Definido o formato da Divisão de Acesso 2018

Foto: Gabriel Sawaf/Do Rico ao Pobre

Arbitral realizado na sede da FPF nesta terça (05) definiu o formato da competição, que será igual ao realizado em 2017. O torneio começa no dia 10 de fevereiro e contará com dez equipes, sem a presença do J Malucelli.


#ACESSO
Por Gabriel Sawaf

10 de fevereiro. Essa é a data que marca o início da disputada por um lugar na elite do futebol paranaense. Andraus, Batel, Cascavel CR, Iraty, Operário, Paranavaí, Portuguesa Londrinense, PSTC, São Joseense e REC serão os protagonistas desta batalha que se estenderá até maio. Sentiu falta de alguém? Pois é, o J Malucelli, rebaixado em 2017 após o caso Getterson, abandonou a disputa da Segundona em 2018, dando lugar ao Rubro Negro de Guarapuava, terceiro colocado na Terceirona deste ano. O presidente de honra do Jotinha disse em entrevista à Rádio Banda B que o projeto está encerrado e todos os funcionários do clube estão dispensados.

Porém, como o acesso vai sair de dentro dos gramados, não há tempo para se lamentar com ausência do Caçula da Capital e sim de planejar como será o retorno a elite do futebol estadual. A competição terá turno único, em que as equipes duelarão entre si. Os oito melhores desta fase avançam para a fase seguinte, os piores, são rebaixados. Na segunda fase segue a distribuição em dois grupos de quatro (1º, 4º, 5º e 8º; 2º, 3º, 6º e 7º) em turno e returno. Os campeões de cada grupo conquistam a vaga para a Primeira Divisão em 2019.

Dentre os times, a grande expectativa fica no Operário. O Fantasma conquistou a Série D em 2017 mas não conseguiu o acesso estadual, por consequência do certame ficar parado por um mês e misturar as datas das competições. Para 2018, a previsão é que a Série C comece no dia 15 de abril, que coincidirá com a fase final da Segundona, o que obrigará o time de Ponta Grossa a montar um plantel para os dois torneios simultaneamente.


Operário é o principal favorito a conquistar o acesso (Foto: João Guilherme Castro/Do Rico ao Pobre)

Quem chega com lamentos do ano passado também são Iraty e Paranavaí, que perderam o acesso na última rodada para União e Maringá, respectivamente. Na ocasião, Azulão e Vermelhinho precisavam só de uma vitória cada e acabaram tropeçando. O PSTC chega após o rebaixamento tentando retornar a elite e mostrar que tem potencial para se firmar no cenário estadual. Andraus, Cascavel CR e Portuguesa Londrinense brigaram até as últimas rodadas para não cair na atual temporada e tentam virar o disco para 2018, buscando chegar mais forte na segunda fase. Já São Joseense, REC e Batel chegam credenciados por boas campanhas na Terceirona, principalmente o time de São José, que foi campeão invicto e busca repetir o feito do time de Francisco Beltrão.

São Joseense chega estreará na Segundona vindo como campeão invicto da Terceirona (Foto: Arthur Henrique/Do Rico ao Pobre)
A expectativa é que a tabela seja divulgada até a próxima semana. E desde já a Equipe DRAP está se preparando para fazer a melhor cobertura para você!

__________________________________________
DO RICO AO POBRE, O FUTEBOL SEM DIVISÃO