PROPAGANDA

[SUB-19] Paraná vence FC Cascavel e conquista título paranaense no dia do aniversário do clube


Paraná Clube e FC Cascavel se enfrentaram nesta terça-feira (19) na Vila Olímpica pela grande decisão do Campeonato Paranaense Sub-19. A torcida tricolor estava com boas expectativas, afinal a piazada da Gralha Azul precisava de um empate para levar o caneco no dia do aniversário de 28 anos do clube. Em campo o time correspondeu e teve autoridade para vencer o clube do oeste do estado por 2 a 1.

#PRSUB19

PRÉ-JOGO: Foi uma caminhada longa até Paraná e FC Cascavel chegarem a esse jogo decisivo. Três fases de grupos, julgamento no meio do percurso e uma etapa semifinal. Após eliminarem Coritiba e Londrina, respectivamente, as duas equipes se enfrentaram no estádio Olímpico Regional no último domingo e o Tricolor venceu por 3 a 2 – resultado que dava a vantagem do empate para esta terça.

PRIMEIRO TEMPO: A primeira chance dos mandantes aconteceu aos 6 minutos, quando Juliano espalmou chute de Guga. A resposta cascavelense foi mais perigosa: aos 9’, falta cobrada da direita pra esquerda, toque de cabeça para o meio da área e Joaquim obrigou Gui a defender à queima-roupa. Aos poucos os visitantes passaram a concentrar suas descidas pelas pontas, buscando toda hora o contato com os atletas paranistas para conseguirem faltas e amarelarem os  rivais – prova disso foram os três cartões que o juiz aplicou ao time da casa em 20 minutos. Em uma dessas jogadas, aos 18’, Paiva experimentou da intermediária e quase surpreendeu o arqueiro da casa.

A serpente tinha que se lançar em busca da vitória, logo o Paraná precisaria ter paciência para achar o gol. Aos 22’ Alan carimbou a zaga e Caio apareceu como elemento surpresa pela canhota, mas isolou a chance. Aos 25’ os comandados de Luciano Simm tiveram mais calma para rodar a bola até achar Alexsson dentro da área, que bateu forte no canto direito para abrir o placar.

O gol deu confiança aos donos da casa, Alan chegou a enfileirar o setor esquerdo da defesa Aurinegra em uma de suas arrancadas. Mas o jogo acabou caindo de ritmo após os 30’, tanto que a próxima chance clara de gol só ocorreu aos 41’ quando Carlos Henrique acertou a trave – com a participação do goleiro Gui que tocou na redonda. Lance perigoso, mas que não mudou o panorama para o intervalo. O Cascavel precisaria virar o jogo para manter as esperanças de título.


SEGUNDO TEMPO: Na volta dos vestiários a Serpente não conseguiu abafar os mandantes, o que dava tranquilidade para o Paraná manter a posse de bola até achar buracos na defensiva aurinegra, mas as jogadas não se concretizavam em chutes a meta de Juliano. Em meio a tantos lances de velocidade, a jogada capital ocorreu em uma bola parada. Aos 14’ Pires aproveitou a distração da barreira e lançou no ponto futuro para Alan, que tirou do arqueiro e sofreu pênalti. Guga cobrou no canto esquerdo e ampliou o marcador.

Em situação ainda mais crítica, a equipe do oeste do estado manteve a estratégia de usar as bolas paradas. Aos 17’ Paiva obrigou Gui a espalmar; cinco minutos depois cruzamento da esquerda e Denilsom tocou de cabeça para diminuir. No quarto final do jogo o Paraná conseguiu neutralizar com tranquilidade as jogadas do FC Cascavel, que tentou alguns chuveirinhos ineficientes. Mantendo a posse de bola no setor esquerdo de ataque, os mandantes levaram o jogo em banho-maria até o apito final. Na Vila Olímpica, Paraná 2 x 1 FC Cascavel e título ao Tricolor.


FIQUE DE OLHO PARANÁ: Alan – O atacante paranista mostrou versatilidade durante o jogo, atuando a maior parte do tempo como pivô, mas alternando com Carioca na ponta esquerda após a saída de Guga. Tendo o drible como principal característica, participou dos dois gols tricolores, ajeitando a bola para Allexson e sofrendo o pênalti convertido por Guga.


FIQUE DE OLHO FC CASCAVEL: Carlos Henrique – Em um time que preza por atacar via bolas paradas, é fundamental contar com jogadores rápidos que “cavem” esses lances. Nesse aspecto Carlos Henrique se destacou, conseguindo levar vantagem sobre a zaga rival e puxando a marcação para as pontas para que outros companheiros pudessem entrar na área.

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

PARANÁ CLUBE: 1 Gui; 2 Dias, 3 Gaevicz, 4 Marcelo e 6 Caio Queiroz; 5 Silva, 7 Allexson (15 Warley), 8 Pires e 10 Johnny Lucas; 9 Alan (18 Rian) e 11 Guga (20 Carioca). Técnico: Luciano Simm.

FC CASCAVEL: 1 Juliano; 2 Patrick, 3 Murilo, 4 Chiesa e 6 Joaquim (14 Willinel); 5 Everton (15 Antony), 7 Robinho (13 Vinicios), 8 Paiva e 10 João Paulo (18 Edney); 9 Denilsom e 11 Carlos Henrique. Técnico: Ivan Carlos Alves.

FICHA TÉCNICA – PARANÁ CLUBE 2 x 1 FC CASCAVEL XXXXXXXXXXXXX

ARBITRAGEM: Leandro José Mendes.
ASSISTENTES: Heitor Alex Eurich (1) e Roberto Rivelino dos Santos Junior (2).
GOLS: Allexson aos 25’ do 1°T e Guga aos 14’ do 2°T (Paraná); Denilsom aos 22’ do 2°T (FC Cascavel).
AMARELOS: Pires, Alan, Gaevicz, Guga e Johnny Lucas (Paraná); Everton, Paiva, Murilo e Carlos Henrique (FC Cascavel).

MATÉRIA DO JOGO (VÍDEO) XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX





Tecnologia do Blogger.