PROPAGANDA

[COPINHA SP] Coritiba vence Atlântico por 2 a 0 e fica a um empate da classificação

Foto: Reprodução site oficial do Coritiba
Depois de um decepcionante empate na estreia, o Coritiba venceu o Atlântico-BA por 2 a 0, e agora precisa apenas de um empate para se classificar. O desempenho novamente ficou abaixo da média, mas foi o suficiente para a conquista da primeira vitória na competição e da liderança do Grupo 22.

#COPINHA SP
Por Yuri Casari

PRÉ JOGO: Na primeira rodada da Copa São Paulo, o Coritiba empatou em 1 a 1 com o Comercial de Campo Grande, e não poderia ter outro resultado se não fosse a vitória diante do Atlântico, da cidade baiana de Lauro de Freitas. Por sua vez, o Atlântico havia sido derrotado na estreia pelo Elosport, time da sede do Grupo 22, pelo placar de 2 a 0.

PRIMEIRO TEMPO: O Coritiba começou a partida da maneira como se esperava, com mais posse de bola, e não demorou muito para conseguir abrir o placar. Aos 11 minutos de jogo, Luizinho deu bom passe para Pablo, que d frente pro gol, bateu de canhota na saída do goleiro.  

Confira o primeiro gol do escrete alviverde diante o Atlântico.

Porém, assim como na partida de estreia, o Coxa caiu drasticamente de produção. Aos 14, o Atlântico deu sua primeira finalização, em fraco chute de Negueba, defendido por Bruno. Apesar de ter mais a posse de bola, o time coxa-branca deu muitas brechas ao Atlântico que chegou algumas vezes ao ataque, principalmente com o atacante Negueba, mas o clube baiano não conseguiu aproveitar as oportunidades. Aos 30, quase o empate, em chute de fora da área de Broca, que passou muito perto do gol defendido por Bruno. Aos 36, nova finalização de Negueba, e nova defesa tranquila do goleiro alviverde.

O Coritiba só voltou a reagir aos 38, em chute de Luizinho, defendido pelo goleiro adversário.  Apesar da vitória parcial, o Coritiba fez um primeiro tempo muito ruim. Só para se ter uma ideia, o Atlântico teve seis finalizações contra apenas duas do Alviverde.

SEGUNDO TEMPO: Na segunda etapa, o Atlântico iniciou melhor e ainda saiu mais para o jogo, em busca do empate. Mas aos 6 minutos, na primeira tentativa de ataque alviverde, o Coritiba encontrou o segundo gol. Matheus Bueno fez grande jogada individual, invadiu a área e foi derrubado. Pênalti marcado, e Romeu converteu a cobrança, ampliando o placar.


O escrete alviverde aumentar o placar com gol de penalti de Romeu

Após o gol, o jogo praticamente inexistiu. O Coritiba abdicou de jogar futebol e pouco apresentou. Os jogadores do Atlântico, exaustos, até tentavam criar as jogadas, mas exageravam na individualidade e eram presas fácil dos defensores do Coritiba, mais preparados técnica e fisicamente. Com o resultado na mão, o time paranaense apenas esperou o tempo passar para confirmar a primeira vitória na Copinha, que colocou o time na liderança do Grupo 22 com 4 pontos e 2 gols de saldo. Na terceira e última rodada, no dia 9, o Coxa encara o Elosport, e basta um empate para garantir a classificação para a próxima fase.

FIQUE DE OLHO – Luizinho foi o principal articulador das jogadas do Alviverde. Em mais uma partida fraca coletivamente, o camisa 10 do Coritiba foi um dos poucos que se salvou individualmente. Foi o jogador que mais buscou jogo, além de distribuir a maioria dos passes no campo ofensivo. Além disso, deu a assistência do primeiro gol alviverde.

OS ESCRETES xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

CORITIBA: 1. Bruno, 6. Araújo, 4. Luan, 15. Paulo Henrique e 3. Henrique; 5. Romeu, 8. Matheus Bueno (18. Cristoffer), 16. Matheus Marcelo e 10. Luizinho (2. Lucas Sena); 7. Lalau (11. Nathan) e 9. Pablo (19. Yuri Martins). T: Mozart.

ATLÂNTICO-BA: 1. Willian, 13. Felipe, 3. Alemão, 4. Felix, e 6. Lucian; 5. Thiago de Santana, 8. Rafa Marcos (16. Danilo), 7. Pantico e 10. Indio; 9. Negueba e 15. Felipe Munis (21. Jeferson). T: Fábio Guimarães de Santana.

FICHA TÉCNICA – CORITIBA 2 x 0 ATLÂNTICO-BA XXXXXXXXX

Gols: Pablo, aos 11’ do 1º tempo e Romeu, aos 7’ do 2º tempo.
Cartões amarelos: -
Arbitragem: Antônio Carlos Santana
Assistentes: Orlando Massola Júnior e Claudenir Donizeti Gonçalves da Silva.
Estádio: Dr. José Sidney da Cunha.





Powered by Blogger.