PROPAGANDA

[COPINHA SP] No apagar das luzes, Coritiba vence Aimoré-RS e segue na competição

Foto: Assessoria do Coritiba
Coritiba e Aimoré-RS jogaram na tarde desta sexta-feira (12) no Estádio Dr. José Sidney da Cunha, em Capão Bonito, em confronto válido pela segunda fase da Copa São Paulo Futebol Jr. Com muita chuva, o gramado permitiu que o embate fosse equilibrado entre as duas equipes da região sul. Mas no último lance da partida, o escrete alviverde conseguiu desempatar e garantiu a vaga a fase seguinte da competição com o placar de 2 a 1.


#COPINHA SP 2018
Por @rafaelbuiar

PRÉ-JOGO: A equipe alviverde, ainda invicta no certame, terminou na primeira posição na tábua de classificação do seu grupo. Também invicto e com a mesma pontuação, a equipe do Aimoré ficou em segundo. Números que já retratam que o embate seria disputado com bastante equilíbrio.

PRIMEIRO TEMPO: Com bola rolando, o confronto iniciou meio sonolento e com as duas equipes estudando a melhor maneira de anotar o primeiro gol do embate. Mas só aos 12', a primeira oportunidade do lado alviverde aconteceu. Yuri Martins brigou e forçou o erro da zaga adversária, Nathan aproveitou e ganhou do marcador e ao chegar perto da área tocou para Bueno. O volante arrematou de fora da área e quase surpreendeu o arqueiro do Aimoré, que defendeu parcialmente. O lance deixou a equipe do Coxa mais solta. Minutos depois, novamente com Nathan, que recebeu de Luizinho próximo da entrada da área e na sequência passou para Bueno, que chutou de primeira e o arremate passou rente a trave, com 15'. Momento que ficou nítido a superioridade do sistema de jogo da equipe alviverde.

Mas aos poucos, a equipe do Rio Grande do Sul foi ganhando corpo na partida e com isso, chegou algumas vezes a meta do goleiro Bruno. Dentre as jogadas do escrete gaúcho, destaque do arremate de longa distância do atacante Leonardo, que recebeu ainda na intermediária e arrematou, quase surpreendendo o goleiro Bruno, com 28'. Não deu outra, a partir disso o embate ficou amarrado e poucas ações ofensivas aconteceram. Em raros momentos, o chute de longa distância foi a principal alternativa. No lado do Aimóre, Darlan teve a coragem e arrematou do meio da rua e obrigou o goleiro alviverde a espalmar para o lado direito da sua meta, aos 43' da etapa inicial. Devido a isso, o placar terminou fechado na primeira etapa.

Com mudança de postura, a equipe do Coritiba abriu o placar com Luizinho no início do segundo tempo

SEGUNDO TEMPO: No retorno para a etapa complementar, a equipe do Coritiba voltou mais ligada ao confronto. Ou seja, o gol não demorou muito para acontecer. Thallyson fez ótima jogada individual, ao passar por dois marcadores, e tocou na medida para Luizinho concluir e abrir o placar aos 3'. Após o primeiro gol, a chuva caiu forte em Capão Bonito e o escrete do Coritiba passou a ter mais volume de jogo. Foram pelo menos três arremates de longa distância, o que dificultou a vida do goleiro do Aimoré.

Passados os 15' do segundo tempo, o time do gaúcho conseguiu suportar a pressão e passou a mudar o jogo. Mesmo com o Coritiba tendo a oportunidade de ampliar o placar, em jogadas de contra-ataques. Com 28', a equipe do Aimoré encontrou uma brecha. Diego desceu em profundidade e ao chegar na linha de fundo cruzou para Carlos. O atacante teve duas chances de empatar. A primeira bateu na trave e o segundo ficou com o livre para empurrar para dentro e empatar o embate.

Depois do gol de empate, ambos os treinadores realizaram alterações nas suas equipes. Mas nenhum escrete arriscou, com medo de ceder espaço para as jogadas de contra-ataque. Com esse estilo de jogo, tudo indicava que a vaga para a próxima fase seria decidida nas penalidades. Mas passados o tempo de acréscimos do embate, Nathan sofreu falta próxima a meia lua da área. Bueno cobrou, a bola enroscou na barreira e o próprio Nathan chutou e desempatou a partida aos 49' da etapa complementar, garantindo a vaga para a próxima fase.

Nathan aproveitou o bate-rebate e desempatou no último lance da partida

FIQUE DE OLHO: Na quarta partida da equipe alviverde, Matheus Bueno novamente foi um dos destaques. Desta vez, o camisa 8 do Coritiba foi um dos pilares na meia chanca alviverde. O volante além de defender/marcar conseguiu criar jogadas de ataques. Além da maioria dos arremates de longa distância saírem dos seus pés.

PRÓXIMA RODADA: O próximo adversário da equipe alviverde será o vencedor do duelo entre Flamengo e Elosport-SP. Enquanto que o time do Aimoré-RS deu adeus ao certame.

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

CORITIBA: Bruno; Lucas, Henrique, Luan e Araújo; Nathan, Bueno, Matheus Marcelo (Romeu) e Luizinho; Lalau e Yuri Martins (Igor Jesus). TEC. Mozart

AIMORÉ-RS: Otávio; Douglas, Raphael (Eduardo), Darlan e Filipe (Lucas Passos); Halguston, Jorge (Juan), Diego Silva e Carlos Alberto; Rhainer e Leonardo. TEC. Luis Felipe

FICHA TÉCNICA – CORITIBA 2 X 1 AIMORÉ-RS XXXXXXXXXX

GOLS: Luiz Henrique aos 3' do 2ºtempo e Nathan aos 49' do 2ºtempo (Coritiba) e Carlos Alberto aos 27' do 2º tempo. (Aimoré-RS)
CA: Douglas, Halguston e Eduardo (Aimoré-RS)
ÁRBITRO: Paulo Santiago de Medeiros
ASSISTENTES: Paulo Cesar Modesto e Fernando Luis Raveli
LOCAL: Estádio Dr. José Sidney da Cunha, em Capão Bonito.


Tecnologia do Blogger.