PROPAGANDA

A aposta é na juventude


O leão da estradinha acredita em um elenco jovem para a competição, jogadores com a média de idade de 25 anos, confia em “talismãs” que prometem dar trabalho aos clubes que enfrentarem o alvirrubro. Além de contar com o conhecimento do treinador Maurilio Silva, o clube está de olho em uma vaga na Série D do campeonato Nacional


#PARANAENSE 2018

O Rio Branco nunca levantou a taça de título estadual da primeira divisão do paranaense, e quer surpreender, mesmo não entrando como favorito na competição. Realizou a contratação de Maurílio Silva, para comandar a equipe, que jamais assumiu o comando técnico de um time no Paraná.

Em 2017, O leão da estradinha conseguiu avançar na primeira fase da competição conquistando a 8ª colocação. Após campanha razoável no início, nas quartas-de-final pegou a estrada rumo ao norte do Paraná enfrentar o Londrina. O que seria uma tarefa dura. A equipe Londrinense terminou as primeiras rodadas em 4º colocado, e foi o adversário do alvirrubro. No primeiro confronto, no Nelson Medrado Dias, 1x0 para o Londrina. No jogo de volta, 3x0 para os comandados do treinador Cláudio Tencati. O escrete de Paranaguá acabou caindo diante do Tubarão. No ano de 2017, Érik foi o artilheiro no paranaense de 2017 pela equipe alvirrubra, com três gols anotados.

O leão está realizando a pré-temporada, no Centro de Treinamento Barcelos, em Curitiba.  Em seu primeiro jogo treino, no CT Barcelos, venceu a equipe sub-19 do Paraná Clube por 4x0, com gols de: Raul, Eric, Matheus e Marco Tulio. Depois, pelo mesmo placar venceu o Sindicato dos Atletas Profissionais, e em seu último jogo–treino, ganhou por 1x0, do Brusque de Santa Catarina. O gol foi marcado pelo atacante Tcharles. O Rio Branco estreia fora de casa no paranaense contra o Cianorte, no dia 21 de janeiro, às 17 horas. De acordo com Thalles Costa, 26 anos, que é Assessor de Imprensa do Rio Branco, “O Rio Branco luta para ter um calendário cheio, estaremos satisfeitos com uma vaga na série D”, afirmou.

TIME BASE: Jhonny; Raul, Thiagão, Vitor e Thiaguinho; Camargo, Marco Túlio e Kessi; Tcharles, Rodrigo Jesus e Érik.

CRAQUE: O jogador Recife é a grande esperança da equipe do litoral paranaense no campeonato desse ano. O profissional tem 23 anos de idade, disputou a segunda divisão pelo Boa Esporte em 2017, e já teve passagem pelo Flamengo (RJ). Quer trazer consistência ao meio-campo do alvirrubro, ele atua como volante e meia-central. Outro destaque do clube é Matheus, 19 anos, é um jogador jovem do elenco, quer dar alegria para a torcida do litoral. “Matheus é uma das apostas do clube. Esse ano subiram oito jogadores da nossa base”, afirmou Thalles.

TREINADOR: Maurílio Silva, 48 anos, acertou com o Rio Branco Sport Club, em novembro de 2017. Sua última experiência como comandante foi no ASA de Alagoas. Chegou a terceira fase na Copa do Brasil em 2017 (inclusive eliminado o Coritiba na segunda fase da competição, por 2x0 - em partida única), deixando o comando da equipe de Arapiraca em de junho do mesmo ano. Em 27 jogos disputados, obteve 15 vitórias, cinco empates e sete derrotas, alcançando um aproveitamento de 61,7%. Como treinador acumulou experiências no Nordeste.

O primeiro desafio do ex-atacante como técnico foi a Ferroviária do Ceará, em 2010. Em 2013, levou o Vitória de Santo Antão, para a primeira divisão do Pernambuco. Já em 2016, o técnico foi vice-campeão cearense, conseguindo uma vaga para o Uniclic-CE na Copa do Nordeste 2017. Maurílio como jogador profissional passou por mais de 20 clubes, é conhecido como “andarilho da bola”. No futebol de nosso estado, pelo Paraná Clube, foi campeão paranaense no ano de 1991 e 1995, e ganhou a Série B de 1992.


Tecnologia do Blogger.