PROPAGANDA

Londrina aposta em jovens para o Paranaense 2019


A base do time que disputou uma vaga de acesso para a Série A saiu e o técnico também. Devido a isso, o time do Londrina apostará na molecada para o Campeonato Paranaense 2019. Cabe a Alemão e um elenco com 23 jogadores de até 23 anos, que buscam o quinto título estadual do Tubarão na competição. Confira as principais informações do Tubarão para a disputa do Campeonato Paranaense de 2019


#PARANAENSE 2019
Por @viniciuseira

Após um 2018 cheio de altos e baixos, o Londrina aposta em uma estratégia diferente para a atual temporada. A base do time que terminou o ano não está mais na cidade, e para o primeiro semestre, o Lec apostará em jovens, tanto da base, como algumas promessas vindas de clubes de Série A e B. Para se ter uma ideia, dos 34 jogadores que iniciarão a temporada, 23 deles tem até 23 anos e apenas três possuem mais de 30 anos de idade. O Tubarão apresentou sete reforços para a temporada: os goleiros Emerson e Matheus Albino, o lateral César, o zagueiro Augusto, os volantes Matheus Bertotto e Junior Ramos, e o atacante Luidy. Além disso, cinco atletas voltaram de empréstimo, nove foram promovidos da base, e 12 jogadores são remanescentes da última temporada.

A promessa do gestor de futebol do Londrina, Sergio Malucelli, é testar os jovens no Paranaense e montar um time mais competitivo para a disputa da Série B, quando o Londrina tem mais dinheiro em caixa. Aliás, o Tubarão emprestou Lucas Ramon, Paulinho Moccelin e Carlos Henrique para o Novorizontino, que disputará o Campeonato Paulista e devem retornar para o Brasileirão com mais experiência. O Londrina e a equipe do interior paulista fizeram também uma negociação um tanto quanto curiosa. Afinal, além dos três atletas, o Lec emprestou o seu técnico, Roberto Fonseca, para a disputa do estadual. O treinador não tem contrato assinado, mas prometeu ao clube que deve retornar para o segundo semestre.

Para o cargo deixado por Fonseca, a diretoria anunciou o técnico que pertencia ao sub-19, Alemão. O treinador tem história no Londrina desde 1992, quando começou a atuar nas categorias de base do clube como volante. Conquistou alguns títulos regionais e esteve presente na melhor campanha londrinense na Copinha, quarto lugar em 1994. No elenco principal, Alemão conquistou um vice do estadual, e convocações para a seleção sub-20, onde conquistou o torneio de Toulon, na França. 

O Tubarão se reapresentou para a temporada de 2019 no último dia 3. Além dos treinos para o ano que começa, a equipe realizou dois amistosos. No dia 8 de janeiro, o Londrina recebeu o Clube Atlético Cambé – que disputará a terceira divisão do Campeonato Paranaense – no Estádio do Café; e o Lec venceu o jogo por 6 a 1. Já no último sábado (12), o Londrina foi até Novo Horizonte, interior de São Paulo, encarar a equipe do Novorizontino, treinada por Roberto Fonseca, e com bastante rostos conhecidos pelo torcedor alviceleste. Apesar do domínio londrinense, principalmente na primeira etapa, a equipe saiu derrotada pelo placar mínimo. O lateral esquerdo Paulinho marcou de falta aos 39’2T.

O ano de 2018 foi cheio de altos e baixos para o torcedor londrinense. O Londrina foi eliminado de maneira precoce, já na segunda fase da Copa do Brasil para o Ceará, após passar pelo Real Ariquemes-RO. Já o Campeonato Paranaense teve contornos dramáticos com o péssimo início e ameaça de rebaixamento, até a troca de comando de Ricardinho para Marquinhos Santos. O agora comentarista, esteve no Londrina em dez jogos, com duas vitórias, quatro empates e quatro derrotas. Após início promissor, com cinco jogos sem perder, o técnico acumulou seis sem vitórias, deixando o time em situação complicada no Estadual, além da eliminação na Copa do Brasil. Um dia após a demissão de Ricardinho, Marquinhos Santos foi apresentado no Londrina. 


Apesar da desconfiança do torcedor, por conta do forte traço de Marquinhos com o Coritiba, o panorama mudou rapidamente, afinal o início foi positivo. O técnico tirou o Londrina do risco de rebaixamento, e levou a equipe a final da Taça Caio Junior, quando perdeu para o Athletico. Com a eliminação na fase final do segundo turno, o Tubarão ficou em sétimo na classificação geral, com 14 pontos conquistados com três vitórias, cinco empates e três derrotas.

Marquinhos continuou no Londrina para a disputa do Paranaense. Mas não chegou a ficar um turno no comando do Tubarão. Após 12 jogos na frente do time na Série B, Marquinhos Santos deixa o Londrina para treinar o São Bento-SP. No Brasileiro, o treinador obteve quatro vitórias, três empates e cinco derrotas, deixando a equipe na 13ª colocação, com 15 pontos ganhos, três da zona de rebaixamento. Para o seu lugar, assumiu o terceiro técnico do Londrina no ano. Sergio Soares chegou ainda mais desacreditado, e não fez o time render. O técnico ficou apenas sete jogos no comando do time, com apenas um jogo ganho, três empates e três derrotas, deixando um time sem nenhum padrão de jogo. O Londrina estava em 15º, com 21 pontos, apenas um ponto fora da zona de rebaixamento.


O treinador Roberto Fonseca foi escolhido para ser o quarto treinador do clube na temporada. Fonseca já passou pelo Tubarão como jogador, e agora retornava ao clube com a dura missão de livrar o time do rebaixamento à Série C. Mas a equipe fez um turno de campeão. O técnico pegou o time em 17º na classificação, mas venceu 10 jogos, empatou quatro e perdeu quatro, foi campeão do returno, e terminou o Campeonato em oitavo lugar, a cinco pontos da Série A. Foram 34 pontos em 18 jogos, e deixou o torcedor londrinense com saudade nesse início de ano.

Em 2019, o Londrina disputará o Campeonato Paranaense, a Copa do Brasil e o Campeonato Brasileiro da Série B. A estreia do Paranaense ocorre no próximo domingo, 20, contra o Cianorte, fora de casa, no Estádio Municipal Albino Turbay, às 17 horas. O primeiro confronto da Copa do Brasil também está definido, o Tubarão encara o Americano-RJ, no dia 06/02, quarta-feira, em estádio ainda a ser definido pela CBF. A disputa ocorre em jogo único, e o Lec tem a vantagem do empate. A Série B começa em 27 de abril. O time base será composto por Alan; Matheuzinho, Marcondes, Silvio, Felipe; Rômulo, Germano, Marcinho; Weverton, Uelber e Luidy.
drap

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.