[JUVENIL] Vila Sandra e Trieste ficaram no 0 a 0 no primeiro jogo da final

O meio do campo do Vila Sandra teve dificuldades de criar, mas em relação a marcação foi eficiente. (Foto: Cleiton da Cruz)

Vila Sandra e Trieste realizaram neste sábado (25) o primeiro confronto da decisão da Divisão Especial do amador de Curitiba de 2017. Em um confronto em que a marcação e a falta de pontaria estiveram presentes, o placar não poderia ser diferente se não o 0 a 0. Ou seja, a decisão está em aberto para o confronto seguinte, que será no Estádio Francisco Muraro.

#JUVENIL
Por @Joaoheim

PRÉ-JOGO: Depois de uma primeira fase de dar inveja a qualquer equipe – venceu todos os jogos, o Trieste passou ileso até chegar a final e com todos os números positivos, como zaga menos vazada e o ataque que mais marcou gols na competição. Ou seja, chegou a decisão como favorito. Diferente do time de Santa Felicidade, o escrete do Vila Sandra entrou como o azarão do confronto, já que garantiu a classificação na última rodada da primeira fase.

PRIMEIRO TEMPO: O início de partida foi com o Vila Sandra pressionando a equipe de Santa Felicidade. Mas, a primeira chance do jogo foi do Trieste foi com Ramon arriscando de fora da área. O tricolor equilibrou as ações e a partida ficou aberta.  Depois da pressão inicial, o alvinegro buscou o jogo no contragolpe e deu espaços para o Trieste criar. Aos 9’, lançamento para Leandro, que com a bola quicando tocou por cima do goleiro. Alex se recuperou e conseguiu tirar a bola para escanteio.

Aos 15’, nova chegada em cruzamento de Alexandre para Aramis, que acabou chutando por cima do gol. Seguindo na pressão, aos 19’ Willian chegou de frente para o gol, mas atrapalhado pelo marcador chutou para fora desviado. Em falta, aos 20’, Aramis chutou com curva e obrigou o goleiro a espalmar para escanteio. O tricolor da colônia italiana seguiu com o domínio das ações e deixou o Vila Sandra com pouco espaço e posse de bola para chegar com perigo. Aos 25’, falta para o Vila, mas Patrick não conseguiu aproveitar e mandou distante do gol.

Durante os 90', a equipe do Vila Sandra pouco chutou a meta. Diferente do Trieste, que arrematou varias vezes. Mas não contava que o goleiro do Vila estivesse em um dia inspirado. (Foto: Cleiton da Cruz)

Com 31’, nova chegada do Trieste, mas Alexandre não aproveitou a bola rolada por Vinicius e chutou para fora. Não deu outra, o Vila Sandra chegou aos 37’, com Luquinhas, que limpou na esquerda e chutou com perigo no gol. De falta, aos 39’, Leandro tentou novamente para o alvinegro, mas chutou longe da meta adversária. Ações ofensivas que não foram o suficiente para alterar o placar na primeira etapa.

SEGUNDO TEMPO: Na segunda etapa, as equipes demoraram para engrenar na partida, já que o jogo ficou truncado. A primeira chance do segundo tempo foi aos 14’, com Alexandre chutando e obrigando o goleiro a boa defesa. Devido ao placar ainda estar fechado, o clima foi esquentando dentro do campo e também fora dele. Por isso, a partida chegou a ser paralisada, pois uma torcedora do Vila Sandra arremessou uma lata de cerveja no campo, que o juiz levou para a delegada da partida relatar.

Com a retomada da partida, a equipe do Trieste colocou mais velocidade na partida. Em jogada individual aos 19’, Felipe driblou dois marcadores e chutou ao gol, mas a bola não causou perigo ao gol. Aos 25’, Erick tocou para Pedro Henrique, que em boa posição, na pequena área, demorou no lance e não chutou para marcar o primeiro gol da partida.

Lances que deixaram visível que o jogo esteve aberto na reta final, com os dois times tendo espaço para chegar, mas pecando na hora de finalizar. Mesmo com as trocas de atletas nas duas equipes, o gol não saiu. Enquanto o Trieste pressionou o Vila Sandra na base do abafa, o alvinegro se segurou e tentou em jogada de lançamentos para chegar ao ataque. Já aos 41’, Willian David tentou de fora da área, mas a bola foi por cima do gol de Alex. Sem mais emoções o placar fechou zerado na primeira final da categoria juvenil.

Um empate deixou tudo aberto para o segundo confronto entre as duas equipes. (Foto: Cleiton da Cruz)

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

VILA SANDRA:1 Alex, 2 William, 3 João, 4 Juninho, 5 Jean, 6 Geada, 7 Vinicius, 8 Leandro, 9 Felipe (Jamaica), 10 Patrick ©, 11 Luquinhas
Téc.: Marquinhos

TRIESTE: 1 Júnior, 2 Mauro, 3 Allan, 4 Lucas, 5 Nicolas, 6 Vinicius Mendes, 7 Willian (Willian David), 8 Aramis (Erick), 9 Pedro Henrique, 10 Ramon, 11 Alexandre (Eduardo Jungles). Tec. Danilo

FICHA TÉCNICA – VILA SANDRA 0 X 0 TRIESTE XXXXXXXXXXXX

CA: Willian David, Jamaica
Árbitro: Thiago Coltre Nogueira
Assistentes: Roberto Rivelino dos Santos Junior e Remy Neves Stephan Moro

MELHORES MOMENTOS (VÍDEO) XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX



__________________________________________
DO RICO AO POBRE, O FUTEBOL SEM DIVISÃO