henrique e Anderson, mas o Foz do Iguaçu buscou o empate com Matheus Olavo e Felipe Augusto.

#PARANAENSE 2018
Por Daniel Muniz
PRÉ-JOGO: O Foz do Iguaçu apostou na manutenção do treinador Alan Aal e na contratação de um velho conhecido da torcida, o zagueiro Leandro Silva (que atuou pelo Azulão em 2015), para iniciar o Paranaense com o pé direito e sonhar com uma vaga na Série D. No Londrina, era o início da "Era Ricardinho". O novo treinador tem a difícil tarefa de substituir Cláudio Tencati e as expectativas não são baixas, o Tubarão é um dos postulantes ao título. Para isso, o comandante conta com o goleiro César, o volante Germano e o atacante Carlos Henrique, os três destaques do time na temporada passada.

PRIMEIRO TEMPO: O jogo começou com as duas equipes marcando forte e errando muitos passes. O Londrina sentia a falta de um meia armador e o Foz não conseguia explorar o seu camisa 10, Douglas, que foi deslocado para a ponta esquerda. Quando a partida não dava sinais de melhora, o Tubarão soube aproveitar uma falha do time da fronteira para abrir o placar aos 15 minutos.

Rômulo cruzou na área, o goleiro Júlio César conseguiu segurar a bola, mas acabou trombando com um jogador do seu próprio time, soltando a redonda nos pés de Carlos Henrique; o atacante cortou para a direita e tocou para o gol vazio, abrindo o placar para o time alviceleste.

Após o gol do Tubarão, o Foz começou a explorar os contra-ataques e teve a chance do empate com Ítalo aos 18', que recebeu cruzamento de Douglas mas acabou cabeceando para fora. No minuto seguinte, o gol apareceu: o meia Matheus Olavo arriscou de longe, a bola bateu no travessão e entrou no lado esquerdo da meta de César.

O Azulão seguiu nos contragolpes, mas teve dificuldades em concluir suas jogadas. Já o Londrina tinha mais posse de bola e retomou a dianteira do placar aos 39 minutos. Luizão inverteu para Gustavo Tocantins, que desviou para o meio da área; Anderson acertou a trave, mas não desperdiçou o rebote, 2 a 1 Tubarão.

Foto: Gustavo Oliveira / Londrina Esporte Clube
SEGUNDO TEMPO: O intervalo não alterou o ritmo do início do segundo tempo, muita marcação e pouca qualidade técnica. Nos primeiros 15 minutos, uma chance pra cada lado: aos 5’ Gustavo Tocantins chutou cruzado na área, mas a defesa do Foz conseguiu afastar o perigo; A resposta dos donos da casa veio após erro do zagueiro Dirceu, Douglas cruzou da ponta esquerda mas Luccas Brasil não conseguiu finalizar com precisão.

O Londrina mantinha uma posse de bola sem muita objetividade e foi castigado novamente aos 23 minutos. Douglas arriscou pela direita, César espalmou para o meio da área e Felipe Augusto deixou tudo igual no Estádio do ABC.

O time da casa se mostrava satisfeito com o empate, enquanto que o Tubarão buscava a vitória, mas não conseguia ser eficiente no ataque. A equipe sofreu com o mesmo problema do primeiro tempo: a falta de um meia que organizasse o jogo.

Com isso o jogo se encaminhou sem grandes mudanças até o apito final. No oeste do estado, Foz do Iguaçu 2 x 2 Londrina, estreia com gosto amargo para o torcedor alviceleste.

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

FOZ DO IGUAÇU: 1 Júlio César; 2 Paulinho, 3 Alex Maranhão, 4 Leandro Silva e 6 Erwin; 5 Maycon Canário, 7 André Oliveira, 8 Matheus Olavo (17 Guilherme Alves) e 10 Douglas (16 Léo Campos); 9 Luccas Brasil e 11 Ítalo (18. Felipe Augusto). Técnico: Alan Aal.

LONDRINA: 1 César; 2 Romisson, 3 Dirceu, 4 Luizão e 6 Lucas Áfrico; 5 Rômulo, 8 Germano, 7 Anderson Leite (16 Wesley) e 10 Marcinho (20 Thiago Primão); 11 Gustavo Tocantins e 9 Carlos Henrique (19 Keirrison). Técnico: Ricardinho.

FICHA TÉCNICA – FOZ DO IGUAÇU 2 X 2 LONDRINA XXXXXXXXXXXXXXX

GOLS: Matheus Olavo aos 19’ do 1° e Felipe Augusto aos 23’ do 2°T (Foz); Carlos Henrique aos 15’ e Anderson aos 39’ do 1°T (Londrina).
CA: Wesley e Luizão (Londrina).
ÁRBITRO: Fábio Filipus.
ASSISTENTES: Adair Carlos Mondini (1) e Lucas Prates Chiarello (2).


Tecnologia do Blogger.