[JUVENIL] Urano vence novamente o Santíssima Trindade e garante vaga na semifinal


Na tarde do último sábado (14), o escrete do Urano recebeu o Santíssima Trindade no Estádio Antonio Monteiro Sobrinho, em confronto válido pela segunda partida das quartas de final da divisão de acesso do futebol amador de Curitiba. O Santíssima Trindade entrou com a missão de reverter uma vantagem de quatro gols construída no jogo de ida, mas o time da casa não ficou tranquilo quanto a isso e conseguiu vencer novamente e com o gol nos acréscimos, decretando sua vaga na semifinal.


#JUVENIL
Por Adson Lima

PRÉ JOGO: A Missão do Santíssima Trindade era muito difícil, já que no jogo de ida o Urano goleou por 4 a 0. Devido a isso, restou para a equipe do Cajuru tirar essa vantagem pela mesma diferença para pelo menos ir às penalidades e avançar à fase semifinal. Fato curioso da partida, antes de começar, pois ambas as equipes estavam com uniforme de cores iguais, azuis. Ou seja, segundo o regulamento da Federação Paranaense de Futebol, a equipe mandante teria que mudar de uniforme, só que a equipe do Urano não havia levado um segundo uniforme, então para não sofrer nenhuma punição, e até uma exclusão da competição, o Urano emprestou o uniforme da equipe do Fortaleza, já que o jogo seria disputado nos redutos do Tricolor e jogou com o segundo uniforme do time do Jardim Gabineto, da cor branca.

PRIMEIRO TEMPO: Quando o árbitro deu o início ao jogo, o que todos esperavam aconteceu, o Santíssima Trindade partiu para cima do Urano. Não deu outra, logo aos 3’, o Trindade inaugurou o marcador. Nathan aproveitou uma falha no sistema defensivo do Urano, invadiu a área pelo meio e tocou na saída do goleiro. Gol que motivou ainda mais o Santíssima a buscar reverter a vantagem, só que do outro lado tinha um adversário querendo jogo também. Em menos de 2’ após o primeiro gol, o Urano empatou o jogo com Jean, que bateu da entrada da área e contou com uma ajuda do goleiro Marcelo, que não conseguiu segurar a bola.

O gol do Urano foi um balde de água fria para o Trindade, pois a equipe do Cajuru não conseguiu mais criar jogadas ofensivas no primeiro tempo e para piorar, viu a equipe do Xaxim crescer no jogo e, consequentemente, ter mais volume ofensivo. Por isso, não demorou muito para o azulão da Vila São Pedro virar o placar. Alex colocou o Urano na frente aos 15’, em um lance de indecisão estre a zaga e o goleiro do Trindade. O camisa 11 tomou a frente e tirou a bola do goleiro e mandou para o fundo do barbante.

Na reta final do primeiro tempo, o Urano ainda pressionou e teve três chances de perigo, com Alex aos 27' em uma jogada pela esquerda, aos 30’ com Gabriel que invadiu a área pela direita e bateu forte, obrigando o goleiro Marcelo a ceder um escanteio para o Urano, e no último lance de perigo do primeiro tempo, com Patrick aos 36’ que chutou da intermediária no alto, o goleiro do Trindade foi buscar. E com isso, o placar da primeira etapa terminou em 2 a 1 para o time do Urano.


SEGUNDO TEMPO: Na etapa complementar mudou-se o lado, mas o jogo não, pois o Urano continuou em cima do Trindade e assim como foi no final do primeiro tempo, ampliam o placar aos 2’. Em uma jogada de bate rebate na área, Cestilhe chutou e a bola entra mansamente no gol. Esse placar de 3 a 1 deu tranquilidade para o Urano, que somando o placar agregado, o Santíssima teria que fazer 6 gols para levar o confronto para às penalidades. Por isso, o Trindade não criou, tentou ter a bola só que sem efetividade e para piorar o lado dos visitantes, o Urano sempre conseguiu uma escapada para levar perigo a meta do goleiro Marcelo.

Na busca de descontar o placar, Alex do Trindade aos 17' teve uma ótima chance, em uma bola enfiada pelo meio e ele consegue tocar na bola. A “gorducha” caprichosamente tocou na trave. Aos 21', finalmente ela entra, com Nathan novamente. Em uma trama do ataque do Trindade, o camisa 9 recebeu e bateu, a bola ainda tocou no travessão e morreu no fundo das redes. O Trindade continuou buscando, não desistiu, mas aos 33’ quem perdeu uma chance clara foi o Urano, com Nathan, que invadiu a área pela direita e mandou uma bomba e a bola explode no travessão.

Quando a partida já se encaminhava para o final, dois gols relâmpagos animaram o fim o embate. Nos acréscimos, Nathan do Trindade marcou seu terceiro gol da tarde ao avançar pela direita, invadir a área e chutar cruzado. A bola bateu na trave e entrou, empatando o jogo em 3 a 3. Mas no minuto depois, Nathan do Urano ganhou do goleiro em uma bola cruzada na área e mandou a bola para o fundo da rede e deu números finais a partida, com o placar em 4 a 3, resultado que deu a classificação ao Urano para a semifinal do campeonato.


OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX
Urano: 1 Matheus (12 Ronaldo), 2 Gabriel (13 Castilhe), 3 André, 4 Philipe, 5 Bill, 6 Pedro, 7 Jean (15 Rodriguinho), 8 Patrick, 9 Nathan, 10 Larai, 11 Alex (14 Elton). Técnico: Cristiano Bassoli.
Santíssima Trindade: 12 Marcelo, 2 João (18 Matheus), 3 Ivas, 4 Allyson (22 Wesley), 5 Raylan 6 Tadeu (17 Gustavo), 7 Ivan, 8 Biro Biro, 9 Nathan, 10 Alex (19 Guilherme), 11 Wesley (13 Willian). Técnico: Ivo Alberto.
FICHA TÉCNICA – URANO 4 X 3 S.TRINDADE XXXXXXXXXXXXXX

Àrbitro: Alexandre Sanches Ferreira;
Assistentes: Ivan Carlos Bohn e Fernando César Tobias.
Gols: Jean aos 5' e Alex aos 15' do 1° tempo, Cestilhe aos 2' e Nathan aos 42' do 2° tempo. (Urano); Nahan aos 2' 1° tempo, e aos 21' e 41' do 2° tempo. (Santíssima Trindade).

Amarelos: João (Santíssima) e Lara (Urano).

__________________________________________
DO RICO AO POBRE, O FUTEBOL SEM DIVISÃO