PROPAGANDA

[COPINHA SP] Atlético perde para o Santos e dá Adeus ao torneio


Foto: Cahuê Miranda/Atlético Paranaense
Atlético Paranaense e Santos duelaram na tarde desta segunda-feira (11), em partida válida pelas oitavas-de-finais da Copa São Paulo de Futebol Jr, em Franca, no estádio José Lancha Filho. A equipe santista venceu por 2 a 0 e segue na competição, já o “Furacãozinho” se despede da Copinha.

#COPINHA  SP

PRÉ-JOGO: As duas equipes aplicaram ótima vantagem no placar contra os seus adversários na última fase. O rubro-negro eliminou o Criciúma, conquistando uma vitória por 3x0, no Cláudio Rondante, em Fernandópolis. Já a equipe da baixada santista ganhou do Figueirense por 3x1, em Novo Horizonte.

PRIMEIRO TEMPO – Foram poucos lances de perigo. O Santos saiu em vantagem na primeira etapa. Em lance de sorte e com a “ajuda do morrinho artilheiro”, os meninos da Vila marcaram o primeiro nos 45 minutos iniciais. Os garotos do CT do Caju e os meninos da Vila fizeram um início equilibrado. Não aconteceram muitas chances de gol no começo de jogo, os escretes se estudavam, procuravam espaços para quebrar a defesa adversária. O início da partida foi marcado pela chuva que ocorreu em Franca.

Aos 34', O Alvinegro foi quem teve a primeira oportunidade. Bruno Moreira chutou e Juliano defendeu. Era um sinal, de que os meninos da Vila Belmiro não estavam para brincadeira. Contudo, o rubro-negro teve um lance que poderia mudar a história do jogo, mas não foi eficiente. Aos 37', Marcelo cabeceou a bola na trave santista. Aos 39’, Vitor Naum perdeu a bola, na Intermediária, Gabriel Calabres chutou de fora da área, a pelota quicou na frente de Juliano, enganando o jovem goleiro. 1x0 para o Peixe. Aos 43’, o Santos ainda assustou o goleiro paranaense, Após jogada trabalhada, com paciência no toque de bola, Madalena cabeceou por cima do gol.

SEGUNDO TEMPO – A busca para marcar o gol era constante pelo rubro-negro, nos 15 minutos iniciais, um princípio sufocante para a zaga santista. Contudo, a equipe alvinegra suportou a pressão inicial, que ficou recuado durante a segunda etapa, e jogou por uma bola parada e foi eficiente, ou a oportunidade de um contra-ataque.

Logo na volta do intervalo, o “furacãozinho” pediu por um pênalti, após Marcelo ser derrubado na área santista. Aos 12’, o rubro-negro arriscou, mas o arremate por cima. O Atlético procurava o gol, mas o balde de água aconteceu. O Santos ampliou a vantagem. Aos 16’ Tailson, cobrou escanteio e a pelota sobrou na grande área. Walison Madalena chutou violentamente e fez o segundo para o peixe. Aos 22’, Bruno Leite tentou diminuir o placar para a equipe paranaense, após cobrança de falta, ele cabeceou tirando tinta da trave. Aos 30’, de novo, o rubro-negro tentou, porém desdenhou por cima da baliza, não calibrando o pé.

Aos 35’, Alexandre Dan arriscou e por pouco não marcou o terceiro para a equipe paulista. A bola passou a meia altura do lado direito do goleiro rubro-negro. Aos 40’, Bruno Leite recebeu passe de Kenedy, dentro na área disparou, mas o goleiro santista encaixou. O peixe revidou e chegou no contra-ataque com perigo, Alexandre Dan arrematou de longe, entretanto, Juliano fez a defesa em dois tempos. Mesmo com a posse de bola no campo de defesa santista, durante a etapa complementar, o “furacãozinho” não teve sucesso. As tentativas da equipe rubro-negra para balançar a rede santista foram em vão. Nada de gol a favor do escrete paranaense. Hoje, quem nadou mais longe foi o peixe. Os garotos do furacão se despedem da Copinha. Fim de papo no interior paulista: 2x0 para o Santos.

FIQUE DE OLHO – Vitor Naum. O atacante do rubro-negro foi persistente hoje. Apesar de ter perdido a bola no lance que originou o gol santista, criou jogadas e abriu espaços. Nascido em São Jose dos Campos, espera-se que receba uma oportunidade no elenco principal do furacão nos próximos anos.

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

ATLÉTICO-PR:  1 Juliano; 2 Leo, 3 Daniel ©, 4 Lucas Halter e 16 Marcel; 8 Estefano (17 Cristian), 5 Geovane, 20 Bruno Leite, 10 Julian (19 Tiago Souza) e 7 Vitor Naum (25 Kenedy); 9 Marcelo (11 Jaderson); Técnico: Marcão.

SANTOS: 1 Renan; 10 Tailson (16 Sandri), 2 Vitor Mendes (13 Clayton), 6 Kaique Rocha, e 3 Rhuan (22 Geovane); 15 Wagner Leonardo, 5 Guilherme Nunes ©, 22 Bruno Moreira, 8 Gabriel Calabres (19 Caio Jorge) e 14 Sebastian (4 Vinicius) ; 9 Walison Madalena (18 Alexandre Dan) Técnico: Aarão Alves. 

FICHA TÉCNICA ATLÉTICO PR 0x2 SANTOS XXXXXXXXXXXXX

GOLS: Gabriel Calabres aos 39' do 1º tempo (SAN); Walison Madalena aos 16' do 2º tempo (SAN)
CA: Vitor Mendes (CAP) e Clayton (SAN)
ÁRBITRO: Thiago Luis Scarascati
ASSISTENTES: Alex Alexandrino e Leonardo Tadeu Pedro
LOCAL: Estádio Cláudio Rondante, em Fernandópolis.




Tecnologia do Blogger.