Nova Orleans Vence Com Gol No Apagar Das Luzes E Se Mantêm Na Série A

Após um campeonato de muitos tropeços, o Orleans comemora a permanência na Divisão especial (Foto: Arthur Henrique)
O Nova Orleans enfrentou o Vila Fanny neste sábado (21) no Estádio José Drulla Sobrinho pela última rodada da divisão especial. A equipe da casa venceu com gol de Éder em uma cobrança de falta aos 47 minutos do segundo tempo. O triunfo garantiu a permanência do UNO na elite do futebol amador.

#SUBURBANA2017

PRÉ-JOGO – O Nova Orleans precisava de uma vitória para permanecer na série A, já que estava na 11º colocação com oito pontos ganhos. Do outro lado, o Vila Fanny ocupava a 3ª posição e já estava classificado para a próxima fase.

PRIMEIRO TEMPO – Quem tomou a iniciativa foi a equipe da casa, que necessitava de um resultado positivo. Em boa parte do primeiro tempo o UNO teve um volume de jogo maior, mas a defesa do Vila Fanny estava bem postada, o que dificultava a infiltração dos mandantes.

Aos 19” o alviverde conseguiu furar o bloqueio adversário. Natan fez uma jogada veloz pela direita, cruzou e encontrou Thiago Oliveira no meio da área, que chutou alto, sem chance para o goleiro o alvirrubro. 1x0 UNO.

O Vila Fanny melhorou no fim da primeira etapa. Matheus aos 37”, recebeu passe na direita e fez um arremate que estremeceu o travessão. Em outra oportunidade aos 42”, bola parada do lado direito de ataque. O zagueiro Thiago Gbur subiu mais que a zaga alviverde e cabeceou para empatar a partida: 1x1.

O último lance dos 45” iniciais foi com Raul, que cobrou falta pela esquerda e acertou a trave defendida pelo goleiro Matheus.

O gol de empate trouxe nervosismo a equipe da casa (Foto: Arthur Henrique)
SEGUNDO TEMPO – Na volta do intervalo, o Orleans foi pra cima do seu adversário para fugir da degola. O empate do Palmeirinha colocava o alviverde na zona de rebaixamento.

Mas quem chegou primeiro foi o Fanny logo aos 2”. Willian bateu forte e o goleiro do UNO espalmou para escanteio. O Orleans respondeu aos 19”, quando Molão cabeceou e Nenê defendeu.

Na metade da segunda etapa, veio a substituição que mudou o jogo: Eder saiu do banco de reservas para ser decisivo. Aos 22” ele  recebeu lançamento e bateu, obrigando Nenê a fazer excelente defesa. Aos 36”, o atacante chutou de fora da área e a bola passou perto.

O tempo passava e o nervosismo tomava conta do estádio inteiro. Até que aos 47” ocorre uma falta a favor do Orleans próxima à meia-lua da grande área. Eder foi à cobrança. Nenê colocou vários jogadores na barreira. O atacante surpreendeu e bateu no ângulo direito, no contrapé do arqueiro. Quando a bola tocou a rede, o estádio veio abaixo. Era o gol que acabava com o pesadelo da série B.

Essa foi a terceira derrota do Fanny no certame (Foto: Arthur Henrique)
Final de jogo no José Drulla Sobrinho: Orleans 2x1 Vila Fanny. O UNO ficou em 9º lugar na competição, não avançou para a próxima fase, mas afastou o fantasma do rebaixamento. O Vila Fanny ficou em quarto lugar e avança as quartas de finais, seguindo em busca do título.
OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX


UNIÃO NOVA ORLEANS: 1 Matheus; 2 Rodrigo (13 Leandro); 3 Edu; 4 Marcio e 6 Leandrinho (16 Dênis); 5 Alê; 8 Molão; 7 Thiago Oliveira e 10 Wescley (14 João Egídio); 9 Natan e 11 Matheus (17 Eder). Técnico: Rossano Sant'Ana.

VILA FANNY: 1 Nenê, 2 Raul, 3 Everson, 4 Thiago Gbur  e 6 Dionata; 5 Zé Nunes (17 Arthur), 7 Juninho, 8 William, e 10 Magu (19 Rafael); 9 Pablo e 11 Luciano (20 Huelbber). Técnico: Valmir Constantino.

FICHA TÉCNICA – UNIÃO NOVA ORLEANS 2 X 1 VILA FANNY

ARBITRAGEM: Cristian Eduardo Gorski da Luz.
ASSISTENTES: Tom Gomes Rocha (1) e  Remy Neves Stephan Moro (2).

GOLS: Thiago Oliveira aos 19” do 1º tempo (UNO); Thiago Gbur aos 42” do 1º tempo (Vila Fanny); Eder aos 47” do 2º tempo (UNO).

AMARELOS: Edu e Molão (UNO); Juninho e Arthur (Vila Fanny).
__________________________________________
DO RICO AO POBRE, O FUTEBOL SEM DIVISÃO