Eduardo Salles, o destaque do confronto entre Trieste e Operário Pilarzinho


No último sábado (18), Trieste e Pilarzinho disputaram a segunda partida das semifinais da Suburbana 2017. A experiência do elenco do clube italiano pesou, mas foi a atuação do atacante Eduardo Salles que chamou a atenção no Estádio Francisco Muraro, casa do Trieste: o camisa 20 do Trieste marcou dois gols, mostrando seu oportunismo na pequena área.


#FIGURINHA DO JOGO
Por Luiz Kozak

O Trieste, com a vantagem do empate e favorito no confronto, viu o Operário Pilarzinho dominar a primeira parte da segunda partida das semifinais e abrir o placar aos 26 minutos do primeiro tempo. A partir daí, três jogadores começaram a comandar a contraofensiva do clube da colônia italiana: o lateral esquerdo Marabá, o meia e camisa dez Marquinhos Lima e o artilheiro da partida, o atacante Eduardo Salles.

No começo do 2º tempo e com o 1x1 no placar, o clube da casa já percebia qual seria o caminho do gol. Logo aos 4 minutos, a tabelinha entre o meia armador e o atacante dá certo. Bruno Batata lança Marquinhos Lima, que chuta cruzado. Eduardo Salles percebe a movimentação do companheiro e completa para as redes. Esse foi o gol de desempate da partida: 2x1 Trieste.

O atacante continuava incomodando a zaga do Operário Pilarzinho, que apesar da pressão, conseguiu segurar os avanços de S     alles. Mas a partir do gol de empate do tricolor do Pilarzinho, as duas equipes se propõem a uma postura mais ofensiva em busca da vitória. Aos 33, o lateral Marabá, que já havia dado assistência para o gol de Igor, cruza da esquerda e o oportunista Eduardo Salles se estica para marcar novamente. 4x2 para o Trieste.

Com os dois gols, além da boa atuação e movimentação em campo, a figura dessa semifinal só poderia ser ele: Eduardo Salles, que com poucos toques na bola, decidiu o destino do Trieste rumo às finais do futebol amador de Curitiba.


__________________________________________
DO RICO AO POBRE, O FUTEBOL SEM DIVISÃO