[JUVENIL] Partida entre Imperial e Vila Sandra é interrompida por conta de briga entre torcedores

Atletas das duas equipes ficaram encurralados no campo de jogo durante a briga (Foto: Dudu Nobre)
Neste sábado (22) Imperial e Vila Sandra entraram em campo pela última rodada da primeira fase da Série A da Suburbana – Categoria Juvenil. O jogo era movimentado e transcorria normalmente até os 17 minutos do segundo tempo, quando as cenas de violência tomaram conta do Octávio Silvio Nicco. Segue o relato do jogo enquanto a bola rolou.

#JUVENIL 2017

PRIMEIRO TEMPO - A partida começou muito truncada, devido a forte chuva que caiu no Mossunguê. Mas os donos da casa adiantaram suas linhas e com 8’ chegaram perto do gol. Alisson cobrou escanteio na cabeça de Jean, que cutucou para fora. Com 14’ o Imperial abriu o placar em um gol contra. Após bola alçada na área por Alisson, o zagueiro Juninho tentou afastar e tirou qualquer chance de defesa para o goleiro Alex, sem querer fazendo o primeiro da equipe Tricolor. Aos 22’ os donos da casa chegaram com perigo novamente. Paulo recebeu uma bola na entrada da área e soltou um foguete pela linha de fundo.

Com 25’ os visitantes chegaram numa falha defensiva do Imperial. O zagueiro Jean se atrapalhou e perdeu a bola para Índio, que finalizou forte por cima da meta de João. Aos 35’ o Imperial desperdiçou uma chance incrível: Após boa bola enfiada, Lucas invadiu a área, cara a cara com o goleiro e chutou por cima da trave. A primera etapa acabou com a equipe do Imperial mais recuada, devido a expulsão do lateral esquerdo Alisson, e o Vila Sandra tentando encaixar alguma bola aérea para alcançar o empate.

O time da casa teria o desafio de manter a superioridade na segunda etapa, mesmo com 10 em campo (Foto: Dudu Nobre)
SEGUNDO TEMPO – Mesmo com a desvantagem numérica os mandantes seguiam atacando e logo aos 7 minutos ampliaram o placar. João Moro cobrou falta com maestria na cabeça de João, que cutucou e fez 2 a 0 Imperial. Pressionado, já que o resultado tirava o Vila Sandra do páreo, o treinador Marquinhos mexeu no time, oxigenando o setor ofensivo e colocando o time para frente ao promover a entrada do ponta Jamaica  no lugar do zagueiro Juninho.

Parecia que o time havia melhorado, já que aos 17’ Leandro diminuiu o marcador. Mas não pudemos saber as nuances finais da partida, já que logo após o gol Alvinegro torcedores das duas equipes protagonizaram uma batalha campal no estacionamento do estádio, fato que causou a interrupção da partida por parte da equipe de arbitragem devido a falta de segurança. 

O que nos resta é aguardar a decisão da Federação Paranaense de Futebol em relação a continuidade ou não dos 23 minutos que não foram jogados.

Durante 62 minutos o Imperial esteve a frente do placar. Será que conseguirá a vitória? (Foto: Dudu Nobre)

OS ESCRETES XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX
IMPERIAL: 01- João; 02- Matheus Leite; 03- João; 04- Jean; 06- Alisson; 05- Ernani; 08- Moro; 10- Matheus (9- Alan); 07- Lucas; 11- Paulo e 19- Eduardo (14- Sérgio). Técnico: Leo Ducci.

VILA SANDRA: 12- Alex; 02- William; 03- Juninho (15- Jamaica); 04- João; 06- Geada; 05- Jean; 08- Leandro; 10- Patrick; 07- Vinícius; 11- Felipe (16- Celso) e 09- Índio (13- Baiano). Técnico: Marquinhos.

FICHA TÉCNICA – IMPERIAL X VILA SANDRA XXXXXXXXXXXXXXXXXXX

ARBITRAGEM: João Paulo Kirchner.
ASSISTENTES: Deniel Carvalho (1) e Zacarias Chumlhak (2).
GOLS: Juninho (contra) aos 14’ do 1°T e João aos 7’ do 2°T (Imperial); Leandro aos 17’ do 2°T (Vila Sandra).
__________________________________________
DO RICO AO POBRE, O FUTEBOL SEM DIVISÃO