PROPAGANDA

[COPINHA SP] Atlético-PR vence sem susto o Rio Preto e assume a liderança do grupo 2

Foto: Cahuê Miranda/Site do Atlético-PR
Atlético-PR e Rio Preto jogaram na tarde desta quarta-feira (3), na Arena Plínio Marin, em Votuporanga, em confronto válido pelo primeiro jogo do grupo 2 da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Em um primeiro tempo avassalador, a equipe do Atlético-PR abriu o placar com menos de cinco minutos e aumentou aos nove. Com a vantagem, a equipe paranaense conseguiu jogar com tranquilidade e ainda aumentar o placar na segunda etapa. O resultado deixou a equipe na liderança, devido ao saldo de gols.

#COPINHA SP 2018

PRÉ-JOGO: A equipe rubro-negra paranaense caiu na segunda fase no ano passado, ao ser derrotada nas penalidades pelo escrete do Ituano. Para esse ano, o treinador Marcão está confiante e trabalhou para o Atlético-PR realizar uma melhor campanha nesta temporada na Copa São Paulo de futebol júnior, já que no certame paranaense de categoria de base conseguiu bons resultados. O destaque da equipe rubro negra é o meio campista Estéfano.

PRIMEIRO TEMPO: A equipe do Atlético-PR iniciou a todo vapor, já que com menos de 5' a equipe paranaense conseguiu abrir o placar. Julian, o camisa 10 rubro negro recebeu em boa condição de cruzamento e com isso, deixou prontinha para o arremate do centroavante Marcelo. O ritmo não caiu e com isso, a equipe paranaense conseguiu chegar com facilidade e Vitor Naum arrematou firme na intermediária e aumentou o placar, aos 9', em Votuporanga.

A equipe do Jacaré só conseguiu chegar a meta do arqueiro rubro negro aos 15' da etapa inicial, em que o meio campo da equipe paulista trocou passes e conseguiu colocar em ótima oportunidade o atacante do escrete do Rio Negro, mas sem sucesso. Período do jogo em que o time paulista conseguiu ter mais volumes, mas sem muita conclusão na meta do arqueiro rubro negro.

Assista o primeiro gol do Atlético-PR (Vídeo)

Próximo dos 30', quando o time do Atlético-PR teve a bola nos pés, as jogadas sempre terminaram com perigo de gol ao goleiro Luis Gustavo.  Ou seja, nos minutos finais, a equipe paranaense ficou com mais volume e chegou com facilidade. Dentre as jogadas de perigo, o escrete rubro negro teve dois gols anulados. Sem muita reclamação dos jogadores.

Nos minutos finais, o atacante Marcelo quase ampliou o placar na Arena Plinio. O centroavante recebeu lançamento de Julian, dominou do jeito que deu e o arqueiro Luis Gustavo defendeu com a ponta do pé. Devido a isso, a equipe rubro negra ficou trocando passes até o árbitro dar o apito final da primeira etapa. 

SEGUNDO TEMPO: No retorno para a segunda etapa, as duas equipe voltaram com os mesmos jogadores que terminaram a etapa inicial. Não deu outra, a equipe do Atlético-PR voltou no mesmo ritmo que iniciou o primeiro tempo. Estafano iniciou a jogada no meio de campo e foi infiltrando entre os jogadores e deixou em ótima oportunidade Julian, que chutou. O arremate foi travado, mas sobrou tranquilo para Marcelo concluir em gol e aumentar o placar para 3 a 0, aos 2' do segundo tempo. Minutos depois, o treinador João Santos do Rio Preto fez a primeira alteração na sua equipe. Amadeu José entrou no lugar Eduardo Pereira.


Assista o terceiro gol do confronto, anotado pro Marcelo.

No mesmo ritmo, a equipe do Atlético-PR também fez alteração na sua equipe. Com 10' do segundo tempo, o treinador Marcão colocou dois atletas novos. Bruno Leite e Marco Vinicius entraram no lugar de Christian e Marcel. A partir dos 20', o treinador Marcão continuou fazendo alterações. Desta vez, Thiago e Danilo entraram no lugar de Jáderson e Marcelo. Devido a isso, a equipe do Atlético-PR continuou a ficar com mais volume de jogo e trocou passes no setor de meio de campo, procurando jogadas pelos flancos.

No passar dos 30', a equipe do Atlético-PR cedeu alguns contra-ataque ao time paulista. Mas sem sucesso, a equipe do Rio Preto não conseguiu furar o bloqueio paranaense. Enquanto isso, a equipe do Atlético-PR tirou o pé e ficou apenas trocando passes no setor de meio campo. Mas aos poucos, a equipe rubro negra chegou com perigo. Dentre as jogadas, Thiago aos 40’ do segundo tempo fez fila na zaga do Rio Preto e arrematou rente a trave esquerda de Luis Gustavo, apenas deixando no susto a equipe paulista. Assim, seguiu até o apito final do árbitro Paulo.

FIQUE DE OLHO: Julian do escrete Rubro Negro é o destaque da primeira partida. O camisa 10 foi o principal articulador da equipe paranaense. Com baixa altura, o meio campista deixou por várias vezes os atacantes do Atlético-PR na frente do gol. Junto ele, o volante Estafano também é um dos destaques. Já que além da criatividade na criação, o segundo volante rubro negro deu segurança na marcação. Aos 45', Bruno Leite arrematou de longe da área e acertou o travessão. Assustando novamente a meta do arqueiro Luis Gustavo.

PRÓXIMA RODADA: O próximo embate do Atlético-PR será no sábado (6), às 16h, contra o Timon (PI). Partida acontece em Votuporanga (SP). O escrete do Timon perdeu o primeiro confronto diante o Votuporanguense por 3 a 1.

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

ATLÉTICO-PR: Juliano; Léo, Daniel, Victor Emanuel e Marcel (Marco Vinicius); Christian (Bruno Leite), Estefano, Jaderson (Thiago) e Julian; Victor Naum e Marcelo (Danilo). Tec. Marcão

RIO PRETO: Luis Gustavo; Helder, Vinicius Santos, João Gabriel e Vitor Hugo (Jonatas); Eduardo (Amadeu José), Reginaldo (Eduardo Lima), Caio (Djonathan) e Felipe (Paulo); Bruno (Rafael Roque) e Vinicius Souza. Tec. João Santos.

FICHA TÉCNICA – ATLÉTICO-PR 3 X 0 RIO PRETO XXXXXXXX

GOL: Marcelo aos 3’ do 1º tempo e 2’ do 2º tempo, Vitor Naum aos 9’ do 1º tempo (Atlético-PR)
LOCAL: Arena Plínio Marin, em Votuporanga
ÁRBITRO: Paulo Sérgio dos Santos
ASSISTENTES: Anderson Lucas de Lima e Marcelo Zamian de Barros




Powered by Blogger.