PROPAGANDA

Londrina domina o jogo e vence o Maringá no Estádio do Café

Foto: Gustavo Oliveira/Londrina Esporte Clube

Em reedição da final de 2014, o Londrina derrotou Maringá na noite desta quinta (24), no Estádio do Café por 2 a 0. Os gols do Tubarão no Clássico do Café foram anotados por Germano e Luizão. O Tubarão chegou aos quatro pontos e deixou o rival zerado na lanterna da competição

#PARANAENSE
Por Daniel Muniz

 PRÉ-JOGO: O Londrina voltou de Foz de Iguaçu com um empate em sua estreia no Paranaense desse ano. Enquanto o Maringá perdeu para o Atlético na capital. Os dois times buscam a primeira vitória no campeonato e, para isso, apostam em seus atacantes: Carlos Henrique, pelo lado alviceleste, e Bruno Batata, pelo lado tricolor, ambos com um gol na competição.

PRIMEIRO TEMPO: Com três mudanças no time titular, o Londrina começou a partida pressionando o Maringá no campo de defesa. Mas, apesar da pressão alviceleste, quem criou as primeiras chances de gols foi o time visitante. Aos 5 minutos, o ponta Paulinho infiltrou pela direita e chutou para o gol, César espalmou e a bola voltou para o jogador maringaense que arriscou de novo mas a defesa do Tubarão conseguiu afastar o perigo. 

O campo molhado, por causa da chuva antes do jogo, prejudicava a troca de passes das duas equipes. O Maringá soube aproveitar esse complicador e apostou nos lançamentos. Aos 14 minutos, Paulinho recebeu mais uma bola no lado direito do campo, entrou na área e chutou mas César, novamente, conseguiu espalmar a bola. Lucão, aos 18 minutos, arriscou da entrada da área e o goleiro alviceleste fez mais uma defesa.

Apesar da pressão do Maringá, quem abriu o placar foi o Londrina aos 23 minutos. Thiago Primão cruzou na segunda trave, Gustavo Tocantins escorou para o meio da área, onde Anderson dividia com Lucão, e o juiz assinalou toque de mão do volante da Zebra. Pênalti para o Tubarão. Germano bateu com categoria no canto direito, sem chances para o goleiro Fábio que pulou para o outro lado. 1 a 0 para o time da casa.

Após o gol, o Londrina cresceu e passou a controlar a partida e, aos 32 minutos, Thiago Primão, em tiro livre, fez um cruzamento perfeito para Luizão que veio de trás para testar a bola no fundo das redes. Londrina 2 a 0 Maringá. Aos 37, mais uma chance para o Tubarão. Matheuzinho, cruzou da direita e a bola encontrou Thiago Primão que, de cabeça, mandou por cima do gol, passando perto do travessão. O Maringá não conseguia esconder o nervosismo e coube ao Londrina administrar o resultado até o intervalo.

Tubarão alcançou a primeira vitória no campeonato (Foto: Gustavo Oliveira/Londrina Esporte Clube)

SEGUNDO TEMPO: O Tricolor voltou com uma postura diferente no segundo tempo, pressionando o Londrina para tentar reverter o placar adverso. Logo aos 2 minutos, Washington, que entrou no intervalo no lugar de Lucão, cobrou uma falta perigosa que passou perto do canto direito do goleiro César. O Tubarão reagiu e, aos 4', Thiago Primão cruzou com efeito, a bola foi em direção ao gol mas Fábio estava atento e afastou o perigo.

O jogo começou a ficar pegado a partir dos 10 minutos, os times tinham dificuldade em trocar passes e acabavam fazendo muitas faltas. O Londrina teve mais uma chance clara de gol, aos 11 minutos, com Carlos Henrique. O atacante recebeu um belo passe em profundidade de Gustavo Tocantins, entrou na área mas tentou driblar o goleiro e acabou desperdiçando a chance de fazer o terceiro gol do time da casa.

O Londrina começava a ter mais calma e trocar passes com tranquilidade, enquanto o Maringá tentava pressionar e buscar um contra-ataque mortal. Paulinho fez algumas boas jogadas com o lateral esquerdo Thiago Cristian, mas nenhuma causou perigo à defesa alviceleste que fazia uma forte marcação no centroavante Bruno Batata.

A partir dos 20 minutos do segundo tempo, o Tubarão dominou as chances de gol. Carlos Henrique, aos 21 minutos, recebeu mais uma bola de Gustavo Tocantins e bateu cruzado nas mãos de Fábio, que espalmou para fora. Aos 37 minutos, Marcinho fez um passe para Carlos Henrique, que cortou o zagueiro mas chutou para fora. O Londrina ainda teve um gol anulado aos 39 minutos. Luizão recebeu na área e, em posição irregular, cabeceou para o gol mas o juiz já marcava o impedimento do zagueiro do Tubarão.

Aos 41 minutos, Carlos Henrique teve mais uma chance de deixar o seu gol. O atacante recebeu um cruzamento de Matheuzinho da ponta direita e, com o gol vazio, testou a bola para fora. O Londrina soube aproveitar a vantagem e passou a controlar a posse de bola até o fim da partida. Nos acréscimos, o Maringá ainda teve uma chance com Paulinho, que desperdiçou e chutou em cima do goleiro César. Apesar de um susto inicial, o Tubarão foi superior ao Tricolor e conquistou a primeira vitória no Paranaense.

PRÓXIMA PARTIDA: Tentando embalar de vez na competição, o Londrina vai até Curitiba encarar o Paraná Clube, que ainda não venceu na competição. Já o Maringá busca a primeira vitória na competição e estreará em casa, diante o Toledo. Ambos os jogos acontecem no próximo domingo (28), as 17h. 

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

LONDRINA: 1. Cesar; 2. Matheusinho (15. Romisson), 3. Dirceu, 4. Luizão e 6. Felipe ; 8. Germano, 5. Rômulo, 7. Anderson Leite (20. Marcinho) e 10. Thiago Primão (23. Rodrigo Figueiredo);  9. Carlos Henrique e 11. Gustavo Tocantins. Tec: Ricardinho.

MARINGÁ: 1. Fabio, 2. Rhuan (19. Danilo Mohamed), 3. Alex Fraga, 4. Egon e 6. Thiago Cristian; 5. Carlão, 8. Rodrigo Dantas e 10. Lucão (15. Washington); 7. Everton (18. Edmar), 11. Paulinho Moccelin (18. Edmar) e 9. Bruno Batata. Tec: Fernando Marchiori.

FICHA TÉCNICA – LONDRINA 2 X 0 MARINGÁ XXXXXXXX

GOLS: Germano, aos 23' e Luizão, aos 32' do 1ºT  (Londrinaa)
CA: Carlos Henrique (Londrina) | Egon, Carlão e Paulinho (Maringá)
ÁRBITRO: Edivaldo Elias da Silva
ASSISTENTES: Ivan Carlos Bohn e Victor Hugo Imazu dos Santos


Tecnologia do Blogger.