Pequi, o destaque do duelo entre Santa Quitéria e Iguaçu

Pequi fez os gols já nos acréscimos (Foto: Bia Lima/Do Rico ao Pobre)
Sem atuar nos dois jogos das quartas de finais da Suburbana, o jogador saiu do banco para decidir o primeiro jogo da semifinal. Mesmo sem ter muitas oportunidades claras para marcar o gol, Pequi foi efetivo e aproveitou a chance que teve nos acréscimos da partida para tirar o zero do placar e dar a vitória ao Santa Quitéria.

#FIGURINHA DO JOGO
Por Lucas Ravel

Mesmo sendo o artilheiro do Santa Quitéria na Suburbana, Everson José Vaz, mais conhecido como Pequi, acompanhou o primeiro tempo do banco de reservas. O jogo seguia truncado e com poucas oportunidades para os dois lados. E quando as chances apareciam, a falta de pontaria atrapalhava as equipes em busca do primeiro gol. No final do primeiro tempo, as coisas ficaram mais complicadas para o Iguaçu, que teve Igor expulso.

Diante de um 0x0 sem muita inspiração no primeiro tempo, a segunda etapa começou com o Quitéria no ataque, e logo aos 8 minutos, o técnico Ary Marques fez três substituições, e uma delas era Pequi entrando no lugar de Massai. A entrada do jogador foi fundamental para manter o ímpeto ofensivo da equipe, mas chances claras de gol ainda eram escassas.

O jogo seguia dramático e foi para os minutos finais ainda com o 0x0 no placar e o Iguaçu, com um a menos, se segurava como podia. O atacante de 32 anos era discreto mas nos acréscimos, em bola espirrada na intermediária, Pequi estava dentro da área para pegar a sobra, e o jogador não perdeu a rara oportunidade. Com categoria, ele apenas tocou com a ponta da chuteira para desviar do goleiro e explodir a massa auriverde. Não havia tempo para mais nada, o Santa Quitéria saiu com a vitória graças a Pequi, que mostrou que mesmo saindo do banco pode ser decisivo e colocar o Santa na final da Suburbana.