PROPAGANDA

Com gol de Alecsandro e defesa de pênalti de Wilson, Coritiba derruba o "invencível" União

Foto: Assessoria do Coritiba
O Coritiba novamente não fez uma atuação brilhante. Muitas vezes dominado pelo valente time de Francisco Beltrão, o Coxa conseguiu abrir o placar no primeiro tempo com Alecsandro e segurou a pressão adversária no segundo tempo, com direito a defesa de pênalti de Wilson, conquistando a primeira vitória da temporada. A derrota do União foi a primeira no estádio Anilado, desde a reativação do clube em 2016.

#PARANAENSE 2018
Por @YuriCasari

Pré-jogo: Pressionado pelos dois empates no couto Pereira, o Coritiba saiu da capital em busca da primeira vitória com seis mudanças em relação ao time titular da última partida. O União também buscava a recuperação após a derrota na segunda rodada para o Cianorte. 

Primeiro tempo: Depois de vencer o Paraná Clube na estreia, o União de Francisco Beltrão tentou surpreender outro gigante do futebol do estado na terceira rodada do Paranaense. Logo nos primeiros minutos de bola rolando no estádio Anilado, o time da casa já se lançou ao ataque. A primeira finalização ao gol foi aos 6 minutos, em chute de fora da área de Sorbara, que Wilson defendeu.

Aos 17, outra grande oportunidade do União. Marquinhos Cambalhota, jogador com passagem pela nossa Suburbana, invadiu a área e ficou cara a cara com Wilson, que defendeu o forte chute do atacante. Aos poucos, o Coritiba foi equilibrando a partida, mas raramente levou perigo à área adversária. A principal oportunidade coxa-branca foi aos 30 minutos, em chute de Iago Dias.

Mas aos 41 minutos, em jogada esquisita, o Coritiba chegou ao gol. Após um pequeno bumba-meu-boi, a bola sobra para Guilherme Parede, que rola a bola para Alecsandro, que chegou batendo e acertou o canto direito do goleiro Marcos Paulo, dando a vitória parcial para o Coritiba na primeira etapa. Foi o segundo gol marcado pelo atacante com a camisa alviverde em sua 17ª partida.

Segundo tempo: Com o gol de vantagem, era hora de tentar matar o jogo de vez. Logo aos 3 minutos, Guilherme Parede arremata e Marcos Paulo faz a defesa. Mas o União, diferentemente do que acontece com outras equipes do interior, não se limitava a ficar em seu campo de defesa. O time do rodado técnico Ivair Cenci tentava envolver o Coritiba na base do toque de bola.

Sem conseguir o empate, o treinador do União tentou mexer na equipe colocando sangue novo na casa dos 15 minutos. Primeiro, Cenci tirou o atacante Marquinhos Cambalhota para a entrada do meia ofensivo Max Dutra. Na sequência, promoveu a entrada do atacante Fornazari no lugar do experiente volante Léo Maringá.

O União seguiu melhor e foi recompensado. Aos 27 minutos, em bola lançada na área, Romércio abre o braço dentro da área e é atingido. Pênalti marcado. Na cobrança, Lucas Vieira bateu chapado de direita e Wilson praticou grande defesa pulando no canto esquerdo.  Apesar do pênalti perdido, o time beltronense seguiu buscando o empate até o apito final, mas acabou derrotado pelo Coritiba, que apesar dos apuros, conquistou a primeira vitória em 2018.

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

União: Marcos Paulo; Júlio Lopes (Felipe Virgulino), Casimiro, Júnior e Paulo Henrique; Léo Maringá (Fornazari), Sorbara, Sato e Vieira; Willian e Marquinhos Cambalhota (Max Dutra). T: Ivair Cenci.

Coritiba: Wilson; César Benítez, Walisson Maia, Romércio e William Matheus; Vitor Carvalho, Júlio Rusch e Thiago Lopes; Iago Dias (Wellington Simião), Guilherme Parede (Léo Andrade) e Alecsandro (Evandro). T: Sandro Forner.

FICHA TÉCNICA: UNIAO 0X1 CORITIBA XXXXXXXXXXXXXXXXXX

GOL: Alecsandro, aos 41 minutos do 1º tempo.
CA: Léo Maringá (UNI); Guilherme Parede e Wellington Simião (CTB).
ÁRBITRO: Leonardo Sigari Zanon.
ASSISTENTES: Rafael Trombeta e Jefferson Cleiton Piva da Silva.



Tecnologia do Blogger.